segunda-feira, 19 de julho de 2010

O Gabarolas


Não faz muito o meu estilo, mas ocasionalmente, lá sai aquela gabarolice, deve ser para melhorar a auto-estima.
A fechar o ano de 2009, aluguei, juntamente com uns amigos umas casas, no parque de campismo de Janeiro de Baixo.
O Parque não tem mais de 500m2… mas tem 4 casitas que para o pessoal foi uma excelente ideia, baratinhas e assim, poderíamos encher o peito e dizer…
Temos 1 parque de campismo só nosso!
No planeamento da viagem, eu e o meu conhado chegamos á conclusão que não era necessário levar cada 1 o seu carro, e lá vou eu com o meu estilo particular vender o meu peixe!
Eu – é pá não é necessário levar-mos 2 carros, se só vais com a tua filha cabemos todos no meu!
Jony – tens a certeza?
Eu – claro pá, alem disso o meu bolinhas é uma máquina, em 13 anos, nunca me deixou ficar mal! É só por gasolina, óleo e agua, nunca falha…
Passados 20 Kms de viagem – Pum…pum…pfffffffffff…
Eu – o que foi isto?! Olha não pega! Deixa ver o motor…é pá tanto fumo…estamos tramados, partiu o motor! PORRA!
Resultado, tivemos de apanhar 1 táxi de regresso a casa, a minha grande máquina foi para a oficina, e lá fomos nós para a passagem de ano no carro do meu cunhado!...
Mais recentemente…
Eu – o jony, tenho uma prenda para ti!
Jony – serio? Mas eu não faço anos!?
Eu – eu sei, também não é nada de mais mas tenho para oferecer, 1 internet móvel…
Jony- a serio? Então como é que é isso?
Eu – é pá tenho 1 para mim, mas já ofereci outra á tua irmã e sobra-me 1! No escritório tenho net, paga a empresa, em casa tenho net á borla á 3 anos, a pen que tenho é só para quando vou a algum cliente e necessito de net, como tal, a 3ª pode ser para ti! Se gastares 99.99Mb por mês é á borla!
Resultado – 2 dias depois de oferecer a net móvel, fiquei sem internet em casa…
É preciso ter sorte! Ando 3 anos com net á borla em casa, quando me gabo disso e ofereço a net móvel que não me faz falta…deixo de ter net em casa…DASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!


Mas nem sempre a coisa corre mal, quando a gabarolice corre bem, a sensação até é agradável!


Houve 1 situação que recordo com especial satisfação, estávamos no longínquo ano de 1994, e eu estava a tirar um curso no CENFIC de medidor/ orçamentista.
A primeira disciplina em que fomos avaliados foi calculo.
Correu mais ou menos assim…
Turma – então stor, os pontos?
Stor – os pontos e as virgulas… ( o gajo também tinha a mania que era engraçado)
Turma – vá lá, entrega hoje os pontos ou não?
Stor – é pá nem sei, estava á espera de melhor!
Eu – o que? Não pode ser estive a falar com os meus colegas, e o pessoal está todo á espera de notas muito boas, e quando digo muito boas é de bom para cima!
Stor – sério?
Eu – Claro!
Stor – então o ponto correu bem a todos? Será que não á ninguém que lhe tenha corrido mal?
(ninguém se acusou)
Stor – ok, se nimguem se acusa é porque todos estão á espera de boas notas, será isso?
Turma – claro!
Stor – Optimo, então isto vai ser mais fácil do que eu estava á espera…vamos fazer assim, eu vou por a classificação aqui no quadro, e depois cada 1 escolhe a nota que acha que teve, e quem acertar recebe o ponto! Vai ser divertido! É claro que o João vai ser o primeiro a escolher…
As notas são:
19.2
18.7
17.1
15.2
14.6
14.4
13.7
13.2
13.0
12.5
12.1
11.9
11.4
10.5
10.4
10.1
9.7
9.2
8.5
7.7


Eu – (continua )…

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)