domingo, 31 de outubro de 2010

Alguém explica ao puto que já não está na JSD


Depois de avanços e recuos, o orçamento finalmente vai ser aprovado, desde Agosto que o PUTO, anda a brincar ás ameaças, julgando que como na JSD, no ultimo minuto, com um discurso empolgante mobiliza as hostes…
Só em juros da divida, já pagamos e continuaremos a pagar um preço elevadíssimo, para o miúdo andar a brincar á politica.
Conforme foi explicado em 16/10/2010, era fácil ganhar esta batalha…
http://oportugalbipolar.blogspot.com/2010/10/pausa-vem-ai-o-o-e.html

Mas não, o miúdo tem ideias próprias, e se isto é a alternativa por mim estamos conversados.
Quebrar as negociações para a aprovação do OE 2011, por 255 milhões, é como um Puto chegar ao pé dos pais e informar:
Papá e Mamã, EU TENHO FOME!
De repente a criança vê os seus pais chegarem a consenso de como aumentar a receita, tipo arranjar + 1 part-time e diminuir a despesa, com cortes vários,
Até que a mãe informa o pai…
Fumas 20 cigarros por dia, vais ter de fumar só 19!
Diz o pai, nem penses nisso! Para ser assim digo-te já que não há acordo!
O miúdo olha para os pais e volta a informar… MAS EU ESTOU CHEIO DE FOME!
E vocês não chegam a acordo por 1 cigarro por dia???
É isso mesmo, os 255 milhões em relação ao OE2011, representam o mesmo sacrifício, que para 1 fumador reduzir de 20 para 19 os cigarros fumados diariamente!
OS BANQUEIROS
Entretanto, como não temos dinheiro para nos sustentarmos mensalmente pedimos a quem nos possa pagar os vícios, o problema é que tirando o BCE, comandado pela Alemanha, já ninguém nos compra divida, pois não acreditam num pais que todos os anos produz muito menos do que necessita…
Mas nós somos ESPERTOS…
Antes de informar que não chegaríamos a acordo sobre o OE 2011, pedimos mais 1500 Milhões, e claro o BCE (como mais ninguém compra) lá abriu os cordões á bolsa!
Só depois de termos o dinheirinho é que informamos os credores!
É pá, desculpem, lá qualquer coisinha, mas como já temos o dinheirinho, não há acordo!
No dia seguinte o Futuro governador do BCE, foi confrontado com o sucedido, e com a sua calma habitual, lá foi informando que estava pasmado, que o acordo tinha de ser assinado, mas que para os financiadores, o problema era de fácil resolução, é que os juros tinham baixado significativamente, pois qualquer mortal entendia que nas actuais circunstancias, os partidos tinham de se entender e demonstrar que Portugal é um motivo mais forte que qualquer luta partidária.
Mas não foi o que aconteceu…
Informa o Alemão, não faz mal, para o mês que vem, nós cá estaremos, como sempre… é que não somos nós que necessitamos de dinheiro… e se vocês enganam os únicos que ainda confiam em Portugal, nós cá estaremos em Novembro, Dezembro, e em 2011…
Sobre os juros, cobrados a Portugal, mesmo com o orçamento aprovado, é fácil de adivinhar, alguém no seu juízo perfeito, depois desta novela acredita que os juros vão baixar em 2011?
Claro que não!
Podemos pagar 5%; 6% ou mais?
Claro que não, com a economia a crescer 0.2% e a pagar juros a 5% 6% ou mais, e enganando quem ainda nos empresta dinheiro, o futuro só tem 1 nome.
Esse nome é composto por 3 letras apenas…
FMI, fiquem bem e até breve







 

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)