sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Receita de sapateira recheada

 Este ano estou impedido pela “minha fofa” de fazer a receita de sapateira.

É compreensível, segundo a versão dela a passagem do ano é perfeitamente suportável sem comer gambas ou outro tipo de marisco.
É igualmente suportável este ano não beber vinho (Verde) mas.. Passar o final do ano vendo outros saborear sapateira recheada já é demais!

Seja feita a sua vontade!
O amor tem destas coisas.

Se não posso comer fica a receita para que outros aproveitem.
A receita foi-me ensinada por um amigo, Gil de seu nome a justiça tem de ser feita…

Até hoje ainda não encontrei ninguém que não adorasse.
Ingredientes

-2 Sapateiras (1Kg)
-3 Colheres de sopa de Maionese

-2 Colheres de sopa de ketchup
-1 Colher de sopa de mostarda

-1 Ovo cozido Picadinho
-Picles picadinhos (couve flor)

Confecção
Coze-se as sapateiras, abre-se, e separam-se as patas.
Da carapaça retire um saquinho de areia preto que está junto à boca, de seguida, retire para uma tigela tudo o que houver comestível dentro da carapaça.
Batem-se as partes moles, que ficam na casca, Juntar os restantes ingredientes e misturar muito bem depois deixar repousar no frigorífico durante 2 horas.
Ponha o recheio na casca, e ponha esta num prato sobre folhas de alface e à volta decore com as patas da sapateira.


Acompanhamento
Vinho Muralhas Muito gelado

Para quem não tenho problemas em gastar mais um pouco eu aconselho Alvarinho – Dona Paterna.

Resta desejar Boas entradas em 2012 para todos!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Férias de Natal na Assembleia da República

Foi mais uma notícia normal.

O Parlamento fechou para férias e reabre dia 03 de Janeiro de 2012…

Os vossos representantes foram descansar.
Digo os vossos, porque eu votei nulo, passados mais de 6 meses estou bastante contente com o meu voto.

Devo ser dos poucos Portugueses a pensar assim, mas é a vida.
Como votei nulo não tenho ninguém que me represente na assembleia da república e os 230 eleitos são apenas os vossos representantes…

Os nossos amigos cansados de tanto trabalhar foram de férias, depois dos cortes a que sujeitaram todos os Portugueses, depois de todos os aumentos, depois da eliminação de feriados e pontes, para os senhores deputados e restantes empregados da assembleia é tempo de descanso.
É por estas e por outras que o ano de 2012 vai ser de tumultos, o povo não entende!

E não entende pela simples razão que este tipo de medidas não tem a mínima justificação ou razão de ser.
Faltam 4 dias para iniciarmos o ano de Katumba. 

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Greve C.P.

Não podia acabar o ano sem falar mais uma vez de greves.

São um direito isso é inquestionável mas se para mim a maioria das greves não faz sentido a greve que acabou ontem toca o ridículo.

Estou a falar da Greve dos Maquinistas.

São uns privilegiados e ainda se queixam, pior que esses senhores só mesmo os pilotos da TAP.
Mas vamos aos factos…

A empresa para a qual estes senhores trabalham deve a módica quantia de 3.8 mil milhões de Euros.
Convém recordar que a greve foi feita nos dias 23; 24 e 25 impossibilitando muitas pessoas que utilizam o comboio de se reunir com os seus familiares no natal.

No mínimo causaram muitos transtornos numa altura em que a reunião familiar é “obrigatória”.
Convém recordar que a C.P. não tem dinheiro para mandar cantar um cego, que os ordenados foram pagos com atrasos e que esta paralisação juntou mais 2 ou 3 milhões ao prejuízo.

Segundo ouvi hoje na T.V. em comentário de Miguel Sousa Tavares os Maquinistas tem 181 artigos que lhes permite aumentar o seu ordenado…
Por cada dia em que se apresentam ao serviço ganham um premio de 6€…

Recebem perto de 50% do ordenado através destas e de outras regalias, a empresa está em ruptura financeira e qual é a solução?
Greve!

É por estas e por outras que defendo a privatização imediata de todas as empresas de transporte!
Ontem já era tarde. 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

A todos um bom Natal!

Desde as 21.01Horas do dia 20 de Dezembro de 2011 Portugal ganhou um novo Contribuinte, é fêmea tem 3,210Kg e 46 Cm.

Com muito em que pensar e pouco tempo para escrever venho apenas desejar a todos um feliz natal e bom ano novo.

Passamos a ser 4 cá em casa… Jony; Sofy; Titis e Inês como ainda só tem 3 dias não tem alcunha.
Quem quiser seguir o meu conselho e poupar nas prendas de 2012 ainda tem perto de 3 meses de treinos para no mês de Março ir finalmente aos jogos…

No ano em que nasceram menos Portugueses eu para variar pensei ao contrário, não é defeito é feitio.
Bem-vinda Inês a este país Bipolar…

domingo, 18 de dezembro de 2011

Défice de Portugal desde 1986_Pedido de esclarecimento...

Os Caminhos de Portugal…

Voltamos à famosa estrada e à sua bifurcação.

Que caminho a seguir?
Do último conselho europeu saíram algumas “Regras de Ouro” que no entender dos iluminados vai fazer a Europa caminhar rumo ao crescimento e desenvolvimento.

Destaco o limite à divida de 60% do PIB, neste momento temos 106%...
Destaco o Limite máximo ao défice de 3%, e destaco o limite aceitável, esse é de 0.5%!

0.5%??? Sem medidas extraordinárias???
Qual tem sido o nosso desempenho dos últimos anos?

1995 Défice de 5%
1996 Défice de 4.5%

1997 Défice de 3.4%
1998 Défice de 3.5%

1999 Défice de 2.7%
2000 Défice de 2.9%

2001 Défice de 4.3%
2002 Défice de 2.9%

2003 Défice de 3%
2004 Défice de 3.4%

2005 Défice de 5.9%
2006 Défice de 4.1%

2007 Défice de 3.1%
2008 Défice de 3.7%

2009 Défice de 10.1%
2010 Défice de 9.8%

2011 Défice de 5.9%??
Na maioria dos anos o défice foi conseguido com medidas extraordinárias, sem essas medidas o défice seria muito maior.

Alguém acredita que Portugal chegue a 0.5% de défice estrutural?
Fernando Sobral numa frase retratou as nossas opções.

Que queremos: um fim horrível ou um horror sem fim?
Sair do Euro é para Portugal um fim horrível, permanecer no Euro será um horror sem fim superior a uma década... para no final descobrirmos que é incomportável e sairmos da moeda da “União”…

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

TIC...TAC...

Quando antes do verão afirmei que o BCP ia baixar para 0.25€ por acção muitos foram torceram o nariz.  
Nada de anormal o BCP andava perto dos 50 cêntimos, foi também quando defendi que  os emigrantes deviam comprar acções de bancos Portugueses, as contas eram simples, se todos gastassem 2.000€ toda a banca portuguesa ficaria em mãos nacionais.

Tocou esse valor no dia em que cheguei de férias no final de Agosto…
Depois baixei para 0.18€ por acção e informei que a coisa só tinha tendência para piorar, nessa altura o BES andava pelos 2.00€, neste momento fechou a 0.99€ por acção.

Já ninguém acredita que o estado não vai entrar massivamente nos bancos.
O estado ao entrar nos bancos vai ficar como accionista maioritário e em alguns casos com bem mais de 60% de todas as acções…

Falta outro pequeno pormaior, neste momento as acções estão cotadas em Euros, será que no final do ano teremos a mesma moeda?
Depois do último conselho europeu Espanha e Itália continuam a financiar a sua divida em torno dos 7%.

Itália em 2012 tem necessidades de financiamento a rondar os 440 mil milhões de Euros.
A Espanha em 2012 tem necessidades de financiamento de pouco mais que metade dos Italianos.

Serei eu obrigado a ter 1 ano de Katumba ou os meus amigos Gregos vão ajudar e não vou apanhar nas nádegas durante 365 Dias?
TIC…TAC…TIC…TAC…

Com um pouco de sorte faltam 19 dias para Portugal sair do Euro?

Génio – Jony, vais perder a aposta!! MUAHAHAHAHAHHA

Jony – Cala-te, esta não é a tua TAG, falaremos brevemente, mas aconselho-te a leres a aposta e a releres o que escrevi em Abril de 2011.

Depois falamos... 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Défice Tarifário em Portugal


O custo da electricidade sufoca a economia e prejudica TODOS de particulares a empresas.
No final do ano de 2011 o défice tarifário ronda os 3.3 mil milhões de Euros.

Existem poucas empresas a beneficiar deste roubo descarado que é suportado por todos nós (empresas e contribuintes).

Conforme foi justificado Aqui; Aqui e Aqui facilmente poderíamos poupar perto de 450 milhões de Euros por Ano se as benesses fossem substancialmente reduzidas.

Dizem os iluminados que ganham com este roubo descarado que os contractos estão blindados sendo muito difícil ou mesmo impossível alterá-los…
Eu pergunto, estão os contratos mais blindados que o 13º e 14º mês dos reformados que toda a vida descontaram?

Estão os contratos mais blindados que o 13º e 14º dos meus “Amigos” F. Públicos?
Embora sejam uns privilegiados relativamente ao resto dos 5 milhões de trabalhadores são direitos que tinham e deixaram de ter, pior…ainda não os informaram que os cortes não são provisórios!

Podemos mexer em tudo menos nos contractos de fornecimento de electricidade?
Veio dinheiro da TROIKA para pagar isto?

-Não!
Se temos de pagar só existem duas maneiras de o fazer, ou paga o contribuinte e as empresas ou é reduzido o valor a pagar pelo fornecimento e transporte de electricidade.

Alguém acha que podemos aumentar ainda mais o preço da electricidade que é praticado em Portugal?
Mesmo que sejam renegociados todos os contractos com os fornecedores de electricidade como falei anteriormente só em 2019/2020 é que teremos todas as dividas saldadas…

TIC…TAC…TIC…TAC

domingo, 11 de dezembro de 2011

Bazuca Nº3?

Depois de mais um Reunião eis que o inesperado acontece, vem aí a BASUCA Nº 3!
Segundo informação recolhida os estados vão injectar 200 mil milhões no FMI que depois irá apoiar os países europeus em dificuldades.

Além disso os líderes dos países do euro chegaram a acordo para até Março incluir um limite de endividamento de 60%.
Isto vai correr Bem…

Os Gregos depois de verem “perdoados” 50% da sua divida, se tudo correr bem, chegam a 2020 com uma divida de 120% do PIB.
Se tudo correr bem…se as greves acabarem…se produzirem que nem “uns malucos”…

Portugal já deve 100% do PIB, tem a economia em recessão e juros de 4.5%/ano, chegando a 2020 mantendo este cenário e considerando que produzimos o suficiente para TODOS os nossos gastos a dever 145% do PIB.
Os Espanhóis formam governo 2ª feira tem juros perto dos 7%, um buraco no imobiliário gigantesco, desemprego superior a 20% e necessidades de financiamento só em Janeiro de 2012 a rondar os 35 mil milhões.

Os Italianos com juros idênticos aos Espanhóis tem de divida 120% do PIB e necessidades de financiamento em Janeiro de 2012 a rondar os 80 mil milhões…
Saíram todos sorridentes da última reunião desejando boas festas para todos! Boas festas?!?

Isto até final do ano ainda vai dar muito que falar…
Ou não? Será que ficou tudo resolvido?

E eu vejo problemas onde eles não existem?
TIC…TAC…TIC…TAC

Almofadas Solares

Se o custo da energia Eólica ou de Cogeração é absurdo pelas benesses que fornece, não encontro forma de adjectivar o custo da energia solar.

É que o custo são 339.8€/MW…
De todos os meios de comunicação existentes em Portugal quantos falaram do preço da energia solar?

Falaram da instalação da maior central fotovoltaica do mundo, mas do seu custo NADA.
Recorrendo aos Blogs da TROIKA energética portuguesa fiquei a saber que a produção nacional de Agosto de 2010 a Julho de 2011 foi de 179GW ou 175.000 MW, que remunerados a 339.8/MW estamos a falar de um custo anual 59.5 Milhões de Euros.

Até na energia Eólica que custa perto do dobro do preço médio praticado em Portugal o preço para a mesma produção seria 5 vezes inferior.
Este dinheiro vai para 4 ou 5 empresas que o retiram de Portugal, mas se a energia em vez de ser produzida em NENHURES for produzida nas cidades nos telhados das habitações o lucro passaria a estar distribuído por milhares de particulares e o dinheiro ficaria dentro de portas.

Resumindo, nem quando roubamos descaradamente o fazemos em proveito próprio…
Depois dei uma olhadela no Wikipedia para saber quantas centrais existiam em Portugal para ter uma ideia do absurdo a que chegamos e qual seria o roubo anual e fiquei abismado nasceram tipo cogumelos.

Este Parque está localizado na freguesia de Brinches do concelho de Serpa, uma das zonas mais ensolaradas da Europa. Uma área total de 64 hectares é coberta por 52 mil painéis fotovoltaicos de silício monocristalino de alto rendimento (14 a 18%), com a potência total de pico de 11 megawatts. Os painéis encontram-se 2 metros acima no solo, permitindo assim, que o terreno continue a servir para o pastoreio. Este projeto tem a capacidade para fornecer energia elétrica a 8000 lares (21 GWh) e evitará a emissão de cerca de 19 mil toneladas de dióxido de carbono por ano. A sua construção foi iniciada em maio de 2006 e a inauguração a 28 de março de 2007. As empresas proprietárias deste parque são a GE Energy Financial Services, a Powerlight Corporation e a portuguesa Catavento.

Além das duas centrais descritas anteriormente existem outras de menor dimensão ainda em construção no Baixo Alentejo, nomeadamente o Parque Solar de Almodôvar (2,15 MW) da empresa alemã WPD, e três no concelho de Ferreira do Alentejo, nomeadamente, a Central Solar de Ferreira do Alentejo (12 MW) do grupo português Generg , a Central Solar de Ferreira (10 MW) da Sociedade Ventos da Serra e a central da empresa Netplan com 1,8 MW distribuídos no conjunto de cinco pequenas centrais. A empresa Cavalum [11] dedica-se à exploração de energias renováveis e já instalou duas centrais no concelho de Mértola, nomeadamente a Central Fotovoltaica de Olva, com a potência de 500 kW e Central Fotovoltaica da Corte Pão e Água com 756 kW. Esta empresa pretende explorar três instalações no Distrito de Bragança estando a Central de Lamelas já em funcionamento com uma potência de 100 kW, no concelho de Freixo de Espada à Cinta. No mesmo concelho está em estudo outra instalação que terá 2 MW de potência.

A maior central fotovoltaica em meio urbano do mundo será instalada no Mercado Abastecedor da Região de Lisboa com uma potência total de 6 MW, o que corresponde ao consumo de três mil lares.

A empresa Sonae também pretende instalar um milhão de metros quadrados de painéis solares em algumas das suas instalações comerciais, o que corresponderia a um total muito superior ao parque fotovoltaico de Moura.

Um projecto piloto inovador será instalado no TagusPark com produção de 500 kW.
Isto tem de acabar, de uma maneira ou de outra…

Alteração I

Com a entrada em funcionamento de novas centrais solares A produção total de 2011 foi de 262 GW ou 262.000MW com pagamento a 339.8€/MW dá um total anual de 89.027.600€, são só 89 Milhões.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Orçamento 2012-Almofadas de Cogeração


Analisando os preços pagos por Portugal no sector da energia este país só pode ser rico.
O preço a valores de 2011 é de 112.9€/MW e quais as empresas mais beneficiadas?
-A Galp e a Portucel, nenhuma destas empresas tem no seu Core Business a venda de electricidade, devendo o preço ser ajustado apenas para cobrir os custos de instalação e manutenção das centrais.
A produção eléctrica em centrais de Cogeração visa aproveitar o potencial eléctrico do calor do vapor que é necessário gerar para outras actividades e que se não for aproveitado é energia que se perde.
A Galp necessita do vapor para refinar o crude e a Portucel para produção de papel.
Em países onde a corrupção não é um modo de vida o que acontece é pagar os custos da instalação e manutenção das centrais.
Se o mesmo for adoptado para a Tugolândia o preço a pagar seria bastante inferior.
Sendo eu um mãos largas vou considerar que o preço justo a pagar é de 80€/MW.
A produção em 2011 deve andar perto dos 5.000GW ou 5.000.000MW se considerarmos uma redução de 32.9€/MW teremos uma poupança anual de 164.500.000€, pois é são só 165 Milhões, isto claro sendo eu um gajo “porreiro pá”…
Só nestas duas almofadas (Cogeração e Eólica) já existe uma folga superior a 400 milhões de Euros.
Curiosidades
Se Portugal em 2011 vai apresentar um défice de 5.9% e tem como PIB 160 mil milhões de Euros significa que ainda gastamos 9.44 mil milhões a mais do que conseguimos produzir, ao retirar estas “folgas” ficamos com um défice de 9 mil milhões que é o valor anual gasto com a educação….

Continua...


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Orçamento 2012 - Almofadas Eólicas

Em vésperas do conselho europeu onde ficaremos a conhecer a bazuca nº3 venho hoje falar de almofadas.

É verdade, depois de todas as peripécias no orçamento de estado Português, com o PS a afirmar que existem e o PSD e CDS a garantirem que não existem almofadas nenhumas eu que sono não tenho vou falar de almofadas.
No Orçamento de 2012 existem de facto Almofadas e neste post nem vou abordar as PPP’s vou falar de Electricidade.

Na Electricidade existem muitas almofadas e o Post de hoje vai para as eólicas, não são as únicas com almofadas, mas como é aqui que queimamos mais dinheiro julgo ser um bom ponto de partida.
Em 2010produzimos de energia eólica 9.025GWh ou 9.025.000 MWh como todos sabemos Portugal está entre os países que mais apostou neste tipo de energia e os lucro da EDP não são alheios à forma como o Estado paga esta energia.

Vamos a valores, por cada MW de energia produzida o estado paga cerca de 95€ o Brasil no último leilão que fez o preço foi 41€/MW (só menos de metade).
Mas estando o Brasil no inicio da aposta o local de instalação tem garantido à partida ventos muito melhores que os nossos, tanto em quantidade como em qualidade.

São ventos mais fortes e mais regulares, falando em percentagem são 30% melhores que os nossos.
Mas 41€/MW vezes 1.3 chegamos a uma remuneração de 53.3€/MW perto dos 55€/MW, valor que os nossos amigos espanhóis estão a pensar pagar pela energia eólica.

Eu, por “bondade” vou considerar que Portugal deva pagar 60€/MW, sempre são menos 25€/MW.
Se retirarmos esse valor para uma produção de 9.025.000MW de energia eólica poupávamos 225.625.000€, são “´SÓ” 225 milhões!

Se eu for mauzinho e reduzir o preço para 55€/MW teremos uma almofada de 270 Milhões!
Curiosidades

Portugal em 2010 tinha uma potencia instalada de 3.535MW mas claro eu até posso ter 10.000MW instalados se não houver vento a produção é ZERO.
Se estes 3535MW trabalhassem 24 Horas por dia a 100% teriam produzido 30.966.600MW, se produziram 9.025.000MW quer isto dizer que a produção eólica foi em 2010 29% da capacidade instalada.  

Continua...

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Perfect Storm XXXVII_Quando vai Portugal sair do Euro?


A pergunta não é má, mas a resposta será dada pelos leitores visto que eu sou “suspeito”.

Portugal em 2011 tem um PIB aproximado de 160 mil milhões de Euros.

Tem igualmente um défice de 5.9% do PIB, ou seja 9.44 mil milhões de Euros.

Foi conseguido com a transferência do fundo de pensões dos bancos (6 mil milhões).

Temos dívidas Superiores a 100% do PIB ou 160 mil milhões de Euros.
Não tendo dinheiro para as pagar a solução passa por Rollover (é o processo de se estender um investimento/especulação num futuro ou opção, à medida que o contrato presentemente detido se aproxima do seu vencimento.

Se o trader não efectuar o Rollover, fica sem posição no instrumento, visto que este vence na maturidade. Assim, o trader troca a sua posição na maturidade mais próxima, que se aproxima do seu final, por um contrato idêntico de uma maturidade posterior. Fazer essas operações, é fazer o Rollover.)
O custo médio dos empréstimos que pedimos na última década foi de 4.5% ao ano, se continuarmos por este caminho dentro de uma década teremos os 100% do PIB de divida, mais 45% do PIB referente aos juros dessa dívida e gastando apenas o que produz…

As Empresas do Estado devem mais de 40 mil milhões, não existindo dinheiro TROIKANO para elas.
No meio de tantos milhões até me perco, No JdN faz referência a...

Hospitais EPE - 2.051 milhões.
Autarquias - 1.715 milhões.
Regiões -1.052 milhões.
Subsector Saúde-385milhões.
Adm. Central -313milhões.
Empresas reclassificadas são só 99 milhões.
Temos os Transportes com dívidas de 16 a 18 mil milhões.
A saúde deve 5.4 mil milhões a empresas do sector…

Quando na madeira as contas foram apresentadas apareceu um buraquinho superior a 1000 Milhões, quantos buracos vão ser encontrados quando se iniciar a redução de Empresas Públicas e Autarquias?
Até ao verão chega o famoso submarino ARPÃO, que até rima com corrupção…são mais 500 milhões!

Cada dia de greve, se o país parar a 100% são menos 600 milhões de produção nacional.
Mercozy estão convencidos que a solução para a crise é austeridade e juros sobre os incumpridores, mas permitindo aos bancos levantarem dinheiro a 1% no BCE para emprestarem aos países mais necessitados a 5%; 6% ou 7%.

Na Próxima semana vamos ouvir falar da BASUCA III? que vai finalmente resolver todos os problemas?

PPC, o nosso coelhinho julga que é lambendo o rabo a Mercozi que vai melhorar as condições nacionais de acesso a mais dinheiro TROIKANO.
Quando vai ele descobrir que dinheiro só existem os 12 mil milhões que ficaram ao dispor da banca?

Quando vai ele descobrir que para ter mais dinheiro só vendendo o resto das empresas que o estado controla?

Depois disto pergunto eu, Portugal vai ficar no Euro?

O Euro vale 1.40 US Dólares, as nossas empresas quando exportam para outras latitudes são imediatamente confrontadas com essa realidade.
Isto vai correr bem?
Claro que sim!

Dúvidas?!?

TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...
TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...TIC...TAC...

Em minha opinião e com a ajuda Grega faltam 26 Dias para Portugal Sair do Euro.

Seguindo a opinião do meu
Génio temos antes disso 1 Ano de KATUMBA faltando portanto 392 Dias.

Dentro de 647Dias acaba todo o dinheiro TROIKANO!
TIC...TAC...

Continua...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Constituição Portuguesa – Artigo 13º - Princípio da igualdade - Reformados perdem 13º e 14º mês

Não é a minha função mas quando o estado não a cumpre e os partidos políticos se demarcam de o fazer tenho de ser eu a apelar ao Tribunal constitucional para que faça cumprir a lei.

Na constituição Portuguesa o Artigo 13º consagra o direito à igualdade que passo a transcrever.
1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.

2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.
Eu tenho familiares reformados que no ano de 2012 vão ficar sem o 13º e 14º mês.

Compreendo que a crise a isso obrigue mas a constituição tem que ser cumprida.
Soube hoje que os reformados do sector bancário não vão sofrer dos mesmos cortes que os restantes reformados do nosso país.

Isto é uma clara violação do 13º Artigo da constituição!
Foi com surpresa e estupefacção que ouvi nos meios de comunicação nacional que teria sido assegurado que esses reformados receberiam os 14 meses de reforma durante 2012.

Não quero saber se o dinheiro existia nos fundos que os bancos passaram para o governo e se esse dinheiro contempla os 14 meses de ordenado.
O que eu quero saber é se o Tribunal Constitucional do meu país se vai pronunciar sobre esta clara violação do artigo 13º.

Se TODOS os reformados que ganham mais de 1100€ vão perder 2 dos 14 ordenados em 2012, isto tem de ser válido para todas as profissões não podendo os funcionários bancários ser tratados como Portugueses de PRIMEIRA e os restantes Portugueses reformados como cidadãos de SEGUNDA.
Com os melhores Cumprimentos

João Filipe do Carmo Silva

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O Homem de ferro


Existem pessoas e existem super Heróis.

Eu, na minha juventude passava noites sem dormir, ia para a borga a noite toda, chegava a casa de manhã, tomava o meu banhinho e seguia para o trabalho.

Claro que nesse dia quando saia do trabalho ia directo para casa dormir, mas tenho histórias para contar de centenas de directas.

Julgo que o meu record são tipo 60 Horas sem dormir, essas não foram para borga, foram passadas em trabalho, trabalho as primeiras 50 Horas depois disso era o meu aniversário e clara não fui para casa tendo-me divertido o resto da noite.

Mas, exagerando vamos considerar 67 Horas!
Tipo acordar 4ª feira às 8 horas da manhã e deitar sábado às 2 ou 3 da manhã…

Foi à 15 anos e já não me lembro ao certo a que horas me deitei no sábado, sei que nesse sábado acordei para comer e pouco mais tendo passado esse dia praticamente a dormir e só no domingo me levantei para ter um dia “normal”.

Mas eu não sou nenhum homem de ferro, mas eles existem!

Trabalha no sector da saúde! Mais propriamente no Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) é Neurologista! Na altura a que remontam os factos até era Director de Serviço
Os casos começaram em 2004 e prolongaram-se até 2007.

“Segundo o despacho do MP Machado Cândido fez se valer da sua posição como director de serviço O documento refere que ele próprio assinava o papel dos turnos das urgências Assinalando o início e fim do seu período de trabalho que chegou a ter 72 96 120 e 144 horas seguidas”
Este senhor só pode ser o HOMEM DE FERRO é o meu herói do país chamado TUGOLÂNDIA!

144 Horas seguidas a trabalhar, são só 6 dias!
O Roubo teve o seu inicio em 2004 e durou até 2007, com a justiça que temos estamos no final de 2011 vai começar o julgamento…

Vai uma apostinha que os 532 mil euros não vão ser devolvidos?
Vistas bem as coisas é só meio milhão…

O melhor de tudo é que este senhor confirma que trabalhou todas as horas!

Eu estou contigo, IRON MAN!

Mais nada! Se a moda pega Portugal sai da crise em 3 ou 4 meses…

Trabalhar…trabalhar…trabalhar…

http://www.mynetpress.com/pdf/2011/novembro/2011111028f9fe.pdf

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

A Zona Franca da madeira e o IRC em Portugal (MouseLand)

Como é normal cada vez que um politico nacional tem de tomar alguma decisão, pensa…pensa…pensa…e decide mal.

Deve ser o nosso “Fado” agora que já faz parte do património da humanidade.
Se fosse possível exportar incompetência teríamos todos os nossos problemas resolvidos.

Vamos por partes.
A madeira conforme foi informado no post anterior chega a ter 1000 empresas em 100m², a maioria pagam 0 (ZERO) de impostos, desde que tenham aderido em 2001.

No total o PIB da madeira praticamente que duplica mas receitas que é bom ficam por menos de 1%!
As comadres estão zangadas e pelo andar da carruagem as benesses da zona franca vão acabar no final de 2011.

Não seria mais lucrativo manter a zona Franca da madeira e aplicar o IRC da Irlanda?
Sempre eram 12.50%!

Todos os anos o IRC do Continente baixava 1% até atingir o mesmo valor e nessa altura teríamos todo o território nacional com a mesma taxa.

Meus amigos de outra maneira é impossível atraírem investimento para Portugal!

Depois ainda afirmam que os privados fogem a impostos…
Vamos analisar a empresa (X) que tem 50 funcionários.

3 São gerentes que ganham 5.000€/mês, dos quais descontam 40% de IRS, aproveitam e pagam igualmente 11% para a S. Social recebendo de ordenado líquido menos de metade do ordenado bruto.
Depois teremos a empresa que sobre esses 5.000€/mês também tem de pagar S. Social a 23.75%...

Os restantes trabalhadores vamos imaginar que são todos quadros superiores especializados!
Com ordenado de 3.000€/mês, ora neste caso o trabalhador desconta “SÓ” 23.50% de IRS mais 11% para a S. Social.

A empresa por seu lado aproveita e paga 23.75% para a S. Social.
Depois temos o caso de um desses trabalhadores ter 5 ou mais filhos…bem nesse caso “SÓ” desconta 22.50%, menos 1%.

Mas como a empresa (X) tem bons produtos chega ao final do ano com um lucro de 400 mil Euros.
Depois de pagar todos estes impostos é justo esta empresa entregar mais 100 mil Euros ao estado?

Ninguém no seu juízo perfeito o faz!
Se o estado fosse um bom gastador…

Se o estado promovesse o bem-estar social e o investimento reprodutivo…

Isto no mínimo não é viável, e depois os privados são acusados de fugir aos impostos?

Então a empresa (X) de ordenados Brutos pagou aos seus 50 empregados 2.184.000€/ano.
Por ter todos os empregados com bons ordenados pagou igualmente 518.000€/ano para a S. Social, gastando no total 2.702.700€.

Mas os seus empregados só receberam 1.395.870€ quase metade…
Depois tem todas as outras despesas decorrentes da sua actividade pagando IVA a 23% sobre todas as compras que faz…

Os seus clientes pagam igualmente 23% de IVA sobre as suas vendas ou sendo exportado pagam a taxa do seu país (julgo que é assim).
Chega ao final do ano e tem 400 mil Euros de lucro e vai dar 100 mil euros ao estado???

Todos já viram que o orçamento de 2012 vai dar RAIA e andam os deputados a discutir tostões no parlamento?
Hipócritas!

Até ao verão chega o novo submarino comprado aos alemães com muita corrupção pelo meio!
Estão considerados os respectivos 500 Milhões?

Onde está a lista total das PPP’s prometida? E sua avaliação independente?
Só em PPP’s vão ser 1.500 Milhões por ano! (nas condições actuais)

E o preço obsceno pago e produtores eléctricos? Contratos cozinhados entre corredores obscuros e gabinetes à meia-luz?
Só em energia queimamos desnecessariamente outros 1.000 milhões por ano!

A madeira tem perto de 30% da população a viver na miséria!
E existem 1000 empresas em 100m²? que pagam ZERO de impostos?

Miseráveis!
Votar nosgatos pretos ou nos gatos brancos?

Eu voto nulo!
Palhaços!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

A Zona franca da Madeira - João Pedro Martins – “Suite 605”

Custa ouvir as verdades, mas custa muito mais expô-las.

Contra ventos e tempestades um senhor chamado Carlos Alberto Martins fez isso mesmo!
É triste, principalmente por ser verdade.

Como é possível?
Como é possível numa sala com 100m² estarem sediadas 1000 Empresas?

É tipo um mosaico de 33cm x 33cm para cada empresa.

Não me vou alongar mais, pois muito do que deve ser dito está neste vídeo.

Quanto melhor informados estiverem os Portugueses, melhores serão as decisões que tem forçosamente de ser tomadas.
Estas leis foram aprovadas no nosso parlamento…

Todos os partidos se calaram…
Foram assinadas pelo governo…e…e…promulgadas por um qualquer presidente da republica…

É UMA VERGONHA.
É com mágoa e tristeza profunda que junto mais este nome à TAG Poucos mas Bons!


 ou



segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mark to Market?

Hoje foi noticiado em vários Jornais que se prepara uma ajuda a Itália com valores entre 400 mil milhões de Euros e 600 mil milhões de Euros.

Isto é no mínimo lírico!
De onde vem o Dinheiro?

Do FMI, pois se é o FMI que está a preparar o empréstimo de duração entre 12 e 18 meses, o dinheiro só pode vir do FMI…
Pois! O problema é que o FMI não tem esse dinheiro, no máximo tem metade tipo 300 mil milhões.

E claro, se vão para Itália fica com os cofres vazios…
OS EUA podem sempre imprimir mais, já que é basicamente o seu modo de vida, mas não querem ficar sozinhos no barco, até porque Itália passados 12 ou 18 meses não irá pagar.

O modelo até agora seguido 2/3 da EU e 1/3 FMI tem a forte oposição alemã e implicaria a Europa pôr as rotativas a funcionar desalmadamente.
Espanha vai pelo mesmo caminho, pois continuar a pagar juros a 7% não é viável.

Mas existem mais países no mundo não podendo o dinheiro acabar…
Temos também os bancos, se o DEXIA foi ao tapete com a divida grega, o que vai acontecer à economia mundial com o perdão parcial de divida a Portugal e restantes PIIGS?

Mark to Market?
Isto só pode ser a terra dos sonhos!

Para quem não sabe, mark to market é a contabilização da divida detida pelos bancos ao seu valor real e não contabilístico…
Quanto vale então a Dívida de Portugal?

A valores de mercado anda pelos 70% ou mesmo 65%, quer isto dizer que por cada 10€ detidos pelos bancos de divida Portuguesa só deve ser contabilizada 7€ ou 6.5€.
E a Dívida Italiana? Espanhola? Irlandesa? Belga? Inglesa ou dos EUA?

Isto não sendo verdade seria um óptimo filme de suspense!
Mas infelizmente não é um filme é a realidade nua e crua. 

domingo, 27 de novembro de 2011

Férias Judiciais


Conforme prometido a A. Ramos, vamos falar um pouco de Justiça em Portugal Bipolar.
Eu sei que ainda não acabei a minha história da 3ª vez que fui a tribunal, no dia 11 de Janeiro de 2011.

Posso apenas afirmar que fui ouvido…testemunhei durante 2 Horas!

Mas isso fica para outro post.

Neste quero apenas falar de férias.
Férias são uma coisa boa e todos os trabalhadores gostam e depois de um ano de trabalho sabem mesmo bem!

Concordo!
O problema está na quantidade…

É que estes nossos amigos que trabalham na Justiça tem direito a mais 25 dias úteis que o comum dos mortais!
O Sócrates, esse malandro ainda tentou acabar com o regabofe, mas foi cilindrado foi na justiça e foi na educação, depois foram mais 4 anos de despesismo que todos conhecemos, mas nos primeiros 2 só posso dizer, foi do melhor que por cá passou!

Agora temos o Coelhinho, que ganhou eleições com uma mão cheia de promessas, mas como promessas leva-as o vento…

Bem voltemos às férias judiciais!

As férias judiciais são divididas em duas categorias.

1.      As férias de verão que em 2011 foram 46 dias de calendário
2.      As férias das semanas santas!

Semanas! Pois! É que temos duas semanas santas.
A semana santa da Pascoa, onde os nossos amigos são brindados com mais 4 dias úteis.

E a semana de Natal e fim de ano onde o brinde em 2011 são 9 dias úteis!

Deve ser agradável em Abril deixar de trabalhar no dia 15 e voltar ao serviço dia 26…

Mas, claro receber o mês inteirinho!
E no Final do ano?

Sabe tão bem sair no dia 21 de Dezembro de 2011 e voltar ao trabalho dia 4 de Janeiro de 2012!
Juntando a isto as férias de verão onde dia 15 de Julho dizemos adeus para voltarmos ao trabalho dia 1 de Setembro, julgo que ficamos conversados!

Já conheço a história que nas férias grandes o tribunal encerra mas ficam lá todos a trabalhar afincadamente…
HAHAHAHAHAHAHA…HAHAHAHAHAHAHHA…HAHAHAHAHHAHA…

Só pode ser uma piada.

Claro que muitas destas alminhas fizeram greve, pois estão a atacar os seus “direitos adquiridos” .

Eu que não tenho direitos nenhuns olho para toda esta palhaçada e pergunto…
Onde é que isto vai parar?

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Quem vai ganhar a aposta?

Sou eu? E a Alemanha mantêm a sua indisponibilidade para que o BCE compre dívida de Itália e Espanha?

Neste caso faltam 38 dias para Portugal sair do Euro!
Ou é o meu Génio?

Se for este o caso os Países Nórdicos liderados pela Alemanha irão impor condições draconianas para impressão de papel/moeda.
Neste caso faltam perto de 400 Dias, sendo a data de saída do Euro o dia 2 de Janeiro de 2013.

Espanha e Italia já pensam em pedir ajuda, pois sabem que juros a 7% são insustentáveis, são a 7% a 6% a 5% ou a 4%!
Enquanto não emprestarmos dinheiro a 1% isto continua!

O EUA imprimem dinheiro que emprestam ao FMI que empresta a Portugal/Grécia/Irlanda e está tudo bem?
Temos todos os bancos Portugueses depenados e com necessidades de financiamento.

Temos empresas públicas com dívidas enormes e sem dinheiro TROIKANO.
Temos o buraco da madeira para cobrir.

Temos os buracos nas autarquias por (des)cobrir.

Temos a economia em recessão.
Temos perto de 40% da população portuguesa endividada excessivamente.

Temos todas as PME em Portugal implorando por dinheiro que não existe.
Temos reformas por fazer na Educação; Saúde e Justiça, reformas essas que custam dinheiro, dinheiro que não existe.

Temoscertamente mais greves a caminho, custando cada uma perto de 600 milhões (considerando que o país para a 100%).
Quando este governo tomou posse afirmei que seria pior que o anterior.

O meu raciocínio é simples, se Sócrates resistiu a pressões nunca antes vistas na Tugolândia (Professores).
Manteve a mesma opinião e não cedeu durante 4 ANOS!

O nosso amigo Coelhinho depois de entrar já cedeu na Educação, nada mexeu na Justiça mantendo os interesses instalados e mente descaradamente a cada dia que passa.
Se o Sócrates foi apelidado de Pinóquio que alcunha poderá ter o Coelhinho?

Quais os interesses instalados que já foram afrontados?

Só os dos trabalhadores!

E as PPP’s que até final do ano deveríamos ter uma lista completa de todas?
E na electricidade, pagamos por interesses instalados mais de 1000 milhões/ano!

Já alguém ouviu uma frase sobre isso?
E sobre os transportes?

É um demagogo, tendo o desplante de aprovar leis que baixam o ordenado de TODOS os gestores públicos para no máximo ganharem o mesmo que o Presidente da República…mas…mas…mas…só para 2014!
O PIB vai cair 2.8% em 2012???

HAHAHAHHAHA…HAHAHAHAHAHA…HAHAHAHAHHA
TIC…TAC…TIC…TAC…Faltam 38 dias para Portugal sair do Euro!

Em alternativa estamos 1 ano a apanhar nas nádegas e saímos de Euro em Janeiro de 2013!
Como o meu apelido não é Castelo Branco, eu prefiro sair Já!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Greve Geral - O cúmulo da estupidez!

Bem-vindos a mais uma Greve, desta vez Geral!
Geral, para o funcionalismo público, pois desde o milénio passado que só esses fazem greve, os restantes trabalhadores deste país que são aproximadamente 4.5 milhões quando não estão contentes mudam de emprego.

São opções…
São igualmente comportamentos.

São esses comportamentos que brevemente irão mudar.
Mas, vamos olhar mais de perto para as empresas, sectores e pessoas que estão em protesto…



-A C.P. faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?

-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A REFER faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?

-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A CARRIS faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A STCP faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-O Metro de Lisboa faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-O Metro do Porto faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A Soflusa e Transtejo fazem greve?
-Sim!

Como estão estas empresas?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A TAP faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

Temos portanto o sector dos transportes todo em protesto, sector esse que é importantíssimo para a economia, pois sem transportes é bastante mais complicado a maioria das pessoas chegarem ao seu local de trabalho.

Todas as empresas de transporte estão falidas e não existe dinheiro TROIKANO para elas como já foi abundantemente frisado neste espaço.
Que outros sectores de actividade estão parados?

-Bem, temos a Educação por exemplo!
E na educação, os seus profissionais são avaliados?

-Não, o seu ordenado nada está ligado a performance mas sim ao tempo de serviço, não sendo por isso possível premiar os bons…
Podem ser despedidos?

- Não, não existem despedimentos no sector da educação…
Portanto temos os transportes dificultando a vida a quem quer trabalhar, e temos a educação dificultando a vida a quem quer trabalhar e tem filhos…

E mais, existem mais sectores paralisados?
Claro que sim, nem seria a Tugolândia se a história acabasse aqui!

Temos a Justiça!
E na justiça, os seus profissionais são avaliados?

-Não, o seu ordenado nada está ligado a performance mas sim ao tempo de serviço, não sendo por isso possível premiar os bons…
Podem ser despedidos?

- Não, não existem despedimentos no sector da justiça…
E é “SÓ”?

Falta a Saúde, onde existem exactamente os mesmos problemas…
Não são premiados os bons, não são despedidos os maus, os ordenados correspondem ao tempo de casa…etc…etc…etc….

Em pouco mais de 30 anos pedimos assistência financeira ao exterior 3 vezes.
Por três vezes informamos que não temos capacidade de pagar a nossa dívida.

Nestes 30 anos temos milhares de dias de paralisações várias, não tendo com isso melhorado as condições da maioria dos trabalhadores, nem das empresas.
Salvo raras excepções não temos empresas competitivas no mercado, vivendo a sua maioria na sombra do estado, explorando com isso toda a população portuguesa.

Não temos igualmente trabalhadores bem pagos, quando olhamos para o resto do mundo desenvolvido…
Alguém sabe qual o cúmulo da estupidez?

O cúmulo da estupidez é fazer sempre a mesma coisa e esperar um resultado diferente…
Vamos sair do euro?

Claro que não, com esta mentalidade o futuro será certamente risonho!

Próspero!

Dúvidas?!?