sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Perfect StormVIII_1 País em Stadby


Com os mercados a exigirem juros mais altos por cada dia que passa, a 42 dias de batermos contra a parede, assim vai a Tugolândia, de vitória em vitória até à derrota final!
Portugal, para quem ainda não reparou, parou em Dezembro de 2010.
Nada mexe, nem as empresas, nem os negócios para não falar dos Bancos.
Os Bancos tem as portas abertas só para receberem depósitos, nada mais!
Financiar a economia? Nem pensar! Pelo menos até 11 de Março.
Portugal deve a módica quantia de 157 mil milhões de Euros + PPP!
Sendo simpático vou considerar que as PPP valem 40 mil milhões ( o valor anda a ser escondido e como os contratos e mordomias não são do conhecimento geral é impossível confirmar de momento)
A juntar a estas dividas falta apenas incluir a economia não estatal que está tanto ou mais endividada que o próprio estado.
Julgo que a divida total incluindo Bancos; empresas e estado ultrapassam os 350 mil milhões.
Portugal tem como produção anual 170 mil milhões, e o que os mercados andam a explicar à Tugolandia é que não é possível emprestar mais dinheiro a 1 país que não produz, quando pede dinheiro é para ser aplicado em despesa corrente ou em projectos sem rentabilidade.
Não podemos dever mais de 2 anos de produção nacional, como chegamos aqui? De quem é a culpa?
Não perdendo muito tempo digo que é de todos, pois este país à beira mar plantado dá prejuízo à 37 Anos!
A última vez que gastamos menos do que produzimos foi no ano de 1973!
Todos os governos falharam e a culpa é de todos, não excluindo os portugueses em geral que votam num e noutro alternando a governação entre PS e PSD.

O nosso destino será decidido No Conselho europeu a 11 de Março, mas conforme já informaram os cortes vem ai, e não vão ser poucos.
Neste momento a ajuda ainda está a preços inacessíveis pois nem Portugal, nem a Grécia nem a Irlanda podem pagar juros a 6%...
Nem 6% nem 5% nem mesmo 4% o que corre de boca em boca são juros a 3% para que estes países e outros como a Espanha e Itália possam socorrer a economia sem entrar em insolvência.
Só que os nossos "amigos" Alemães, franceses e países nórdicos não tem muita vontade de abrir os cordões á bolsa quando constatam que o dinheiro é mal aplicado, hoje, ontem nos últimos 10, 20 ou 30 anos!
E claro, querem garantias, muito vai mudar e a tempestade perfeita vai varrer muito do que por cá existe.
O que está sobre a mesa é simples:
        Mais alterações ás leis laborais
       Mais cortes nas chefias
       Mais cortes nos Institutos e restantes empresas que gravitam á volta do Orçamento Geral do Estado.
       Mais Privatizações
       Idade da reforma… e finalmente, e essa vai ser difícil engolir OS REFORMADOS!
Não pode ser de outra maneira, os reformados com reformas superiores a 1.500€ vão levar a talhada (rezando eu para que as reformas baixas sejam poupadas).
Este é o preço a pagar por mais de 30 anos de demência!
Será suficiente?
Não sei!
TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC…

Faltam 42 Dias!

para seguir a SAGA Perfect storm (Link) ou TAG Perfect storm   

TIC…TAC…


Sem comentários:

Enviar um comentário

;)