segunda-feira, 18 de julho de 2011

As 4 variáveis

Eu como já frisei vezes sem conta trabalho com números, mas não sou nenhum expert na matéria e quando se é ignorante essa ignorância tem que ser assumida.

Humildemente imploro a alguém que não tenha apenas conhecimentos básicos como os meus que me faça ver a luz.
Eu, equações de 2 variáveis ainda lá chego,3 variáveis num dia de sorte ou de muita sorte talvez.

4 Variáveis para mim, peço desculpa mas é impossível!
Como vivemos num mundo capitalista talvez pagando eu consiga obter resposta para o meu problema.

Como por estes lados o dinheiro não abunda posso oferecer pouco mas acreditem que é dado de boa vontade!
A qualquer alma caridosa que me consiga resolver a seguinte equação de 4 variáveis eu pago 1 jantar para duas pessoas com um valor máximo de 100€!

Eu sei que não é muito, mas acreditem é tudo o que posso oferecer.
A equação é a seguinte:
Como pode Portugal…
      1.       Reduzir a despesa
      2.       Aumentar a receita
      3.       Ter crescimento económico
      4.       E manter-se no Euro

Existe alguma alma caridosa que tendo pena de mim possa esclarecer esta alma inquieta?
Desculpem o premio ser pequeno, mas para quem paga acreditem que é enorme.

Someone help me please?!?

7 comentários:

  1. Boas,
    como sabes, daqui fala um treinador de bancada ;)

    - só mesmo por curiosidade, seria possível voltarmos a ter 2 moedas, como qnd foi a introdução do euro?
    - assim, garantia-se q quem tem capitais em euros podia mantê-los na mm em euros, o q diminuia a fuga para outras moedas (franco s, dollar).
    - o estado começava a pagar em escudos (salarios, reformas, apoios sociais, etc)
    - amortizar a divida que está em euros com venda do ouro (acho q há um problema de nao deixarem vender por ser muita quantidade??).
    - privatizar os ultimos anéis e amortizar a divida

    nao seria igual ao periodo de transição do euro pq as taxas cambiais nao seriam fixas, provavelmente a inflacção seria mto maior, mas ao menos tinhamos uma moeda para transicionar entre nós pq os euros estao a desaparecer do nosso país.

    os meus 2 cents :)

    ResponderEliminar
  2. na minha opinião sera baixar o preço dos combustiveis e energia. como ? baixar simplesmente... Regulamentação politica, caso contrário não vamos la... se o preços das gasolineiras continuar a aumentar não aumenta o consumo, dai não aumenta o crescimento economico. o preço da energia tb deverá baxar, ao baixar ests 2 factores, baixam naturalmente os custos de produção.... na minha opinião estas são os 2 maiores pedradas que ng fala.....

    ResponderEliminar
  3. Boas R+,
    O Escudo foi substituído pelo Euro em 2002, mas durante os anos de 2000 e 2001 os preços já apareciam em Euros e em escudos.
    Tinhas os preços nas 2 moedas mas só utilizavas uma para pagar (escudos).
    Depois, em 2002 os preços continuaram a estar nas duas moedas mas só utilizavas uma para pagar (Euros).
    Se o estado garantir que todas as poupanças permanecem em Euros, julgo que muto do dinheiro que já saiu volta a Portugal e aos bancos, mas isso é apenas a minha opinião.
    Quanto a ter duas moedas em simultâneo julgo não ser possível, pois o escudo vai desvalorizar bastante todos os dias e os preços em escudos teriam de ser alterados diariamente mantendo-se o preço em euros…no limite ninguém queria levantar escudos pois cada dia que passa valeria menos.

    ResponderEliminar
  4. Não se seria viável, mas talvez usar uma parte significativa do dinheiro proveniente da troika para comprar acções de empresas que retornassem dividendos na bolsa, atenção que seria proibido ao estado tomar possições que lhe permitissem influir nas decisões da empresa aqui só interessa os dividendos, alimentando com esses dividendos o OGE permintindo baixar os impostos e criar um ciclo virtuoso, ao mesmo tempo o estado ganha um maior valor por via dos activos que adquire permitindo, penso eu, dessa maneira baixar os juros pedidos pelos investidores porque o risco é menor também.

    Mantinha basicamente só 2 impostos IVA para controlar as importações e descontos para Seg. Social. Pelo menos as pessoas que descontam em de sede IRS iam estar em pé de igualdade com aqueles que escondem remunerações e que não só não pagam impostos como recebem benesses.

    É só uma ideia...

    Com os melhores cumprimentos,

    ResponderEliminar
  5. Boas Nuno V,
    Julgo que o dinheiro da troika está todo destinado para 3 parcelas.
    1. Pagar as nossas dívidas que vencem nos próximos 3 anos
    2. Pagar o nosso desequilíbrio orçamental até 2013 (diferença entre o que produzimos anualmente e o que consumimos).
    3. (RE)Capitalizar a banca para esta poder injectar dinheiro na economia (dinheiro que actualmente não tem).
    83% do dinheiro é para os 2 primeiros pontos… não vaio dinheiro para mais nada…

    ResponderEliminar
  6. Obrigado pelo trabalho na resposta/ opinião sobre a minha ideia. Continuo a achar que se o Estado não intervir No Interesse Nacional, vamos cada vez mais ficar mais pobres, isto é, tem de haver uma maneira de baixar a energia e o combustivel, para o bem comum. Um abraço e continuação de excelentes posts.

    ResponderEliminar
  7. Boas Nuno,
    Obrigado pelo comentário, mas em boa verdade o “grande trabalho foi feito em Janeiro de 2011 quando tinha identificado/localizado onde são as refinarias, estava guardado no Google Earth desde essa altura, por mera coincidência eu antes utilizava o programa screengelly que era propriedade do TWITTER mas esse programa deixou de funcionar, na semana passada por pesquisa na net (necessitava para 1 trabalho) descobri o SCREENER é igual ao outro e dá para mais 2 minutos :):)
    Foi só o tempo de dizer o que penso e gravar enquanto falava, a verdade tem que ser dita…hehehe
    Quanto ao programa Aconselho vivamente!

    ResponderEliminar

;)