quarta-feira, 27 de julho de 2011

Pérolas nos Transportes

Todos estes dados são de 2008 (ultimo ano em que o T. Constitucional analisou as empresas)

Para inicio de conversa devo salientar que todas as empresas de transportes estão em falência técnica, estando falidas tecnicamente não é compreensível que os seus trabalhadores continuem a beneficiar de regalias/”Direitos adquiridos que são pagos por mim e por todos os outros contribuintes de Trás-os-Montes ao Algarve!
Sabem que o Metropolitano de Lisboa tem 1 centro cultural e desportivo? Sabem que custa + de 900 Mil Euros/ano?

Sabem que o metropolitano de Lisboa gasta com o seu pessoal 118% do seu volume de negócios?
Portanto a minha empresa factura anualmente 100 mil euros e eu pago aos meus trabalhadores 118 mil euros?!?

Fora todos os outros gastos que são normais para o funcionamento de qualquer empresa!

Ordenado Médio por trabalhador

Carris – 25.924€/ano
ML     -  27.658€/ano
STCP -  24.373€/ano
MP     - 45.985€/ano
Complementos de pensões no M. Lisboa – 210 Milhões de Euros/Ano!
Complementos de pensões no Carris – 154 Milhões de Euros/Ano!
Todas estas empresas têm assistência médica domiciliária gratuita!
A Carris tem 4 postos médicos em funcionamento permanente! Independentemente da assistência médica domiciliária gratuita!

Todos os trabalhadores destas empresas têm medicamentos gratuitos! Quem paga? Pois…falência técnica?!?

Subsídios na Carris

Subsídio Agente Único – 2.812.896€
Trata-se de um benefício pecuniário que não depende do efectivo desempenho de funções e que é atribuído, ao pessoal tripulante, 14 meses no ano.

Subsídio de Ajuramentação – 148.098€Tal como o anterior, trata-se de outro subsídio atribuído à categoria de Controladores de Tráfego e Coordenadores Gerais de Tráfego, na CARRIS, e de Fiscais, no Metropolitano de Lisboa, durante 14 meses no ano e que não depende de qualquer prestação de serviço especial.

Subsídio de Tarefas Complementares de Condução – 1.592.782€Trata-se de um subsídio que é atribuído aos Motoristas e Guarda-freios da CARRIS e visa compensá-los pela preparação e estacionamento dos veículos, bem como pela aquisição de títulos de transporte a serem vendidos nos veículos e pela prestação de contas.
Ora, é de notar que, por um lado, não é entendível como a CARRIS tem de compensar o pessoal tripulante para preparar e estacionar os veículos, quando estas não são tarefas dissociáveis da função de condução; por outro lado, a venda dos bilhetes no interior dos veículos já está a ser compensada pela atribuição do Subsídio Agente Único.

Subsídio de Chefia e de Tecnicidade – 131.396€Este subsídio é atribuído não apenas aos que exercem funções de chefia, mas também aos quadros técnicos sem funções de chefia.

Abono para falhas – 106.081€  Subsídio atribuído a quem normalmente movimenta avultadas somas de dinheiro. Mas também aos Motoristas e Guarda-freios.

Subsídio Condução Ponto Socorro – 45.477€Subsídio atribuído aos que estão habilitados para a condução de veículos ponto socorro, independentemente de o conduzirem ou não.
TOTAL ANUAL – 4.826730€

Subsídios na Metropolitano de Lisboa


Subsídio Agente Único – 1.219.792€Trata-se de um benefício pecuniário que não depende do efectivo desempenho de funções e que é atribuído, ao pessoal tripulante, 14 meses no ano.

Subsídio Quilometragem – 894.286€ Trata-se de um subsídios pago aos Maquinistas por cada quilómetro percorrido durante o normal exercício da sua função e não apenas quando é excedido o número de quilómetros previsto no normal plano de trabalhos dos Maquinistas.

Subsídio Limpezas Técnicas – 447.907€Falta descritivo no relatório do T. Constitucional ou descrito anteriormente

Subsídio de Ajuramentação – 53.219€Falta descritivo no relatório do T. Constitucional ou descrito anteriormente

Subsídio Acréscimo de Função – 1.279.638€Falta descritivo no relatório do T. Constitucional ou descrito anteriormente

Subsídio de Salubridade – 95.610€Falta descritivo no relatório do T. Constitucional ou descrito anteriormente

Subsídio Função e Manobras – 84.316€Falta descritivo no relatório do T. Constitucional ou descrito anteriormente

Subsídio Prevenção – 218.018€Trata-se de uma remuneração pecuniária compensatória pelo facto de o trabalhador ter o dever de se encontrar sempre localizável e à disposição da empresa nos dias de descanso semanal e feriados, mediante a organização de escalas de prevenção, em regime de rotação.

Vencimento Carreira Aberta – 507.473€Subsídio atribuído quando o trabalhador atinge o último grau da sua carreira, permitindo-lhe continuar a beneficiar de progressão, pese embora já tenha alcançado o topo da carreira. Em consideração das novas regras insertas no novo Acordo de Empresa, foram introduzidas algumas alterações ao seu regime no sentido de tornar mais lenta a progressão profissional dos trabalhadores beneficiários do mesmo.
TOTAL ANUAL – 2.854.450€

Na STCP existe 1 premio diário para todos os trabalhadores por cada dia completo de trabalho!

Completam 1 dia de trabalho, julgava eu que seria a obrigação de qualquer trabalhador…na CTCP dá direito a premio!


Por falar em prémios…

 Carris
Prémio Produtividade - 308.366€
Prémio Condução Defensiva – 309.153€
Prémio Incentivo Assiduidade – 641.863€
Outros Prémios e subsídios – 39.220€
TOTAL ANUAL – 1.298.612€
 M. LisboaPrémio de Desempenho – 269.004€
Prémio de Performance – 176.122€
Prémio de Assiduidade – 849.685€
Prémio Assiduidade Trimestral – 49.573€
TOTAL ANUAL – 1.344.384€

Jornalistas? Jornalismo? Será que existe ainda em Portugal?

Existe uma cidade no Brasil, perto de Minas Gerais que se chama…
PUTA QUE OS PARIU!


Nota Final: Peço desculpa a todos os habitantes do Porto (2ª cidade com mais visualizações em Portugal Bipolar) por não abordar tão detalhadamente a STCP e o Metro do Porto, o relatório do T.C. é mais detalhado com a Carris e M.L. e Lisboa é a cidade onde vivo, estando neste momento muito mas muito chateado e o Post já não é um post mas sim um testamento!

 1 Abraço a todos

JONY

3 comentários:

  1. São um bando de papões que só descansam quando nos comerem os ossos.
    Jornalistas e sindicatos são defensores e entusiastas do parasitismo (viver á custa do trabalho dos outros)
    Tenho dito

    ResponderEliminar

;)