sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Perfect Storm XXXV_O Incumprimento Grego




Portugal não é a Grécia!
Frase mais de 1000 vezes repetida, não tendo eu até hoje compreendido o que quer isso dizer em concreto.

Existem claro variantes…
A Irlanda não é a Grécia, Portugal não é a Irlanda, Espanha não é Portugal nem a Grécia, Itália não é Espanha nem Portugal…enfim enquanto a Europa arde, os nossos políticos discutem o sexo dos anjos tentando cada um por si, sacudir a água do capote.

Já ninguém acredita que os Gregos consigam pagar tudo o que devem.
Nem os próprios Gregos acreditam nisso.

A coisa até pode correr bem em Outubro, os Gregos recebem mais 8 ou 10 mil milhões, informam mais uma vez que vão cumprir o plano e a coisa anda até final do ano, mais semana, menos semana.
Nós por cá, que não somos Gregos, falta contabilizar…

5 mil milhões de divida da madeira
17 mil milhões de divida dos transportes

10 a 12 mil milhões de encargos com as SCUT
30 a 40 mil milhões (Total da factura de todas as PPP)

Faltam dívidas de Institutos, empresas municipais e afins…
Até final de 2012 vamos vender todas as empresas controladas pelo estado que deve render 7 mil milhões.

Foi aqui que chegamos com quase 4 décadas a “Fazer Obra”, falidos, com 30% a 50% de divida oculta, mas não entendemos, não percebemos que esbanjamos dinheiro em obra não produtiva durante 40 Anos e aqui chegados falta a humildade para reconhecer que o caminho não foi o mais correcto.
Alguém acredita nos Gregos?

Depois da Grécia cair alguém acredita num país com divida superior a 100% do PIB e com esqueletos dentro do armário no valor de várias dezenas de milhões de Euros?
Vamos resistir ao Incumprimento Grego?

Vamos permanecer no Euro?
Claro que sim, isto só pode correr bem!

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)