quinta-feira, 29 de setembro de 2011

TGV – Obrigado Sr. Ministro


Já passaram vários anos desde que se iniciou a conversa do TGV, e o novo Aeroporto?pois, eu ainda sou do tempo em que aeroporto na margem sul? Já mais…
Sempre disse o mesmo, por onde passam as mercadorias? Em discussão com amigos cheguei a afirmar que oferecia o TGV desde que fosse garantido o transporte de mercadorias e a ligação ao resto da Europa.

Finalmente alguém compreendeu o obvio, ligar os nossos principais portos ao centro da Europa atravez de linha em bitola europeia para mercadorias faz muito mais sentido que investir na “modernidade” de uma linha de alta velocidade para passageiros defecitária.
Em 2014 as obras no canal do panamá estarão concluídas!

Permitindo a travessia de navios de carga de muito maior porte, quando vem para a Europa quais os primeiros portos que encontram?
É verdade! São os nossos!

Qualquer mentecapto com um navio carregado ao passar perto de Portugal teria o seguinte raciocínio:
Se descarregar em Sines, em menos de 24 horas toda a carga está no centro da Europa…

Para chegar aos principais portos europeus demoro mais 3 dias.
Obrigado Sr. Ministro, por ver o obvio e trocar o TGV pela linha de mercadorias.

Aceite a minha sugestão e com um gesto “amigo” pode oferecer o TGV aos espanhóis eles que o construam até Lisboa, nós que somos gajos porreiros “oferecemos” a exploração até 2035.
Quem é amigo? Quem é?

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)