terça-feira, 22 de novembro de 2011

Convém recordar – Pedro Passos Coelho


Convém recordar que as medidas do PEC IV eram uma brutalidade…
Convém recordar que cortar nos Subsídios de férias ou natal era uma estupidez.

Convém recordar que os Portugueses já não aguentavam mais sacrifícios (antes das eleições).

Convém recordar que o limite de endividamento prometido para as autarquias era de 62.5% e 30 dias depois passou para 125%

Convém recordar que cortar 1.7 mil milhões em gorduras e despesas intermédias era fácil…
Convém recordar que baixar a TSU em 4% ou mesmo 8% estava tudo estudado!

Convém recordar que PSD e PS são responsáveis por um endividamento de 170 mil milhões!

Convém recordar que vendemos a maioria das empresas públicas lucrativas e vamos vender o restante em 2012!

Convém recordar que é impossível em 2012 o PIB ser reduzido “SÓ” em 3%.

Convém recordar que existem actualmente mais de 700 mil desempregados.

Convém recordar que mensalmente entram mais 5 mil desempregados para a lista.

Convém recordar que já existem mais desempregados que funcionários públicos.

Convém recordar que quando/se estes desempregados voltarem ao mercado de trabalho terão garantias nenhumas contra as mordomias dos trabalhadores do estado.

Convém recordar que em campanha eleitoral não havia lugar a aumento de impostos…

Convém recordar que a economia estagnou.

Convém recordar que eu votei nulo e voltaria a faze-lo.

Convém recordar...

3 comentários:

  1. Este post foi copiado e colado no mural do “nosso” 1º ministro no Facebook!
    Se concordas, faz o mesmo!

    ResponderEliminar
  2. Excelente, pena não ter facebook....
    É assim mesmo, dar na cabeça de quem mereçe!!!!!



    Ass NM

    ResponderEliminar
  3. Se o Sócrates era mentiroso, este o que é?

    ResponderEliminar

;)