sexta-feira, 16 de março de 2012

Desmantelamento da maior central fotovoltaica do mundo, JÁ!


Embalado pela nacionalização da Lusoponte o caminho está traçado, é cortar com os benefícios injustificados que talham toda e qualquer possibilidade de crescimento da economia.
Desmantelamento de maior central fotovoltaica do mundo, já!

Como é normal em qualquer negócio na Tugolândia existem meia dúzia de beneficiados e esses benefícios são pagos por toda a população!
Não pode ser, esta palhaçada tem de acabar.

Alteração de circunstâncias
Código civil existe a possibilidade de alterar qualquer contracto desde que exista alteração de circunstâncias.

E quais as circunstâncias que se alteraram?
Bem, Portugal entrou em falência técnica não tendo dinheiro para pagar todos os compromissos que assumiu, Já cortou nos reformados; F. Públicos, aumentou o IVA, cortou nas deduções de IRS e basicamente cobra impostos sobre tudo o que mexe! Mas as receitas estão longe de cobrir todas as despesas!

Tendo em conta estas alterações de circunstâncias o contracto vai ser alterado da seguinte forma:
Como todos os investimentos devem ter lucro vamos aplicar um lucro de 8%/ano para o investimento realizado.

Com um investimento de 237,6 milhões de Euros a Central fotovoltaica da amareleja começou a funcionar em pleno a 23 de Dezembro de 2008.
8% de 237.6milhões são 19 milhões é esse o lucro que o estado assume como justo!

19 milhões x 4 anos são 76 milhões ao qual temos de somar os 237.6 milhões para pagar o investimento realizado ficando com um total de 313.6 milhões de Euros.
A capacidade é de 93.000 MW/ano e cada MW é pago a valores surreais (329.9€/MW em 2010 e342.6€/MW em 2011).

Sendo a variação de 2.22% (2009 a 2011) vou considerar essa mesma variação para os anos 2009 e 2012.

Com uma produção de 93.000MW ano os valores pagos por todos os portugueses para termos a maior central fotovoltaica do mundo são:

2009 – 93.000MW x 327,40€ = 30.448.200€
2010 - 93.000MW x 329,90€ = 30.680.700€

2011 - 93.000MW x 342,60€ = 31.861.800€
2012 - 93.000MW x 350,14€ = 32.563.020€

No final de 2012 terão sido pagos mais de 125 milhões de Euros, mais concretamente 125.553.720€.
Para acabar com esta palhaçada no final de 2012 o estado tem de assumir um pagamento de 188.04 milhões de Euros, mais concretamente 188.046.280€.

Com este valor é cumprido o objetivo de pagar 8%/ano de juros sobre o investimento, adicionalmente vamos arredondar as contas para 200 Milhões para evitar arrastar o processo pelos tribunais, se o acordo for assinado já!
Ao fazer esse pagamento ficamos igualmente com os Painéis solares que serão aplicados na continuação da Saga senhor dos Anéis, mas isso fica para outro post.
O que Portugal não pode é no final de 25 anos ter pago 3 vezes o investimento inicial.

Um Abraço e Bom fim-de-semana!

09 Junho 2014

Redistribuição de 2520 Seguidores solares da Amareleja:

  1. Ilha do Corvo - 50 Seguidores Solares.
  2. Ilha das Flores - 470 Seguidores Solares.
  3. Ilha Graciosa - 500 Seguidores Solares.
  4. Ilha de São Jorge - 750 Seguidores Solares.
  5. Ilha de Santa Maria - 500 Seguidores Solares.
  6. Ilha de Porto Santo - 250 Seguidores Solares.

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)