quarta-feira, 18 de abril de 2012

Portugal - O Senhor dos Anéis – Geotermia – Açores – Grupo Central ( a Execução) – (Cap. 14)


 A escavação dos poços verticais tem que arrancar em força e já!
Os poços perfurados em São Miguel no ano de 2006 a uma profundidade de 1000 metros captaram temperaturas máximas de 243ºC. (PV2, PV3, PV4, PV7 e PV8).
Os valores de perfuração recorrendo às tecnologias existentes (Brocas) ronda os 60 Milhões de USD (40 Milhões de Euros) para profundidades até 10.000 metros.
É um custo assumido por qualquer empresa que trabalhe com petróleo, encontrar um poço seco…Ui, até dói! Mas faz parte da vida, é furar, pagar e ir embora para outro lado, são só 60 milhões de USD!
Para profundidades até 5.000 metros os custos reduzem substancialmente rondando os 2 milhões de Euros/ Km escavado.
Para profundidades até 3 Kms o valor não deve ser superior a 1 milhão de Euros/ Km escavado, é esse o valor considerado para o concurso de escavação falado no capítulo anterior.
As primeiras ilhas a ser testadas são o Faial, Pico e Terceira, 1 furo escavado na vertical até 3.000 metros, com relatório detalhado a cada 500 metros, confirmando através de sondagem a perfeita vitrificação do poço formada por rocha fundida e cravado sobre pressão nas fissuras e reentrâncias da própria rocha.
Claro que se forem encontradas temperaturas de 400ºC a 2.000 metros em qualquer ilha a perfuração não necessita de continuar, sendo trocado os 8 poços de 3.000 metros por 12 poços de 2.000 metros, mantendo o total acordado de 24.000 metros de perfuração (Vertical ou direcionada).
Em perfuração será gasto 72 milhões de Euros, 24 Milhões no Faial, 24 Milhões no Pico e 24 Milhões na Ilha Terceira.
Vamos supor que dos 235 MW já inventariados nos açores estas perfurações revelam capacidade de 80 MW (34% do total inventariado - 24 MWh no Faial, mais 24 MWh no Pico e 32 MWh na ilha Terceira).
Vamos supor que Portugal realiza 3 concursos internacionais para construção e manutenção de centrais Geotérmicas tendo como preço base 8 Milhões de Euros por cada MW instalado em cada Central Geotermica, é o que eu chamo a torrar dinheiro para resolver um problema, mas, vamos manter, custando os 24 MWh instalados no faial 192 milhões de Euros, mais 192 Milhões de Euros para o Pico e 256 Milhões de Euros para a Ilha Terceira.
Fica o preço base por 640 milhões de Euros, mais 72 milhões gastos na perfuração o custo total máximo da empreitada é de 712 milhões, incluindo manutenção da central geotérmica.
O custo da escavação será pago de imediato, o custo da central será pago 50% com o início de funcionamento da central Geotérmica, sendo os restantes 50% pagos anualmente com a contínua produção de eletricidade.
Convidar empresas como a EFACEC, a Ormat Industries Ltd,  ou a mitsubishi (já implantadas nos açores) ou a Siemens que tem uma nova turbina para centrais Geotérmicas com capacidade de60 MW ou a...
A base são 640 Milhões, 50% é para pagar com a conclusão da central, quem fizer o melhor preço será certamente o nosso melhor amigo, independentemente de ser Português, japonês ou de outra qualquer nacionalidade.
Mesmo considerando estes valores, a vantagem das centrais Geotérmicas é que são as minhas centrais nucleares podem produzir a 100% sempre, com chuva, sol, vento, frio ou calor, é sempre a bombar!
80 MWh de capacidade instalada é equivalente a uma produção diária de 1920 MW se o preço de venda da eletricidade á rede for de 50€/MW, as receitas diárias são de 96.000€ e como anualmente são produzidos 700.800 MW a receita anual é de 35 Milhões de Euros, em 10 anos a receita é de 350 Milhões e em 20 Anos são 700 Milhões igualando praticamente o investimento feito!
Para obter lucro teríamos de vender a eletricidade a 51€/MW, a tubagem não tem manutenção, só existe manutenção da central.
E 8 milhões por MW instalado é um valor elevadíssimo, as centrais Geotérmicas de ciclo Binário (não poluentes) podem ser montadas por metade (4 milhões) e a escavação pode ser bem mais barata fazendo com que o custo da eletricidade a entregar na rede seja de 25€/MW + Armazenamento (15€ a 25€ dependendo das soluções).
Com estes preços, Portugal continental não teria défice tarifário! E a energia Geotérmica é cara?
Todos os anos para compensar prejuízos de gerar eletricidade nos açores e madeira os Portugueses pagam à EDP 183 milhões por ano ( 99 milhões para os açores e 84milhões para a madeira) ora se a EDP tem prejuízos pode fechar todas as centrais existentes nas ilhas do grupo central.
Os novos 80MWh de energia Geotérmica dá para todas as ilhas do grupo central e para o grupo oriental ( Santa Maria e São Miguel) mas sobre isso falaremos noutro post, pois teremos de ligar as ilhas com cabos Prismian.
Para já fica um quadro e respectivo gráfico com as necessidades energéticas de todas as ilhas do Grupo central e Oriental, no total de MW está apenas considerado 60% das necessidades da Ilha de São Miguel pois a restante produção já é de origem Geotérmica.

Fica assim concluído o 2º Anel da reserva natural marítima Portuguesa, falta considerar o armazenamento, será assunto para o próximo post, pois este já vai longo.



1 comentário:

  1. It's going to be end of mine day, except before ending I am reading this enormous paragraph to increase my know-how.

    Here is my weblog: shared web site hosting

    ResponderEliminar

;)