quinta-feira, 31 de maio de 2012

Portugal - O Senhor dos Anéis – Primeiro ataque aos Montes Submarinos – (Cap. 23)

Os montes submarinos localizam-se, normalmente, no oceano aberto onde a produtividade é reduzida e a vida existente bastante pobre. Quando as correntes oceânicas encontram estas estruturas, geram-se diversos fenómenos oceanográficos que podem culminar com a formação de afloramentos (correntes ascendentes) de águas profundas, frias e ricas em nutrientes. Estas massas de água movem-se, no sentido ascendente, ao longo das vertentes inclinadas dos montes submarinos, transportando consigo muitos nutrientes que assim ficam disponíveis para o fitoplâncton e outros micro-organismos. Quando estes fenómenos acontecem, apesar de poderem ser apenas esporádicos e não permanentes no tempo, originam aumentos bastantes significativos de produção primária.

Outro fenómeno oceanográfico curioso que, por vezes, se forma no topo dos montes submarinos é remoinho (correntes de rotação em espiral), denominado de colunas de Taylor. Estes remoinhos poderão aprisionar o zooplâncton e outros organismos que flutuam livremente na coluna de água.”

Se eu entendi bem Portugal anda a pedir à União Europeia para que proíba a pesca de arrasto nos montes submarinos dentro da nossa ZEE.
A Europa ainda não decidiu, mas existem pressões de países de países como a Rússia, EUA, Espanha, Nova Zelândia, Austrália Taiwan e Noroega.

Por coincidência O arrasto de fundo implica uma elevada tecnologia só disponível nas maiores frotas pesqueiras do mundo, que são exactamente os países contra a proteção dos montes submarinos.
Noticia consultada aqui.

O primeiro passo é explicar a essa gente que dentro da nossa ZEE é mesmo PROIBIDO PRATICAR PESCA DE ARRASTO NOS MONTES-SUBMARINOS!
Qualquer embarcação de pesca apanhada a menos de 50 milhas dos montes submarinos é obrigada a descarregar todo o pescado em portos Portugueses e na primeira vez pode seguir viagem, não paga multa mas fica sem o peixe, só é libertado depois de assinar uma declaração em como compreendeu que na próxima vez, ele, ou outro no lugar dele será igualmente libertado mas perde peixe e embarcação!
É só para que não exista nenhuma dúvida…
Os montes submarinos a atacar numa primeira fase são 4, todos para apoio à pesca das ilhas do grupo central ( Condor; Princesa Alice; Sedlo e Dom João de Castro)
A primeira Coisa a Fazer é montar estruturas com 15m de altura fixas ao topo do monte submarino, devem ter pontas cortantes para 4 lados e no topo fazer um gancho para que qualquer rede que por ali decida passear não mais saia do fundo do mar…

Posteriormente cabos de amarração ligarão essas estruturas primárias entre si e servirão para apoio das nossas maternidades.
As nossas maternidades terão 10 a 20m de diâmetro com 2 a 3 metros de profundidade serão ligadas aos cabos de amarração que ligam as estruturas de suporte ou corta redes como lhe queiram chamar…

As estruturas da maternidade serão cobertas de rede superior e lateralmente mantendo por baixo a abertura praticamente total, esta abertura tem uma corda amarrada que quando puxada fecha completamente a maternidade.
A recolha será feita por barcos que ao trazer novas maternidades para aplicar recolhem as que já estão posicionadas para o próprio barco se estiver preparado para o efeito ou para redes que podem ser transportáveis e com capacidade para mais de 3 milhões de juvenis (falaremos destas redes de piscicultura brevemente).

Juntando estas 4 maternidades (Tipo B) às 2 maternidades de tipo A faladas anteriormente, até ver, temos 6 maternidades de peixes que passamos a explorar anualmente…
Banco Princesa Alice é um monte submarino com uma extensa área de baixas profundidades, situa-se a 50 milhas náuticas (90 km) a sudoeste do Pico (a 45 milhas náuticas a sudoeste do Faial), nos Açores. O Banco atinge a profundidade mínima de 35 m na sua zona ocidental, com a área de batimetria inferior a 500 m a ocupar mais de 100 km². Com águas límpidas que permitem a observação do fundo a partir da superfície e uma enorme biodiversidade, o Banco, para além de constituir um recurso pesqueiro por excelência, é um dos importantes locais para o mergulho no Oceano Atlântico.
Link para vídeo do Monte Submarino Princesa Alice.


 Sedlo é um monte submarino isolado no nordeste do Atlântico na zona económica exclusiva dos Açores. É alongado, achatado, ~ 75 km por 30 km e tem três picos. Ela sobe abruptamente a partir de uma profundidade de ~ 2000 m atingindo 660 m na sua parte mais rasa. Também abriga uma das agregações de desova mais importantes dos Açores dos peixes comercialmente importantes, vidro laranja. Sedlo está protegido contra vários tipos de pesca e em 2008 foi aceita a rede OSPAR de Áreas Marinhas Protegidas (AMPs).


Dom João de Castro é um monte submarino isolado no arquipélago dos Açores (nordeste do Atlântico). As partes rasas deste monte submarino foram formados em 1720, quando um cone vulcânico emergiu do mar alto alcance ~ 1 quilômetro de diâmetro e 150m. A estrutura foi corroída pela atividade incham em apenas quatro meses, e hoje apenas uma caldeira vulcânica submersa grande (300 - 600m de diâmetro) existe. Dom João de Castro é um motivo importante tanto para a pesca de peixes demersais e pelágicos.

Monte submarino Condor Está sendo desenvolvido um observatório científico. Os pescadores locais e as autoridades decidiram fechar a área para a pesca comercial temporariamente. Foi especificamente destinados para o acompanhamento ea investigação fundamental. O observatório Condor abriga amarras de instrumentos vários, e desde o seu lançamento em 2008, sensoriamento remoto, dados oceanográficos e biológicos para o estudo e monitoramento do ecossistema do monte submarino foi recolhida.


Veículos operados remotamente (ROV) fotografar e coletar amostras de áreas submarinas que estão fora de nosso alcance. As amostras são recolhidas sugado para cima ou usando pinças, e colocado em recipientes que são então levados para a superfície. ROVs são também utilizados para implantar equipamento: aqui coloca as estruturas de ROV no fundo do mar, usado para entender como diferentes formas de vida resolver sobre novos substratos. Este R0V também é usado para recuperar um Profiler Doppler acústico de corrente, que regista velocidades de água corrente.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Portugal - O Senhor dos Anéis – 1º Ataque a maternidades naturais – (Cap. 22)

 Já faltavam os peixinhos, não é?

Eu sei, eu sei, afinal é a principal fonte de alimento da nossa fábrica de polvos e futuramente servirá para fazer dos açores o maior mercado mundial de peixe.

O objetivo é ter uma produção superior a 2.000 toneladas/dia de produtos do mar para distribuir por 2 ou 3 continentes (Europeu; Americano) e a Asia abordamos conquistando moscovo) mas isso é história para outro post.

Ainda só temos produção de 300 a 400 toneladas/dia de polvos e até 320 toneladas demexilhões/dia, para o objetivo mínimo de 2.000 toneladas dia falta mais de metade, vamos então às maternidades naturais.
Não me engano ao afirmar que em todo o território Português existe mais de 2 centenas de maternidades naturais, de início “vamos atacar” apenas duas, o resto fica para depois.

A abundância é tanta que ao escolher até sinto uma certa tristeza, vou fumar um cigarrito e mandar a moeda ao ar.
-Voltei J É isso! O ataque a montes submarinos fica para outro post.

Neste falaremos do Ilhéu de Vila Franca do Campo, junto à ilha de São Miguel e da Lagoa das Marés na Ilha do Pico.

Como primeiro argumento para os “ecologistas da treta” é que importamos por dia mais de 2 milhões de euros em produtos do mar.

Mas aqui o vosso amigo promete igualmente não estragar nem construir nada com impacto superior a 30 m².
Ecologista da treta – 30m²??? mas isso é muito!

Jony – Olha que não, olha que não... se formos a ver bem a coisa já lá existem construções, era só mais uma.
Ecologista da treta – mas, isso são 6m x 5m tem certamente um impacto muito grande, com telhado e tudo… nem pensar!

Jony – Ok, eu tiro o telhado!
Ecologista da treta – mesmo assim! 30m² de pavimento sem telhado, vai ficar com muito mau aspeto, o impacto visual continua a ser enorme, seja qual for o local escolhido para a construção, Não, não aprovo!

Jony – Ok, eu tiro o pavimento!
Ecologista da treta – Tiras o pavimento? E ficas só com as 4 paredes, isso é simplesmente ridículo! Nem pensar!

Jony – Ok, eu retiro mais 2 paredes.
Ecologista da treta – Mas…Mas…Mas… ficas só com 2 paredes? Isso não fica nada bem na paisagem…

Jony - É verdade, mas e se eu enterrar/submergir mais de 70% da obra?
Ecologista da treta – Com essa é que já não sei o que dizer! E não estragas nada lá dentro?

Jony – Nada! Faço 2 portinhas na entrada e nem meto lá os pés! Estou com esta bondade toda, sei lá, acho que acordei bem-disposto! Tão bem disposto que até vou oferecer recifes artificiais para compor o ramalhete, tipo assim uns 30.000!
Ecologista da treta –  Para as 2 maternidades? Isso é muito, dá quase 1und/m². A ideia é boa mas não são necessárias tantas, mas esses recifes servem de fixação a plantas e alguns animais marinhos e ao mesmo tempo de abrigo e alimentação para os peixes, se já são boas maternidades naturais, ficam melhores e com capacidade de atrair mais peixes.

Jony – Pois, basicamente é isso que é pretendido, vamos então falar da localização das portas.
Conforme pode ser confirmado pelas imagens no Ilhéu a coisa é mais simples, pois existem vídeos e no Google Earth é nítida a imagem, já na Ilha do pico tive de recorrer ao maps e não encontro vídeos pelas fotografias que encontrei não dá para ter uma ideia correta e estou na duvida entre as duas portas a verde com ligação entre ambas ou a porta verde com a preta.

1 Vídeo da zona é que era porreiro…não encontrei.
Durante 1 aninho é tudo estudado ao pormenor, com o apoio da universidade dos açores para saber quais as espécies com aproveitamento económico que por lá decidem procriar. Sabendo que os juvenis é exatamente aí que encontram abrigo chegando aos cardumes e por lá ficando para se proteger de predadores ficaremos a saber quais os melhores meses do ano para atacar, eu aposto entre (maio e setembro).


Com a praia mar as comportas são fechadas, é aplicada rede na estrutura junto à porta exterior formando uma manga com 20 ou 30 metros ligada a outra zona onde será feita a recolha e distribuição das espécies comercialmente viáveis por gaiolas de piscicultura, posteriormente transportadas para o local de engorda.
A recolha de peixes será feita seguindo a regra falada anteriormente (Maternidades Tipo A)

O peixe com interesse económico será dividido então em reprodutores e juvenis.
80% do peixe reprodutor será libertado juntamente com o peixe sem valor comercial.

Os restantes 20% serão encaminhados para 14 jaulas de engorda onde mensalmente serão vendidos com a designação de “Atlantic Portuguese Wild”
Passados 12 meses o siclo estará completo, sendo 1 das jaulas aproveitada para reprodução controlada em laboratório e a outra jaulas ainda com peixe transportadas para junto da maternidade (Lagoa) e novamente libertados em altura de praia-mar para dar origem a uma nova geração.

Quanto aos juvenis, será monitorizada quantidade existente não podendo a sua captura exceder os 50% dos recursos existentes, sendo comercializado com a designação de “Atlantic Portuguese”.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Relvas e a aranha

Relvas, mais um habitante da Tugolândia!

Como já foi afirmado vezes sem conta neste pequeno espaço é fácil distinguir um Português de um Tugolês, embora o nascimento de ambas as espécies tenha acontecido no mesmo país, embora o seu aspeto exterior possa não revelar diferenças de ADN, quando um habitante da Tugolândia abre a boca as dúvidas dissipam-se imediatamente.

Sempre afirmei que este governo seria pior que o anterior, mantendo uma secreta esperança em 5 pessoas que poderiam fazer a diferença num país em mutilação continua.
Quatro são ministros e o outro é um daqueles funcionários de 5ª ou 7ª linha, curiosamente nenhum deles se chama Relvas!

Porquê?
Porque eu não tenho paciência para os Tugoleses, metem-me nojo!

Os ministros em causa são os da Educação; Saúde; Economia e Finanças o funcionário de 5ª ou 7ª linha é o chefe da delegação do FMI.
Na economia sofri a primeira desilusão, ressalvando que o super-ministério herdado com a remodelação do nosso coelhinho é ingovernável.

Mas é na economia que reside o pensamento de Portugal 2030, para onde vamos? Quais os caminhos a seguir por um país que em 30 Anos entrou em falência 3 vezes? Como desenvolver Portugal? Primeiro-ministro e ministro da economia sobre este assunto devem falar a uma só voz… nem um, nem outro.
As finanças têm apenas como missão gerir o dia-a-dia, mas a falta de verdade na hora de falar aos Portugueses mina qualquer tentativa de sucesso.

Mantenho por enquanto a esperança em 3 personagens para que algo mude em Portugal, não muito, já não peço “o mundo” mas alguma melhoria nas áreas de sua responsabilidade.
Por último ao funcionário de 5ª ou 7ª linha peço que continue a explicar ao governo que embora se gaste 12.000€ para imprimir 100 exemplares do programa de governo não é aí que reside o problema de esbanjamento da Tugolândia.

É nas PPP’s, é nas Empresas Publicas, nas Municipais ou municipalizadas é na energia, nos Transportes no Funcionalismo da maquina do estado que estoira mais de metade de todos os impostos arrecadados para funcionar.
Sobre o nosso amigo Relvas, pouco tenho a dizer, é sem sombra de dúvidas Tugolês é igualmente um homem do partido, coisa que me deixa logo descansado…

É o homem que ultimamente anda no centro da tempestade tendo a seu cargo entre outras coisas a privatização da RTP e o pelouro autárquico.
Sobre a privatização da RTP o interesse da Ongoing essa empresa hibrida, as escutas, os espiões e o raio-que-os-parta não existe outra solução. É despedimento massivo por justa causa, a TODOS!

Sobre o pelouro autárquico é necessário uma grande cara de pau para ter um homem do partido a negociar o ajustamento autárquico, desde logo ficamos a saber que os 308 municípios são para manter, nada sabemos sobre as PPP’s fundações, EP’s, EM’s e toda a corja que gravita em torno das autarquias o que sabemos é que acabem de receber 1000 milhões de euros fresquinhos para pagar dividas de curto prazo.
Relvas como qualquer aranha arrancada por uma tempestade tenta agarrar-se a qualquer coisa depois de perder a sua teia de conforto.

Lá volta a velha maxima…” quando se atira dinheiro para um problema algo desaparece, e não é o problema”…
TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC… TIC…TAC…

Justiça – “Alegadamente”, ou talvez não.


Quando eu julgo que já nada me surpreende na justiça em Portugal, sou novamente confrontado com o bizarro…
A história é mais ou menos esta: não… não vou falar do Isaltino.

Vou falar da polémica que envolve o blog Precários Inflexíveis, “alegadamente…” existe uma empresa que muda de nome regularmente e efetuam o recrutamento, aliciando as pessoas para trabalho com alguma relevância e depois os põem na rua a vender produtos variados.
Consta pelos relatos dos comentários ao post citado que foram várias as pessoas que se deixaram enganar nesse esquema e que muitos ainda nada receberam.

A empresa “Alegadamente…” já usou os nomes BF; GR; AMBIÇÃO INTERNACIONAL MARKETING, LDA; AXES MARKET; ETC…

Com a publicidade que o referido post gerou houve pessoas que estavam para ser entrevistadas e já não compareceram à entrevista, pois tinham pesquisado o nome da empresa e ao consultarem o referido Blog compreenderam que só estavam a perder tempo, para no fim provavelmente nem serem pagas.
Vai daí a empresa AMBIÇÃO INTERNACIONAL MARKETING, LDA interpõe uma providencia cautelar e a decisão do tribunal é…

DECISÃO

Nestes termos e pelos fundamentos expostos, o Tribunal decide deferir o presente procedimento cautelar e, em consequência, decreta a seguinte providência cautelar:

O Requerido deve, em dez dias, suspender ou ocultar os comentários, com referências à Requerente capazes de prejudicar o seu crédito ou o seu bom nome, já existentes no blogue (cfr. supra em pontos 23 e 27), bem como os que aí venham a ser postados, sob pena do disposto pelo artº 391º CPC, bem como da aplicação da sanção pecuniária compulsória de € 50 por cada dia de atraso no cumprimento desta decisão.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ficamos portanto a saber que ou o blog retira os comentários que embora não sendo seus estão à sua responsabilidade, ou por cada dia de desobediência pagará 50€.

Mas isso é o menos relevante, o que ficamos a saber é que eu posso ter provas de que uma empresa é desonesta, mas não posso afirmar que essa empresa é desonesta.

Podem-me chegar relatos de pessoas em quem confio, amigos, colegas de trabalho ou outros a informar que determinada empresa anda a enganar este mundo e o outro mas não posso escrever isso no meu blog???

Por outro lado se eu for jornalista, daqueles jornalistas que correm à frente das pessoas e quando estas informam 10 vezes que não fazem comentários continuam a fazer perguntas, não sabendo, nem sequer em sonhos o que significa “Jornalismo de Investigação”, sendo eu jornalista, posso afirmar e fazer uma reportagem, no meu trabalho ou no meu blog, a informar que existem, 5; 10;100 testemunhos de pessoas que “ALEGADAMENTE” foram enganadas por determinada empresa?

Não entendi…

Mas o 25 de Abril não foi na década de 70? Julgo até que terá sido no milénio passado, ou não?

Então eu tenho provas que o Manuel é ladrão, chamo-lhe LADRÃO na rua e eu é que sou preso???
Seja como for, o post que deu origem a tudo isto é este, a decisão do tribunal, como é publica pode ser consultada aqui; a Jonas, no seu blog, fez um bom resumo da questão que pode ser consultado aqui e os comentários que o tribunal mandou apagar, são os seguintes, digam lá se era caso para tanto…

Uns chamam-lhe efeito Streisand, outros a Tugolândia no seu melhor...
Anónimo disse...

Amig®s Precári@s

Näo vos podia estar mais grata por terem publicado o meu testemunho. Ao que parece teve efeito imediato, pois a dita empresa já mudou de nome nos anúncios: agora apresenta-se como "Ambição internacional” - sei que são eles porque a conversa é a mesma. E assim se prova uma vez mais o quão fraudulentos são! 

17 de Mai@ de 2011 17:40

Anónimo disse...

Eu já havia marcado entrevista com os ladrões, no entanto ao pesquisar na net para maiores informações sobre a empresa me deparei com os vossos relatos. Agora chamam-se AMBICÇÃO INTERNACIONAL MARKETING, LDA, a qual funciona na R dos Fanqueiros, n°. 277, 2o esq, 1100-213 Lisboa. Possuem os seguintes contactos 218885478 / 914552508,  email
info@aimportugal.com. Onde será que anda a ACT que não vê esses charlatõe???

27 de Maio de 2011 11:35 

Anónimo disse..,

Na verdade essa empresa já está ca em Portugal há cerca de 20 anos a empresa mãe chama-se BF, Grupo BF.

O core da Trata-se de Markting Directo, o que em si não é nenhum negócio olícito (toda esta técnica é  original dos USA), A empresa promove aos seus vendedores proporcionando-lhes abertura de escritórios, para os seus vendedores mais dedicados, que em muitos casos são jovens imaturos e desrespeitadores em geral, já que para atingir os seus objectivos, enganam e mal tratam não só os seus clientes como os presumíveis novos candidatos sem escrúpulos alguns.

Esses  escritórios apresentam-se com vários nomes BF, GR, AMBIÇÃO INTERNACIONAL MARKETING, LDA, AXES MARKET; e ETC. A escolha do nome depende da criatividade de cada um. No meu caso já me deixei ir na conversa duas vezes, mesmo assim ainda ganhei algum dinheiro, porque é preciso ter veia para andar no D2D, e quem tiver esse despudor de ego, consegue ter alguns êxitos. Aprende-se no entanto alguma coisa contudo
relativamente a vendas presenciais.

A grande questâo  aqui será a forma como efectuam o recrutamento, aliciando as pessoas para trabalho com alguma relevância e depois os põem na rua a vender produtos variados.

29 de Maio 1562011 13:54
 
Anónimo disse...

eles agora chamam-se ambição internacional, o conteúdo do mail que eles enviaram tanto a axes ,arketing como esta última que mencionei cheirou a esturro!!qualquer dia apanham um gajo virado do avesso.
 
Anónimo disse...

Obrigada a todos pelo testemunho, enviaram-me precisamente ha poucas horas um e-mail para marcar uma entrevista na Ambição Internacional Marketing. Pesquisei sobre a empresa e eis que descobri os vossos testemunhos. Menos uma pessoa a ser enganada ... :)

31 de Maio de 2011 16:56
   
Anónimo disse...

AGRADEÇO DESDE JA TODOS OS TESTEMUNHOS, POIS EU ERA PA IR HOJE A UMA ENTREVISTA PARA A EMPRESA AMBIÇÃO INTERNACIONAL MARKETING LDS, E ASSIM, JA NAO VOU. POIS ERCEBI QUE SO VOU PERDER O MEU TEMPO...

Obrigado a todos!

2 de Junho de 2011 12:00

Anónimo disse...

Eu candidatei-me a um Lugar de Customer Service na Empresa AMBIÇÃO INTERNACIONAL, onde existiriam aproximadamente 15 vagas.

O processo foi igual.

Notificação por e-mail, apresentar para entrevista em fato profissional, levar CV, entrada a pares, apresentação da empresa a correr (mais propriamente em Sprint).... informação de período de formação de 6 a 10 meses....etc.

Felizmente não fui chamada para ma segunda entrevista, mas sempre gastei 3€ em parque e mais a gasolina...

2 de Junho de 2011  17:58

Anónimos disse...


Olá precários, antes de mais quero agradecer os comentários aqui postados pois é de mais valia para quem está a procura de emprego e é enganado por estes charlatões. Hoje recebi um e-mail da tal Ambição Internacional Marketing igualzinho ao que descreveram aqui. Marcaram-me uma entrevista na próxima segunda-feira e ainda bem que tive a iniciativa de pesquisar a empresa e deparo-me com estes cmentários. Fogo, será que não temos entidades competentes para travar esse tipo de gente que tenta subir na vida as custas dos outros? Felizmente tomei conheciento que a empresa é uma fraude a tempo. E vou continuar a divulgar isto para qye mais ninguém seja enganado por estes charlatões,

3 de Junho de 2011 17:58
 
Frederico disse...

Já tinha ido à Axes e por feeting mandei-os dar uma volta antes de aceitar., amanhã já ia laçado para a Ambição Internacional a uma entrevista quando encontrei o vosso blogue..
Já divulguei no facebook, no meu, dos meus amigos, do Marketing Portugal, da DECO e sugiro o mesmo a todos vocês!
Abraço
Frederico

6 de Junho de 2011 12:53
 
Anónimo disse...

Olá a todos,

Em primeiro lugar gostaria de agradecer a todos por divulgarem esta terrível situação!
Após me ter candidatado a uma série de ofertas no Net Empregos recebi este email: "Agradecemos o seu interesse na nossa empresa. A sua candidatura e CV foram revistos pela nosso gerência e concluíram que gostariam de convidá-lo para uma entrevista preliminar.
A AIM, Lda está situada em Lisboa, e foi criada para atender à emergência no mercado para a qualidade na aquisição de clientes em Portugal.
Devido à exigência do cliente, estamos expandindo rapidamente, o que nos levou a recrutar para preencher várias oportunidades. Os candidatos terão  orientação nas seguintes ºareas:
Marketing/Sales. Team Leadership, Business Operation e Customer Service.
Uma vez que se encontrainserido no nosso processo de recrutamento, e como já deve ter notado, a maioria das cagas é para início imediato, estamos a realizar entrevistas o mais depressa possível.
Pode contactar-nos assim que receber este email para o 914552508 ou para o email
info@aimportugal.com, a perguntar pelo Departamento de Recursoso Humanos.

Aguardamos  seu contacto.

Atentamente

Ana Santos

Departamento de Recursos Humanos". A primeira coisa que fiz ao receber o email foi ir à Internet tentar perceber que tipo de empresa era esta AIM, Lda visto não me lembrar de ter enviado qualquer candidatura para a mesma. Claro que não apareceu qualquer site por isso tentei perqulzar pelo email, tendo vindo parar aqui. Poucos segundos após ter descoberto esta página recebi uma chamada desta Sra. Ana Santos, tendo-a despachado rapidamente.

Mais yma vez, agradeço a todos e vou divulgar toda a informação sobre esta AIM, Lda, com o email
info@aimportugal.com junto de todos os que conheço.
Cumprimentos!

14 de Junho de 2011 17:33

Anónimo disse...

Os videos do comentário acima foram filmados na própria Axes Market, Ambição Internacional ou lá o que seja.
Alguém propôs qe se levasse o caso para a tv e afins, o que acho uma excelente ideia. Seria interessante alguém infiltrar-se e filmar a entrevista e uma "sessão de motivação". Quanto às ditas promoções, os próprios já fizeram o favor de filmar, como vimos.

17 de Junho de 2011 10:26

Anónimo disse...

Muito Obrigada pela informação aqui postada! Para mim foi muito útil uma vez que respondi a um anuncio para a empresa Ambição Internacional Marketing, Lda, sendo marcada entrevista para o dia 17/06. Uma vez que não pude comparecer, simplesmente faltei sem dizer nada, até porque de momento tenho trabalho, apenas procuro um melhor. Achei estranho também os requisitos para se responder ao anúncio, era dubioso, mas ainda assim respondi. Qual não é o meu espanto que quando não compareci no dia 17/06 às 12h30, como combinado, ligaram-me por volta das 18h para remarcar para dia 20/06. Mas quem me ligou parecia que me queria levar para lá com unhas e dentes! Tudo bem, marquei de novo a entrevista, mas achei tudo tão estranho que decidi pesquisar na net. E eis que me deparo com isto. É exactamente aquilo que eu pensava: esquemas e mais esquemas, mentiras atrás de mentiras para encher os bolsos a uma cambada de gente sem escrúpulos, nem humanidade! Da minha parte não terão sorte, farei tudo para os desmascarar, quer no FB, Twitter, outras páginas da internet e acima de tudo, comunicação social. Temos de acabar com esta gentalha!

20 de Junho de 2011 14:07
 
Anónimo disse...

Fui hoje contactado por estes srs. e, negligentemente, iria amanhã a uma entrevista, motivado e "profissionalmente vestido". Muito obrigado a quem divulgou esta trapaça. Seguem os dados apurados e agrupados correspondentes a esta empresa, para quem cjegar a esta página perceba imediatamente que se trata de FRAUDE:

AIM PORTUGAL, AiM LDA.
NIF: 502602767
CONTACTO: 218885478, 914552508
MAIL:
info@aimportugal.com
HOME: Ana Santos
MORADA: R Fanqueiros, 277, 2o E.
1100-213 - Lisboa

Boa sorte para a continuação de pesquisa de emprego...

20 de Junho de 2011 20:19


Anónimo disse...


Bom dia a todos
Quero desde já agradecer o facto de terem publicado esta situação, pois está a acontecer-me o esmo, tinha uma entrevista hoje à tarde, e assim sendo já não vou gastar o meu tempo nem o mei precioso dinheiro em transportes.
Também recebi um e-mail a confirmar a entrevista com a morada da Rua dos Fanqueiros, nº 277 2.E e o nome da empresa é AIM Portugal. Achei estranho de marcarem uma entrevista para o dia feriado, e decidi andar à procura de informação e descobri os vossos comentários pela morada.
Obrigada por divulgar esta preciosa informação, sou menos uma a ser enganada.

23 de Junho de 2011 10:36


Anónimo disse...

À pessoa que rematou com: "In fact we Trace (and not Tracy) some high values of moral (and not Morales), because we are damn (and not "Danado") for Justice and Respect..."

Bem, essa foi mesmo um pontapé debaixo do cinto daquela corja. Quem lá está ou já esteve sabe bem de que se trata!
Não vale a pena virem para aqui com os vossos discursos formatados de "preguiços", "falhados", "pobres", "empregados dos outros",...blá blá, blá... quem trabalha na Axes Market, AIM ou lá o que seja TAMBÉM É EMPREGADO ou até escravo. Vamos lá ver:
 - a empresa distribui zonas para onde os vendedores vão;
 - há sempre, pelo menos, um líder no grupo, e é essa pessoa que decide a que horas e onde se almoça e quando se regressa ao escritório;
 - os "distribuidores" não podem sequer sair do prédio sem serem escoltados por um líder. Além disso, o líder também liga todos os domingos à noite, para ter a certeza que a pessoa não aproveitou o dia livre para pensar melhor no que anda a fazer;
 - em teoria, podes entrar e sair às horas que queiras, mas és pressionado a trabalhar o dia inteiro e, sobretudo, a estar presente na atmosfera;
 - o processo de selecção é uma farsa, não esclarecem as pessoas e só quando já lá estão é que ficam a saber quais são os horários e as condições. Quando vão ao dia de observação, não podem falar com os distribuidores que acompenham o líder, que é para não perceberem que não é nada daquilo que eles julgam. Os que fazem muitas perguntas são despachados depressa, porque o interesse do líder não é só recrutar, também é manter a equipa, porque é por aí que se ganha alguma coisinha;
 - ninguém pode dizer algo mais realista sem ser acusado de estar a perder a atitude e até tende a ser posto a uma distância de segurança dos mais recentes;
 - não se pode falar sobre quantas vendas se fez durante o dia para não se perceber que os outros também não venderam nada de heit e vão de mãos a abanar na maior parte dos dias, preferido, em vez disso, chamar a atenção para os que mais venderam no dia anterior.
Só queria que um de vós, defensores do "sistema" me desse uma explicação alternativa para essas situações que nomeei, se a minha está errada. E sem usar termos como preguiçoso, negativo, sem atitude, pouco empreendedor, trabalho das 9 às 17h, McDonalds e afins.
E já que estão a ler isto, digam aí aos vossos donos para ao menos pagarem às pessoas as devidas comissões, porque isso é o limiar da dignidade. Já não basta serem exploradores, ainda são ESCLAVAGISTAS.
AIM MARKETING, já pensaram no próximo nome?

23 de Junho de 2011 21:14

Anónimo disse...

INSULTOS À EMPRESA???!!!

Meu caro se a empresa fosse séria e apresentasse aos seus futuros colaboradores todas as condições de trabalho, horários e MÉTODOS DE PAGAMENTOS só iria quem quisesse arriscar uma "ambição internacional" que pode resultar muito bem num conhecimento de cidade LISBOA geograficamente ao promenor...e os bolsos vazios porque nem o almoço ou "lanche" (pois o almoço costuma ser ás 16 HORAS) vocês pagam.
E pelos vistos já andam a fazer sucesso pelo Brasil também!

24 de Junho de 2011 00:59

Anónimo disse...

Enquanto as reclamações ficarem pelos blogs, facebooks e eventualmente televisão, muito bem estão vocês...porque algum dia podem deparar-se com pessoas que não se limitam a denunciar e divulgar fraudes e que prefiram fazer justiça de outras formas.
Quanto ao comentador que procura uma mulher a dias com salário ao mês e tudo o resto: limpar sanitas não é mais nem menos vergonhoso que ser vendedor porta-a-porta, mas trabalhar com comissões e independência fictícia está muito abaixo daquilo que o nosso povo conquistou. Qualquer Zara ou McDonalds (para falar das empresas e que vocês mais baseiam os vossos argumentos) trabalha com contratos e horários de acordo com a lei. Podem pagar  salário mínimo, mas pelo menos esse é garantido.
Quem vem para aqui dizer essas coisas devia ter vergonha. Andam a desprezar o vosso próprio povo e a deixar-se comer por pessoas sem índole. Sabem porque é que eles vieram para cá? Primeiro, porque os esquemas de pirâmide são proibidos nos EA, e segundo porque no Reino Unido já são bem conhecidos, muito embora ainda vão arrebanhando alguns inocentes.
Senhores da AIM, tenham vergonha!!!

24 de Junho de 2011 09:28


Anónimo disse...

Poça, ainda bem que alguém postou isto aqui...
Fui convocado para uma entrevista e nem sabia ao certo para o que ia. Graças a Deus que vim aqui parar e agora já sei o que me espera...
Nem vou pôr lá os pés e vou tentar divulgar ao máximo a intrujice que a AXES MARKET/AMBIÇÃO INTERNACIONAL é.
Obrigado a todos. :)

25 de Junho de 2011 06:01

Anónimo disse...

O principal objectivo aqui não é desencorajar as pessoas de irem às entrevistas, é apenas esclarecer em que consiste o trabalho na AXES MARKET, AIM, Whatever, e quais as condições oferecidas, que é o que a empresa não faz. Quem achar que consegue ser tão desonesto como vocês ou simplesmente desejar arriscar, não deixará de o fazer por causa destes testemunhos. Aliás, eu até recomendaria que as pessoas fossem à entrevista depois de lerem isto, para confirmarem que o que aqui se diz é a verdade.

27 de Junho de 2011 10:37


Anónimo disse...

Amigos ainda ontem fui à primeira entrevista da empresa que actualmente se chama de "Ambição internacional" e a entrevista foi feita por uma espanhola que falava a 200km/h e que nem se esforçava por falar mais devagar. Não falaram pormenores sbre renumerações nem concretamente o tipo de trabalho, apenas sei que o horário seria das 11h às 21h. Telefornaram-me para ir hoje ter uma pré formação das 13h às 21h e já vi que isto é uma banhada e mandei-os dar uma volta...é uma vergonha isto tudo. Sinto-me indignado.

29 de Junho de 2011 12:26


Anónimo disse...

tbm estive ontem na rua dos fanqueiros 277, 2º esq.
não fui recebida por uma espanhola, mas sim por ma brasileira, que de cada local que falava ou ja lá tinha estado a trabalhar nos escritórios ou era para onde queria ir!
devo dizer que passei por todos s pontos referidos e o que me fez desconfiar e vir à net à procura de infos foi mmo a grande insistência de telefonemas e emails super-atenciosos e super-cordiais a confirmar entrevistas... mais parecia que os "desesperados" eram eles e não quem está à procura de emprego! para além disso, já me tinha questionado que não é normal uma epresa com "esta dimensão" ter o site e manutenção (nem que tivesse sites de outros países já que é tão internacional), o horário das 11h às 21h e a tal ascenção e 1 meses também me haviam deixado com a pulga atrás da orelha!
quando comecei a ler este post, começo a ver que tinha passado a grande parte dos pontos e que a conversa er a mesma, desisti! já estava vestidinha com roupa profissional e o sapato baixo e tudo! Obrigada pela partilha. Desempregados, mas não estúpidos nem explorados... já bem que nos bastam as empresas de trabalho temporário através das quais conseguimos arranjar qqr coisa, mas que nos ficam com uma boa parte do vencimento e os estágios onde até aprendemos mas praticamente pagamos para trabalhar!

30 de Junho de 2011 11:53


Anónimo disse...

AO anónimo do dia 27 de Junho de 2011 15:08

SORRISO PLAN? Não me digas que também estiveste nessa empresa como eu? Esta é de uns brasileiros.
Digams que não são tão aldrabões como os da Axes )estes segundos são dez vezes piores, são mais sabidos), mas para lá caminham. Ali no processo de selecção foi-me dito que eu podia optar entre um valor base mais comissões ou 100% à comissão. Passadas 3 semanas de trabalho descobri que para ganhar um ordenado base de 450€ juntamente com comissões entre 8 e 10€ tinha de fazer 120 contratos num mês. Resultado: Assinei o contrato e rescindi-o no dia a seguir. Enfim, e se o mês passado me pagaram as comissões desse mês foi porque lhes liguei, caso contrário faziam-se esquecidos. Vamos acabar com estes sem vergonha da Axes Market, Ambição Internacional, Sorriso Plan e raio que os parta. Só sei que foram 3 semanas de exploração até à exaustão.

6 de Julho de 2011 20:58


Anónimo disse...

Também não consigo perceber como é que as autoridades competentes ainda não acabaram com este tipo de esquemas. A Axez Market ou AIM, supostamente, está em Portugal há cerca de um ano, mas já houve quem aqui viesse denunciar outras empresas que operam da mesma forma e que por cá andam há 20 anos!
Não tenho grandes conhecimentos legais, mas creio que só o facto de os anúncios (e todo o processo de recrutamento) serem enganosos já deveriam ser motivo suficiente para serem, pelo menos, investigados.

7 de Julho de 2011 18:49


Anónimo disse...

É impressionante a qualidade de nomes que já vi esta empresa ter, desde Axes Market, Ambição Internacional, Infolivre, Codico e agora DESLUMBRE-ÊXITO. Estes tipos só podem andar fugidos às finanças ou então é outra aldrabice qualquer que desconhecemos por completo. Legais é qaue eles ão devem estar mesmo. Conhecem alguma empresa de prestígio como a PT, a Galp, a EDP, a Nestlé e por aí a mudarem de nome em cada novo anúncio? Nesta empresa devem eistir pormenores e factos muito mais escabrosos do que imaginamos.
Vamos acabar com esta gente de merda.

14 de Julho de 2011 00:03

Anónimo disse...

Já houve alguém que teve a excelente iniciativa de criar uma página no FB a denunciar as práticas da empresa em questão:

https://favebook.com/pages/Enganam-portugueses-desempregados-Ambi%C3%A7%C3%A3o-internacional/129104737171500

A melhor forma de combater esta praga é divulgá-la ao, de forma a que cada vez menos pessoas apareçam nas entrevistas. Publiquemos nomes, moradas e contactos de emoresas "derivadas" das Axes Marrket/ Ambição Internacional/Motivamente / Deslumbre-Êxito e afins!

14 de Julho de 2011 14:16


Anónimo disse...

REALMENTE, tu acreditas que uma empresa de sucesso, em expansão e com uma óptima reputação em vários países muda de nome como quem muda de cuecas? Que põe anúncios enganosos, para várias categorias profissionais, quando apenas pretende recrutar vendedores porta-à-porta?
REALMENTE, tu acreditas que esta gente toda e mais aquela que podes continuar a encontrar em blogs e fóruns de outros países se queixa de empresas do calibre desta Axes Market ou Ambição Internacional sem ter razão?

TEM SANTA PACIÊNCIA!

18 de Julho de 2011 16:08


Anónimo disse...

Já mudaram de nome de logotipo.
"A Internacional Marketing está activamente à procura de profissionais criativos que levam a sério, a longo prazo, a oportunidade de desenvolvimento nas áreas de marketing e dos negócios.(...) As nossas campanhas residenciais atingem uma percentagem alta da população & saturação do mercado para ajudar os nossos clientes a aumentar a sua base de consumidores. (...) Os nossos especialistas em marketing e comunicações providenciam a informação total do produto aos candidatos certos."

QUANTO VALES? TU DECIDES, mas acredito que seja pelo menos o salário mínimo nacional!! Exploração laboral? Não, obrigada!

19 de Julho de 2011 17:58


Anónimo disse...

Eu também vi esse anúncio da "internacional Marketing" e pelo tipo de anúncio bem me pareceu que se tratava de mais um nome fictício dado pela Axes Market para enganar os candidatos que já tenham tomado conhecimento destas trafulhices e deste esquema de burla. O anúncio está no empregos online, É impressionante. Esta corja não para. Será que ninguém os consegue travar? Até já metem nojo aos cães.

20 de Julho de 2011 13:31


Anónimo disse...

Cuidado eles andam ai...a tentar explorar os jovens que pretendem trabalhar
A morada actual R.dos Fanqueiros 277 a 2º esq, a forma de actuação é a mesma.

22 de Julho de 2011 18:10


Anónimo disse...

Boas a todos... bem vocês nem sabem o meu espanto ao ves isto, fui home mesmo a tarde a uma entrevista na rua dos Fanqueiros, tudo o que foi descrito aqui pela primeira testemunha me aconteceu, fui entrevistado por um Sr muito bem vestido de fato e gravata e que falava muito rápido o seu Inglês perfeito. Também me disse que tinha recebido mais de 300 CVs só em uma semana, mas que apenas alguns iam ser seleccionados oara uma segunda fase com o director da firma, e por acaso ligou-me a pouco a dizer que eu ia ser seleccionada, durante a chamada falei-lhe da situação de ser porta a porta e ele disse-me que não ia ser essa a minha função. Era suposto ir la segunda feira mas sendo assim já nem me vou dar ao trabalho. Isto tudo porque eu também já tinha ido a uma entrevista para o grupo BF e qual rejeitei a oferta de trabalho, e com o esquema que ele me mostrou durante a entrevista fiquei logo desconfiada e quando fui pesquisar informações sobre a empresa, o que é que encontrei... Os vossos comentários! Ainda bem qye os vi a tempo de não ir perder mais o meu tempo com estes chulos. Obrigada a todos...

29 de Julho de 2011 20:56

sábado, 26 de maio de 2012

Portugal - O Senhor dos Anéis – Fábrica de mexilhões – (Cap. 21 Alteração)

Antes de falarmos sobre a fábrica de mexilhões temos de entender alguns conceitos e variáveis consideradas.
1.      A nossa fábrica de mexilhões terá uma produção média a rondar as 300 toneladas.
2.      As larvas de mexilhão andam à superfície da água, sendo a sua recolha feita por cordas dispostas na horizontal, necessitando por esta razão de uma área bastante grande (colocação de cordas para fixação inicial das larvas de mexilhão pode igualmente ser utilizadas redes de pesca velhas até uma profundidade máxima de 2m fixa às cordas).
3.      SPOT – constituído por uma boia flutuadora e por uma corda com 6m de comprimento (disposta na vertical) onde o mexilhão juvenil crescerá até á altura da sua recolha.
4.      Linha – Comprimento horizontal de um conjunto de SPOT’s consoante o seu afastamento ex. linha de 4kms de comprimento, com afastamento de 2 metros tem 2000 Spots. Várias cordas são suspensas a partir de uma linha mestra na coluna d’água tanto para coleta de sementes, como para o subseqüente crescimento dos mexilhões. As cordas de cultivo são semeadas introduzindo os indivíduos em redes tubulares de algodão e protegidas por redes de polietileno. Uma vez que a rede de algodão se desintegra e as sementes se fixam pelo bisso, a rede de polietileno se desloca para o centro de conjunto formando um emaranhado central que serve como estrutura de suporte no processo de engorda.
5.       Reprodução – A fecundação é externa sendo produzidas grandes quantidades de gametas e eliminadas na água. As fêmeas eliminam ovócitos e os machos espermatozoides (desova considerada 1 vez por ano nos meses de Maio e Junho). O Ciclo de vida do mexilhão foi considerado 24 meses (máximo).
6.      Coletor artificial - consiste na disposição de estruturas para fixação das larvas de mexilhão presentes na água do mar até que sofram metamorfose e se transformem em “sementes”. É um método mais racional e ecológico. É necessário o conhecimento das condições oceanográficas do local, das épocas de reprodução, uma vez que as estruturas devem ser dispostas na água cerca de dois meses antes dos picos de desova. Os substratos utilizados na captação de sementes podem ser lisos, (bambu e tubos de PVC), são mais eficientes quando estendidos horizontalmente, ou rugosos (redes de pesca velhas e sacos de ráfia, suspensos verticalmente em uma estrutura flutuantes. Neste caso, a profundidade não deve ultrapassar os dois metros, já que as larvas tendem a se concentrar próximas à superfície, atraídas pela luminosidade.
7.      Desdobre - Serve para diminuir a quantidade de mexilhões, para limpar e homogeneizar a produção e facilitar o crescimento, durante o período de engorda. É importante fazer isto também porque os animais terão mais alimento à sua disposição, e é necessário quando começam a aparecer sementes fixadas nas cordas de engorda.
8.      Respigagem - Reaproveitamento de sementes fixadas nas cordas de engorda.

A nossa fábrica de mexilhões é constituída por 4 retângulos com as dimensões de 2000m x 400m (A; B; C e D) os espaços a verdes são destinados a circulação de embarcações e as linhas a branco são pontos de amarração.

A fábrica de mexilhões esta diretamente ligada à fabrica de polvos, para entender a escala de produção adequada basta referir que a nossa fabrica de polvos (cap 17) tem uma produção de 160.000 polvos/dia (segunda a sábado).
- A maternidade de polvos de 4 em 4 meses tem mais 20.000.000 juvenis de polvo (já contando com uma mortalidade de 90%) nos primeiros 2 meses.
- A fábrica de polvos dos 20.000.000 juvenis, entrega para venda pouco menos de 18.000.000 (considerando um adicional de mais 10% de mortalidade).
- No segundo ano de fabrico com a maternidade a produzir juvenis de 4 em 4 meses teremos em aquacultura entre 60.000000 a 70.000.000 de polvos.
- O polvo, embora coma praticamente tudo o que mexe e consegue apanhar, come igualmente animais já mortos ou em decomposição, resumindo não é esquisito…mas seu principal alimento é o peixe, o mexilhão é um petisco muito apreciado e o caranguejo alem de ser um ótimo petisco, tem a vantagem de conferir ao polvo índices de crescimento muito superiores sendo portanto um ótimo suplemento nutricional.
- As necessidades de alimento da nossa fábrica de polvos variam entre as 900 toneladas e as 1.100 toneladas por dia, considerando que o alimento dos polvos é 65% peixe + 20% a 25% mexilhão e 10% a 15% caranguejo, necessitamos de uma produção diária de mexilhões a rondar as 300 toneladas.
O nosso amigo mexilhão é um bicho engraçado, a sua alimentação consiste em filtrar a água do mar extraindo assim o seu alimento.

A desova é entre maio e junho atingindo em 9 meses tamanho comercial, mas o seu crescimento dura 16 a 18 meses.
Cada retângulo da nossa fábrica de mexilhões é constituído por linhas com 400m de comprimento com um espaçamento de 6 metros, então 333 linhas(2000m) com 400 metros são 66 Spots, no total são 4 retângulos com 333 linhas com 66 spots cada.
1 mês antes da desova é espalhada corda com afastamento de 1 metro a ligar todas as 333 linhas de cada retângulo e finalmente é amarrada a rede de pesca às cordas que ligam as linhas dos spots, ocorrendo a desova entre maio e junho(2012), a recolha dos mexilhões juvenis será feita nos meses de Julho e Agosto(2012) para enchimento de redes com 6 metros de comprimento que ficarão agarradas a uma boia (SPOT)
Em setembro (2012) a disposição das linhas e spots será a seguinte:
Retângulo A – 2000 Linhas com 400 Spots cada, num total de 800.000 Spots (Afastamento 1m em Quincôncio)
Retângulo B – 2000 Linhas com 400 Spots cada, num total de 800.000 Spots (Afastamento 1m em Quincôncio)
Retângulo C – 1000 Linhas com 200 Spots cada, num total de 200.000 Spots (Afastamento 2m em Quincôncio)
Retângulo D – 1000 Linhas com 200 Spots cada, num total de 200.000 Spots (Afastamento 2m em Quincôncio)
Total em produção 2 Milhões de Spots.
Entre Janeiro e fevereiro (2013) será feita a respigagem e desdobre para em Março de 2013 (9 meses depois da desova) o mexilhão ter atingido tamanho comercial e o peso de 9kg por m.l. de corda. A quantidade de Spots necessários para uma produção de 320 toneladas/dia varia consoante o peso por m.l. de corda sendo considerados os seguintes valores:

Em março 2013 serão desocupados os primeiros 177.778 Spots e no final de Abril de 2013 terão sido desocupados 350.751 Spots sobrando pouco menos de 50.000 Spots nos retângulos C e D são necessários 45.000 Spots para ter linhas com afastamento de 6m para montar as cordas e respetivas redes, aprovisionando assim as larvas de juvenis por altura da desova (maio e junho 2013).
Em maio e junho de 2013 serão desocupados mais 332.522 Spots tendo a maternidade o seguinte formato (maternidade a cor-de-rosa).


Entre julho e Agosto de 2013 será feita a recolha dos juvenis e o desdobre e respigagem da cultura de 2012, com as vendas de julho e agosto foram desocupados mais 160.000 e 156.098 Spots respetivamente, sobrando da cultura de 2012 perto de 50% da produção 1 milhão de spots equivale a pouco mais de 1 retângulo (800.000 Spots) mas se lhes juntarmos a cultura de 2013 (2 milhões de Spots) a fábrica fica praticamente cheia e com afastamento de apenas 1m.
 A fábrica de polvos é constituída por 2 grandes retângulos com 600m x 6.400m (Roxo) já retirando as linhas a verde destinadas à circulação de embarcações.
Nos 600m de largura consideramos que de 4m em 4m existe um flutuador, sendo a sequência a seguinte:
-Flutuador 1m largura + 2 caixas para 9 polvos com 1.50mx1.50x cada, voltando depois a repetir a sequencia, ou seja, por cada 600m temos 150 linha de flutuadores com 6.600m, totalizando a fábrica de polvos 300 linhas de flutuadores com 6.600m.
E se nos flutuadores existir uma abertura Ø250 com afastamento de 1.50 metros, será possível coexistir a fábrica de polvos com a fábrica de mexilhões.

Quando a fábrica de polvos é responsável pelo escoamento de perto de 80% da produção da fábrica de mexilhões faz todo o sentido que parte da produção de mexilhões esteja integrada na fábrica de polvos.
As 300 linhas de flutuadores podem ter 4.400 aberturas de Ø250 cada, ficando com possibilidade de albergar 1 milhão, 320 mil spots libertando a maternidade de mexilhões.
Com a respigagem e desdobre de Julho e Agosto de 2013 ficam distribuídos pela fábrica de polvos 1 milhão de spots de mexilhões (500.000 da produção de 2012 e 500.000 da produção de 2013), ficando a maternidade com 2 milhões de spots para iniciar um novo ciclo. 
Com uma produção diária de 320 toneladas, sendo aproveitadas para a alimentação de polvos perto de 250 toneladas o restante será encaminhado para embalamento e venda em 2 categrias, mexilhão com casca e miolo de mexilhão Com o Logo


terça-feira, 22 de maio de 2012

Portugal - O Senhor dos Anéis – Fábrica de mexilhões – (Cap. 21)

 A nossa fábrica de mexilhões terá uma produção média diária de 300 toneladas.

A fábrica de mexilhões esta diretamente ligada à fabrica de polvos, para entender a escala de produção adequada basta referir que a nossa fabrica de polvos (cap 17) tem uma produção de 160.000 polvos/dia (segunda a sábado).
- A maternidade de polvos de 4 em 4 meses tem mais 20.000.000 juvenis de polvo (já contando com uma mortalidade de 90%) nos primeiros 2 meses.

- A fábrica de polvos dos 20.000.000 juvenis, entrega para venda pouco menos de 18.000.000 (considerando um adicional de mais 10% de mortalidade).
- No segundo ano de fabrico com a maternidade a produzir juvenis de 4 em 4 meses teremos em aquacultura entre 60.000000 a 70.000.000 de polvos.

- O polvo, embora coma praticamente tudo o que mexe e consegue apanhar, come igualmente animais já mortos ou em decomposição, resumindo não é esquisito…mas seu principal alimento é o peixe, o mexilhão é um petisco muito apreciado e o caranguejo alem de ser um ótimo petisco, tem a vantagem de conferir ao polvo índices de crescimento muito superiores sendo portanto um ótimo suplemento nutricional.
- As necessidades de alimento da nossa fábrica de polvos variam entre as 900 toneladas e as 1.100 toneladas por dia, considerando que o alimento dos polvos é 65% peixe + 20% a 25% mexilhão e 10% a 15% caranguejo, necessitamos de uma produção diária de mexilhões a rondar as 300 toneladas.

O nosso amigo mexilhão é um bicho engraçado, a sua alimentação consiste em filtrar a água do mar extraindo assim o seu alimento.

A desova é entre maio e junho atingindo em 8 meses tamanho comercial, mas o seu crescimento dura 16 a 18 meses.

A fábrica de polvos é constituída por 2 grandes retângulos com 600m x 6.400m (Roxo) já retirando as linhas a verde destinadas à circulação de embarcações.

Nos 600m de largura consideramos que de 4m em 4m existe um flutuador, sendo a sequência a seguinte:
-Flutuador 1m largura + 2 caixas para 9 polvos com 1.50mx1.50x cada, voltando depois a repetir a sequencia, ou seja, por cada 600m temos 150 linhas de flutuadores com 6.600m, totalizando a fábrica de polvos 300 linhas de flutuadores com 6.600m.
E se nos flutuadores existir uma abertura Ø250 de metro em metro, será possível coexistir a fábrica de polvos com a fábrica de mexilhões.
Utilizando cordas para mexilhões com 7.50m (0.50m amarração+1.00m flutuador+6.0m altura útil de cultivo do mexilhão) temos 300 linhas de flutuadores com 6.600 aberturas cada com 6m de corda útil para cultivo dos mexilhões.

O peso médio dos mexilhões por cada metro de corda na altura da colheita varia entre 9kg e 12 kg, considerando 10kg por metro de corda temos 300 linhas de flutuadores x 6600 Aberturas x 6m de corda dá 11 milhões 880 mil metros de corda a 10kg o metro teremos uma produção anual a rondar os 118 milhões de kg o que equivale a uma produção diária superior a 325 toneladas, sendo aproveitadas para a alimentação de polvos perto de 250 toneladas o restante será encaminhado para embalamento e venda em 2 categorias (mexilhão com casca e miolo de mexilhão) Com o Logo Atlantic Portuguese.

Post em remodelação profunda, maternidade subdimensionada...Continua...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Adeus Grécia! Até já…

Com o início da tragedia grega assistimos a uma europa estagnada, julgando que controla a situação e que os danos serão perfeitamente digeríveis.

Afinal a economia grega representa perto de 2% da economia europeia, pois é…
Como dizia um famoso treinador “E O BURRO SOU EU?”

Sobre a Grécia e sobre o Euro nada mais tenho a acrescentar, esta tudo dito em 2010 e 2011.
Resta lançar as sondagens e cumprimentar os gregos…

Adeus Grécia! Até já…

Tic...Tac...Tic...Tac...Tic...Tac...Tic...Tac...

A europa segue dentro de momentos...