terça-feira, 8 de maio de 2012

Portugal - O Senhor dos Anéis – Carros e Barcos eletricos nas Ilhas do Grupo Ocidental – (Cap. 19)


Fazendo uma pequena paragem nas pescas, vamos regressar ao grupo Ocidental que foi abordado nos capítulos 8; 9 e 10.

Uma grande ideia, seja ela qual for, deve ser sempre que possível experimentada a uma pequena escala, para que ajustamentos de pormenor sejam realizados, para que qualquer problema seja facilmente resolvido, para que o produto, a ideia, o caminho não tenha falhas.

Para livrar estas ilhas da dependência do petróleo falta apenas reconverter carros e barcos.
Nas ilhas do grupo ocidental vivem perto de 4.400 pessoas (430 no Corvo e 3995 nas Flores).

Falta um pequeno passo para desenvolver um módulo de cálculo da energia consumida, apresentando o respetivo custo com gráficos que permitam a comparação de consumos por mês.
Nas flores são necessários 2423 contadores e no Corvo mais 267 são apenas 2.690 contadores que irão monitorizar todo o consumo energético das duas ilhas podendo os dados ser facilmente transportados para gráficos criando “modelos de consumo” consoante o tipo de cliente podendo assim facilmente prever necessidades diárias/mensais de energia.

Avançar para carregadores rápidos universais para carros elétricos distribuídos por ambas as ilhas para promover a mobilidade elétrica de veículos.
Imputar todos os custos no preço da gasolina e gasóleo para o consumidor final, incentivando desta forma a troca de carros e motas movidos a combustíveis fosseis para veículos elétricos.

E os Barcos? Como está o nosso projeto de barcos elétricos para transporte de pessoas/mercadorias e para ser utilizado como barcos de pesca? Conforme falamos no capitulo 4 e 5?
-O Japão já tem um barco com capacidade de transporte para 800 pessoas e autonomia de 80Km.

Vamos unir esforços e juntar a nova fábrica de produção de baterias, universidades, estaleiros navais e industria, para criar um protótipo português que seja possível replicar nos nossos estaleiros que andam praticamente abandonados.
800 Pessoas com peso médio de 80kg são 64 toneladas, a distancia entre portos das ilhas do grupo central anda perto dos 80kms, quando não é inferior.

A distância entre as ilhas do grupo ocidental é inferior a 40 kms.
Vamos criar 3 tipos de barcos, um novo cluster nacional apoiado em tecnologia de ponta, que possa ser vendável internacionalmente.

Tipo 1 – Barcos de transporte de mercadorias/Passageiros
Tipo 2 – Barcos de pesca

Tipo 3 – Barcos de laser/ barcos casa / barcos hotel

Para as flores e corvo necessitamos de 1 barco tipo 1

Características Barcos tipo 1
Velocidade 12 a 20 Nós

Autonomia- 250Km
Capacidade Transporte/carga – 300 pessoas / 30 toneladas

Características Barcos tipo 2

Velocidade 12 a 20 Nós
Autonomia- 150Km

Capacidade Transporte/carga –  50 toneladas

Características Barcos tipo 3

Velocidade 12 a 20 Nós
Autonomia- 250Km

Capacidade Transporte – 10 a 50 pessoas
Para as flores e corvo necessitamos de 1 barco tipo 1, 20 barcos de pesca (tipo 2) e 5 barcos casa para turismo de habitação + 1 Barco/Hotel. (Tipo 3)

A encomenda destes barcos juntamente com as encomendas que se seguirão para as restantes ilhas dos açores serão entregue ao consórcio que apresentar o melhor projeto e que aproveitando os nossos estaleiros se disponha a construir em Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)