sábado, 2 de junho de 2012

Camilo, os Alemães, seus submarinos e o nosso jornalismo de trazer por casa.

Habituado ao nosso jornalismo de trazer por casa, ocasionalmente ainda me divirto quando alguns dos seus protagonistas puxam dos galões.
Quando os americanos afirmaram que Portugal tinha um jornalismo “soft” muitos foram os que se indignaram, poucos reconheceram a veracidade destas afirmações.
Eu posso apenas agradecer ao wikileaks toda a informação disponibilizada.

Vem isto a propósito das famosas PPP’s e dos jornalistas do JDN ao afirmarem que já em 2007 tinham escrito sobre isso, realçando posteriormente no programa “X”(SIC) que até confrontaram Paulo de Campos sobre o assunto.
Reconhecendo que o referido grupo económico tem dos melhores elementos da profissão em causa existentes na Tugolândia ficam as perguntas…

Se alertaram em 2007, qual a razão para não questionar o TC sobre se tinha ou não conhecimento dos contratos ocultos que denunciaram?
E em 2008? Voltaram a perguntar? E em 2009 e 2010 quando as inaugurações se sucediam com tendas e festas de encher o olho? Perguntaram de onde vinha todo esse dinheiro? Lembraram-se de confrontar o PM sobre os ditos contratos ocultos? Sobre os custos e o desconhecimento do TC dos mesmos?

Seria complicado por cada inauguração questionar o TC sobre se tinha ou não conhecimento de contratos ocultos relacionados com a PPP inaugurada? E aproveitar e questionar igualmente o ministro em causa e o PM?
Eu até detesto ter razão, mas vou dar outro exemplo.

Quando o nosso amigo José Sócrates inaugurou a ligação do porto de Aveiro por ferrovia alguém questionou o “Engº das Renováveis” sobre o absurdo de fazer uma ligação de linha única, não eletrificada?
Não dava para ver o absurdo de construir essa linha e utilizamos gasóleo como energia para mover as locomotivas? E como é linha única…há…há…há…1 de cada vez!

Vamos a ver se eu entendi…o objetivo é conquistar o mercado espanhol, transportando mercadorias para as suas plataformas logísticas Com locomotivas movidas a gasóleo?
É como ir tentar ganhar um GP de fórmula 1 com o VW Carocha! Será que estas alminhas não entendem que o custo associado é muito superior?
Claro que chega lá, como o VW também pode chegar ao fim da corrida de Formula 1, mas o tempo é incomparavelmente superior.
O custo por km percorrido/tonelada transportada também não será certamente favorável a este nosso novo investimento!
Claro que estes Génios, pensaram nisso e não iremos para Espanha com locomotivas a gasóleo, mas o que temos garantido, é que seja qual for o destino final das mercadorias, teremos custos associados a mudanças de locomotivas, e claro a garantia de custos associados á nova plataforma logística que fica exatamente a 9 ou 10 km, dando portanto a ganhar ao respectivo lobby, mas encarecendo os custos do produto, pois o que fica é que todos os comboios que saiam do porto de Aveiro, são receita garantida para a nova plataforma logística!
Mesmo que seja para ir diretamente para o mercado espanhol o produto sai sempre mais caro! Será possível que estes "Génios" não entendam que os portos portugueses, estão a competir diretamente com os espanhóis? E que ao encarecer sem necessidade os produtos, prejudicam aqueles que querem beneficiar?
Eu compreendo, denunciar sim, mas baixinho… é o medo de perder a publicidade das empresas ligadas ao sistema!

E já agora, que até estou bem-disposto não podia deixar de dar uma ajuda jornalística ao nosso amigo Camilo.
“O nosso amigo camilo, num dos seus últimos artigos vem elogiar o ministro alemão da Economia (Philipp Röesler), por este ter vindo a Portugal com um conjunto de empresários com vontade de aumentar as compras a Portugal. Para um país intervencionado, onde até as crianças já conhecem a palavra "exportações", este facto devia ser suficiente para darmos ao assunto muita atenção.
Mas, surprise, surprise, ontem não houve jornal que tivesse posto o assunto em manchete. As opções foram várias, desde as "secretas" à visita dos príncipes das Astúrias”
Camilo, os alemães (e todos sabem o que penso dessa gentinha) não estão a pensar em Portugal?

Os alemães estão preocupados pois entre Junho e o final do verão tem de descarregar 1 submarino na Tugolândia, o nosso amigo “Arpão” e claro, querem receber e já!

Foi na Grécia e será em Portugal!

O rombo de mais 500 milhões nas contas vai correr mal, então os Alemães fazem com Portugal o que Portugal faz com a Venezuela, o pagamento será em géneros!
Portugal em troca das exportações para a Venezuela traz petróleo, os Alemães descarregam 1 submarino e de tudo o que produzimos eles enchem contentores e contentores de matéria-prima que necessitam.

Eu que até detesto intrigas aposto que estão de olho nas nossas reservas de lítio, como só temos os calhaus e nem os transformamos em lítio para ser utilizado na indústria eles levam matéria-prima que sai a bom preço e ainda vendem a Portugal parte do lítio extraído dos calhaus.
Mas voltando ao Porto de Aveiro, segundo o nosso ministro da economia as ligações por ferrovia ao centro da Europa terão origem em Sines e Aveiro.

Já passaram muitos anos desde a primeira vez que ouvi falar no TGP para Portugal, curiosamente a minha primeira pergunta foi por onde passam as mercadorias cujo destino é o centro da europa?
Agora já sabemos! É por Sines e por Aveiro!

Eu que de jornalista tenho pouco tenho de reconhecer que fui enganado pela comunicação social quando em Março de 2010 dei os parabéns a Ana Paula Vitorino por ligar oporto de Aveiro à linha férrea.

Mas nessa altura eu, influenciado pelo nosso jornalismo “soft” ainda não tinha conhecimento do mamarracho que tínhamos construído.

Só em Novembro de 2010 é que por coincidência pesquisando algo completamente diferente dei com “a coisa”.
Neste momento é altura de fazer o ponto da situação visto que o nosso jornalismo não pode acompanhar, certamente por falta de meios, todas as alterações decorrentes desta decisão.

Fizemos uma PPP para ligar o porto de Aveiro por linha única a uma plataforma logística com as locomotivas a serem movidas com gasóleo, vamos imaginar que por 30 a 50 anos.
Depois mais uma PPP para a plataforma logística que fica a 9 ou 10 km do porto de Aveiro, mais uma vez com lucros superiores a 11%.

Agora passados 2 anos vamos pagar tudo e fazer de novo.
Vai ser criada mais uma TAG em Portugal Bipolar “Detesto ter razão”.

Se tudo correr como previsto, muito se vai escrever nesta TAG nos próximos tempos.
Nota: TGV espanhol a vermelho

           Novo caminho para mercadorias a Amarelo

2 comentários:

  1. Boas,

    http://www.youtube.com/watch?v=lQDffpP2BeE

    Fica bem,
    NV

    ResponderEliminar
  2. Eu só queгo dizег que eu sou muitо noѵo рara blοgѕ e rеalmente você é
    saboreadο site. Provável que eu ѕou prονavelmеnte para marcar
    о ѕeu site. Certamente Vоcê vem сom аrtigоs tremendοѕ.
    Muitο obrigаda por compartilhar conosсo sua página.
    Look at my web-site - simpatia amor

    ResponderEliminar

;)