quarta-feira, 5 de setembro de 2012

A ditadura dos partidos – C.M. nº 3 – Município da Graciosa – Soluções Portugal 2030.

Depois de (re)organizar todas as Câmaras Municipais do país chegou a altura de as abordar uma a uma.
Chegou a vez da Ilha Graciosa, o último dos municípios Tipo C.3B.

Não chegando ao absurdo da ilha das Flores, onde para menos de 4.000 habitantes temos 26 presidentes, esta ilha só tem uma C.M., mas sofre dos mesmos males das restantes ilhas Açorianas anteriormente analisadas.
É gente a mais, até um cego vê!

O problema reside novamente nos eleitos, de acordo com a nova divisão municipal criada em Portugal Bipolar, o município da Graciosa pertence à categoria C.3B (Municípioscom menos de 5.000 habitantes).
Para administrar a Ilha da Graciosa com um território de 61km² e 4.400 habitantes necessitamos de :

1 Presidente
3 Vice-Presidentes/Vereadores para o conselho de administração da C.M.

2 Vereadores representantes da oposição, que podem ou não ter pelouro.
O Custo total é de 23.000€

O que temos neste momento dá vontade de rir…

1PresidenteCâmara Municipal da Graciosa
4VereadoresCâmara Municipal da Graciosa
1PresidenteAssembleia Municipal da Graciosa
2SecretáriosAssembleia Municipal da Graciosa
12DeputadosAssembleia Municipal da Graciosa
1PresidenteJ.F. da Luz
1SecretáriosJ.F. da Luz
1TesoureiroJ.F. da Luz
1PresidenteAssembleia J.F. da Luz
2SecretáriosAssembleia J.F. da Luz
4DeputadosAssembleia J.F. da Luz
1PresidenteJ.F. de Santa Cruz
1SecretáriosJ.F. de Santa Cruz
1TesoureiroJ.F. de Santa Cruz
1PresidenteAssembleia J.F. de Santa Cruz
2SecretáriosAssembleia J.F. de Santa Cruz
6DeputadosAssembleia J.F. de Santa Cruz
1PresidenteJ.F. de São Mateus
1SecretáriosJ.F. de São Mateus
1TesoureiroJ.F. de São Mateus
1PresidenteAssembleia J.F. de São Mateus
2SecretáriosAssembleia J.F. de São Mateus
4DeputadosAssembleia J.F. de São Mateus
1PresidenteJ.F. de Santa Cruz
1SecretáriosJ.F. de Santa Cruz (falta Confirmação)
1TesoureiroJ.F. de Santa Cruz (falta Confirmação)
1PresidenteAssembleia J.F. de Santa Cruz
2SecretáriosAssembleia J.F. de Santa Cruz (falta Confirmação)
6DeputadosAssembleia J.F. de Santa Cruz (falta Confirmação)

São 10 Presidentes (1 Presidentes de C.M.+1 Presidentes Assembleia Municipal+4 Presidentes J.F.+4 Presidentes Assembleia de J.F.)

4 Vereadores
14 Secretários

4 Tesoureiros
e…e…e… 32 Deputados!

Meus amigos, assim não dá! São mais 64 “eleitos” a mamar recursos que assim não chegam à população que deveriam servir
Eu sei que os Açores e a Madeira são “Regiões Autónomas”.

Sei igualmente que a receita de todos os impostos cobrados fica nas “Regiões Autónomas” e que eles e só eles são responsáveis pela maneira como o gastam.

Mas…mas… Todos os anos Portugal continental contribuí com verbas do seu Orçamento Geral do Estado para as Regiões Autónomas.
Basicamente é o mesmo que gastamos em peixe… São “Só” 2 milhões de Euros por dia!

São 2 Milhões para comprar peixe e outros produtos do mar todos os dias, são 350 milhões ano para a Região Autónoma dos Açores e pouco menos para a Madeira.
Eu não posso bater no peito e dizer que sou AUTÓNOMO e depois ir dormir a casa dos meus pais!

Comer e vestir lá em casa, não pagar água; luz; gás a preços de mercado porque os meus pais suportam e depois engolir um prego e firme e hirto gritar Autonomia…
350 Milhões por ano dá 1.418,46€ para cada açoriano, mas o dinheiro não chega ao povo, o Continente paga mas o dinheiro não chega lá.

Fica nos Jobs, nos boys, nos Presidentes, nos secretários nos deputados.
Não Dá!

Passamos a ter 1 C.M. e um J.F. no outro lado da ilha.
Qualquer um dos três Vice-Presidentes pode ocupar o lugar vago de presidente na J.F.

Á 2ª e 5ª feira o Vice-Presidente nº1
À 3ª e 6ª Feira o Vice-Presidente nº2

À 4ª e Sábado o Vice-Presidente nº3
Sendo o domingo reservado ao descanso…

A Câmara Municipal terá reuniões ordinárias no início de cada mês, e sessões extraordinárias sempre que a oposição (em bloco) entender apresentar projecto lei para discussão (Relembro que temos 2 vereadores da oposição) ou quando houver petições apresentadas por 5% da população que neste caso são menos de 250 pessoas.
A Autonomia dos Açores vai funcionar da seguinte maneira, enquanto as Câmaras Municipais e J.F. não forem drasticamente reduzidas Portugal Continental vai transferir apenas 1 Milhão de Euros por Ilha, no caso dos Açores são 9 milhões.

Como as Câmaras Municipais ficam com 5% do IRS, enquanto não forem drasticamente reduzidas o Governo de Portugal vai pegar nos restantes 341 Milhões de Euros e vai devolve-los aos Açorianos pagando 5% do IRS descontado.
Depois da reforma Autárquica estar realizada voltaremos a falar.

É simples, prático e serve para que todas as Regiões em Portugal entendam o significado de Autonomia.
A meu ver ainda existe por aí muita confusão.

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)