sexta-feira, 28 de setembro de 2012

União de todas as Policias Portuguesas em 2 forças Policiais (PMP e PTP).


Confesso que depois da sugestão de (MDF) evoluí, anteriormente só considerava a Policia Portuguesa, atualmente sou da opinião que devem existir 2 (Duas).
Eu sou um gajo simples e fui aprendendo ao longo da vida que na maioria dos casos as soluções mais simples são as mais eficazes.

Portugal é constituído por terra e água…
·        Passamos a ter a Polícia Marítima Portuguesa (PMP) e a Polícia Terrestre Portuguesa (PTP).
Claro que não é para fazer tudo ao mesmo tempo, a prioridade até 2014 é unir PSP/GNR/Guarda Prisional.
Igualmente até 2014 articulação da PMP com a marinha, unindo esforços, investigação, recursos humanos, TUDO… o MAR é da vossa responsabilidade.
Acabar com 30% a 40% das chefias desnecessárias e transferir esse “capital humano” para a bolsa de disponíveis da Função Pública.
EXEMPLOS
GNR – 20 unidades territoriais, comandadas por Coronel, com destacamentos comandados por Majores; Capitães e Oficiais Subalternos, Com subdestacamentos e postos territoriais comandados por Sargentos que por sua vez em cada comando territorial inclui 1 (um) destacamento de transito e 1(um) destacamento de intervenção (não se podem misturar as águas…).
Unidades Especializadas

·        Unidade de Controlo Costeiro (UCC), comandada por 1 Major-General.
·        Unidade de Ação Fiscal (UAF), comandada por um coronel.
·        Unidade Nacional de Trânsito (UNT), comandada por 1 Major-General.
·        Unidade de Segurança e Honras de Estado (USHE), comandada por 1 Major-General.
·        Unidade de Intervenção (UI) - comandada por um major-general, inclui ainda… Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) e de Operações Especiais (GIOE), Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), Grupo Operacional Cinotécnico, Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo (CIESS) e Centro de Treino e Aprontamento de Força para Missões Internacionais.
·        Escola da Guarda (EG) - comandada por um major-general, é responsável pela formação técnico-profissional dos militares da GNR. Inclui os centros de formação da figueira da Foz (CFFF) e de Portalegre (CFP). 

PSP
A PSP atua nas seguintes áreas funcionais:
·        Polícia Preventiva, incluindo a prevenção da criminalidade geral e organizada, prevenção do terrorismo, garantia da segurança de pessoas e bens, ao nível da pequena criminalidade, em áreas que não estejam reservadas à Polícia Judiciária;
·        Ordem Pública, normalmente através da utilização de unidades especiais tais como o Corpo de Intervenção e o Grupo de Operações Especiais;
·        Polícia Administrativa, incluindo a execução dos atos administrativos emanados da autoridade competente e algumas matérias de licenciamento administrativo;
·        Competências Exclusivas, incluindo o controlo de armas, munições e explosivos que não pertençam às forças armadas e de segurança e a garantia da segurança pessoal de altas entidades nacionais e estrangeiras e de outros cidadãos sujeitos a ameaça relevante;
·        Competências Especiais, incluindo a segurança aeroportuária e a proteção de missões diplomáticas e internacionais;
·        Programas Especiais, incluindo "Escola Segura", "Idosos em Segurança", "Comércio Seguro", "Verão Seguro", "Violência Doméstica" e atualmente o Programa Integrado de Policiamento de Proximidade (PIPP).

Organização

A PSP depende do Ministério da Administração Interna sendo chefiada por um Diretor Nacional e abrangendo os seguintes órgãos:
·        Direção Nacional;
·        Estabelecimentos de ensino policial, incluindo:
·        Escola Prática de Polícia;
·        Unidade Especial de Polícia, que integra:
·        Corpo de Intervenção;
·        Unidade Especial de Polícia, que integra:

1.     Corpo de Segurança Pessoal;
3.     Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo;
4.     Grupo Operacional Cinotécnico


Comparando só estas duas forças policiais encontramos variadíssimas áreas onde de duplicam recursos, funções, material e chefias.

É só mais uma para ajudar no corte da despesa…
 
Fonte (Wikipédia)

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)