quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

O meu Nissan Almera e o início de 2013 (final)



Cap. (1); (2) e (3)


Passados alguns dias, recebo um telefonema para registar a minha experiencia com a Nissan.

Eu, como servente sempre gostei dessas coisas do controlo de qualidade, é engraçado constatar a “preocupação” que algumas marcas tem com os seus clientes…
A Conversa foi mais ou menos isto:

Operadora de Call Center-Bom dia, o meu nome é (X) estou a Falar com o Sr. João…
Jony – Sim.

OCC – Posso fazer-lhe um pequeno questionário sobre a sua vizita à Nissan? São só 2 minutos…
Jony – Claro, diga…

OCC – Gostaria de saber como avalia a simpatia dos funcionários e a simpatia como foi atendido.
(Escala de 1 a 5, sendo 5 a nota mais alta)

Jony – 4.
OCC – Como avalia a rapidez com que foi atendido, escala 1 a 5, novamente?

Jony – 4, foi relativamente rápido, tinha tipo 2 ou 3 pessoas à frente e demorei tipo 5 minutos para levantar uma chave, eram 2 empregados, considero o tempo de espera razoável, nota 4.
OCC – Foi-lhe feita alguma sugestão de melhoria da sua viatura?

Jony – Foram sim, foram sugeridas 2 melhorias, arranjar o conta rotações e verificar os barulhos “esquisitos”  na manete das mudanças.
OCC – E qual foi o resultado?

Jony – O resultado foi misturar Activia com Johnnie Walker…
OCC-Desculpe, não entendi?
Jony – minha senhora, acha que eu depois de pagar perto de 200€ por uma simples chave de viatura, quero saber das sugestões de melhoria do meu automóvel? Ou da simpatia dos empregados?

Cobram preços estapafúrdios e perguntam num questionário, qual foi o resultado das sugestões de melhoria da viatura?

O resultado foi ZERO, NADA, NICLES! Não é por esse caminho que lá vão, mas essa é só a minha mudesta opinião…

Mais alguma pergunta?

OCC- não, é tudo.
Fiquei a pensar que a atitude do empregado, na disputa pela simpatia de um cliente já atendido, tenha algo “disto” no contexto.
Eu já ouvi falar da tese que a área comercial é uma Guerra, e lá todos os seus elementos devem estar SEMPRE preparados para a batalha, sorrisos para os clientes? SEMPRE, mas…guerra é guerra!!

Não concordo, pior que isso, os cientes vão lá cair, como eu, pois para fazer uma chave com código, só na Nissan, ou em algum dos seus representantes…
Eu não gostei, a cliente pela cara que fez, tem a mesma opinião que eu…

É fazendo exatamente tudo ao contrário, que na minha opinião se construi uma saudável relação com o cliente.
Got it? Gess not…

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)