segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Certificados do Tesouro, os idosos e as mentiras associadas.




Caros amigos,

Falo a todos com o mesmo carinho e consideração com que falo para o meu pai ou para o meu sogro.
Não comprem Certificados de nenhuma espécie, nem de aforro, nem do tesouro nem do raio que os parta!
Cuidado, muito cuidado…

Eu sei, sei que sempre foi o investimento mais seguro.
Vem aí o dia mundial da poupança e as noticias já se começam a notar.

A maioria dos idosos, por mais baixa que seja a sua reforma tem poupanças, são, no fundo as poupanças de uma vida inteira de trabalho e sacrifício.
A mentira que andam a vender é que estamos perante um investimento seguro, nada poderia ser mais falso!

As taxas prometidas, para quem mantiver o investimento durante 5 anos são de 3.2% a 3.4%.
Sejamos claros! A esta taxa de juro ninguém empresta dinheiro a Portugal durante 5 anos! NINGUÉM!

E se ninguém empresta é porque ninguém acredita no seu real pagamento, tão simples, não é?
Se dos 3.2% ou 3.4% de juro anual descontarmos a taxa liberatória, que é de 28% e lhe juntarmos a taxa de inflação o rendimento passa a ser negativo.

Para todos os efeitos no final dos 5 anos terão menos dinheiro do que aquele que foi investido.
Mas é seguro! O estado paga sempre!

Pois é, pois é… resta saber em que moeda vamos receber, provavelmente receberemos em escudos, no belo ano de 2018 com toda a desvalorização que se adivinha!
Mantendo tudo o que disse em 2010 e 2011 venho informar que existe um investimento muito mais seguro, onde podem não ganhar muito mas perder é IMPOSSÍVEL.

O conselho é simples, chegam ao banco  e pedem para alugar um cofre! O custo são 45€ a 60€ anuais, depois pedem para trocar todas as economias em 5 moedas diferentes.
20% fica em €uros, para qualquer emergência, 20% em Francos Suíços, 20% em coroa Dinamarquesa, 20% em coroa Norueguesa e 20% em dólar canadiano.

Deixemos de lado o dólar americano e a libra Inglesa, como foi sugerido neste espaço em 2010 e 2011, cheira-me que os problemas serão muitos e mais vale prevenir que remediar!
Depois vai tudo para o cofre! Qualquer emergência ou problema familiar terão sempre 20% das economias em €uros podendo a qualquer momento levantar o dinheiro do cofre.~

Ficam protegidos, mesmo que tenham 200 mil ou mais €uros, no vosso cofre NINGUÉM MEXE SEM A VOSSA AUTORIZAÇÃO!
Mesmo que algumas moedas desvalorizem, as outras irão compensar com valorizações e mesmo que Portugal seja um novo Chipre eles vão ás contas, não aos cofres, nos cofres não mexem!

Até porque não sabem o que lá existe, só o detentor do cofre sabe o que lá está!
Meus caros amigos, eu detesto ter razão e 2018 ainda vem longe…

Mas se ninguém confia dinheiro a Portugal durante 5 anos, alguém me pode dar uma boa razão para os idosos confiarem as poupanças de uma vida inteira???

2 comentários:

  1. Jony,
    Alugar um cofre dentro de um banco é seguro?
    Pelo caminho que isto leva só se o banco for fora de Portugal...
    Mas depois de escolher um banco seguro, o melhor é trocar as notas por paládio ou ouro e meter antes o metal no cofre.
    AM

    ResponderEliminar
  2. Boas,

    Eu nos conselhos que dei a familiáres escolhi a CGD.
    Nem em chipre foram aos cofres, como tal julgo ser seguro.
    O ouro pode ser encarado como mais uma diversificação, se eu apostei em 5 moedas posso perfeitamente aceitar 6 (ouro e mais 5 moedas nacionais).
    Tudo menos Certificados :D!
    Esse caminho, ninguem na familia percorre...

    ResponderEliminar

;)