sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Parabéns nobres GERREIROS/AS!





Portugal em 2013 teve 157.598 guerreiros!
São homens e mulheres que contra tudo e todos decidiram avançar.

Porque o caminho faz-se caminhando, decidiram criar uma nova vida.

Um filho!

Ter um filho, objetivo adiado por muitos, concretizado por poucos, muito poucos.
Nasceram em 2013 78.799 bebés, menos 10.800 que no ano anterior e menos 34.000 almas que em 2003…

É verdade, em 2012 nasceram 89.599 pessoas, mas morreram 107.000! E emigraram mais 121.000!
Continuando a este ritmo Portugal corre o risco de no início da 2ª década do milénio se aperceber que nasceram perto de 600.000 pessoas mas morreram 1.000.000, tendo por isso perdido 400.000 habitantes.

A debandada é geral à razão de 100/120 mil pessoas por ano! (Público 22/12/2013).

Em média, sai 1 AIRBUS A330 por dia, cheio de emigrantes, empurrados por um país em pedaços.
Um país que vai no rumo certo, diz quem nos governa…
Por este  "rumo certo" Portugal chega a 2023 com menos 1.5 milhões de habitantes!
Quem vai nessa altura pagar os direitos adquiridos?
Este é o Portugal que estamos a (des)construir para os filhos, dos filhos de abril?
Parabéns, nobres GUERREIROS/AS, saúde e sorte!

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)