domingo, 25 de maio de 2014

Portugal Continental oferece a Central Fotovoltaica Hercules e da Amareleja às ilhas do Corvo; Flores; Graciosa; Santa Maria; São Jorge e Porto Santo.












Depois da decisão coerente de não gastar 1.324 milhões de €uros a comprar energia solar quando pode comprar a mesma energia por 238 milhões de €uros a renegociação ficará ligada ao preço de mercado da energia.

Portugal não pagará mais que o preço de mercado pela energia de que necessita.

Na solução A – Os consórcios decidem sair de Portugal e levar o investimento realizado para outras paragens pagando o Governo de Portugal 2% do investimento realizado para desmontagens de material, o custo total desta solução são 8,163 Milhões de €uros.

Na solução B – Os consórcios decidem continuar em Portugal e receber pela energia produzida o preço de mercado pagando o Governo de Portugal a diferença entre o investimento realizado e os pagamentos já recebidos, para que recebendo pela energia produzida o preço de mercado o consórcio veja o seu investimento inicial pago na totalidade, o custo total desta solução são 79 Milhões de €uros.

Na solução C – Os consórcios decidem vender o investimento realizado obtendo 8% de lucro anual, ficando o Governo com a propriedade dos investimentos realizados, o custo total desta solução são 202,69 Milhões de €uros 45,88 milhões de €uros para o consórcio da central Hercules e 156,81 milhões de €uros para o consórcio da Amareleja.

Considerando todos os pagamentos efectuados de 2007 até 2014 e o pagamento final para permitir lucros de 8% ano a aquisição da central Fotovoltaica Hercules custa 102.000.400€ eu 110.000.000€ considerando desmontagem; transporte e remontagem da central na Ilha de Porto Santo e a Central Fotovoltaica da Amareleja custa 345.793.550€ ou considerando 2.520 seguidores o preço por seguidor solar final é de: 137.219,66€ sendo considerado o valor de 150.000€ por seguidor solar incluindo desmontagem; transporte e remontagem dos seguidores nas ilhas Açorianas.

A solução acaba por ser óbvia, se Portugal gasta milhões de €uros a produzir; transportar e armazenar gasóleo para que as nossas ilhas possam produzir electricidade ao oferecer estas centrais fotovoltaicas livres de encargos aos governos regionais da Madeira e Açores, mais de 50% da energia necessária passa a ser produzida sem recurso a combustíveis fósseis sendo os custos muito inferiores.


Oferta inicial de Portugal Continental às ilhas Portuguesas
Ilha do Corvo – 50 Seguidores solares da Amareleja – 7,5 Milhões.
Ilha das Flores – 470 Seguidores solares da Amareleja – 70,5 Milhões.
Ilha Graciosa - 500 Seguidores solares da Amareleja – 75 Milhões.
Ilha de Santa Maria- 500 Seguidores solares da Amareleja – 75 Milhões.
Ilha de São Jorge- 750 Seguidores solares da Amareleja – 112,5 Milhões.
Ilha de Porto Santo 250 Seguidores solares da Amareleja – 37,5 Milhões.
                                      100% da Central Fotovoltaica Hércules – 110 Milhões. 

Custo total oferta Solar – 488 Milhões de €uros.

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)