segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Fatura da Sorte, passa a contemplar 25.000€ por filho gerado, acabando com a oferta de AUDI’s!



Vergados pela dívida cá estamos neste cantinho à beira-mar plantado oferecendo AIDI’s todas as semanas.

Existem mais de 1 milhão de pessoas sem trabalho em Portugal, destes 400 mil  não recebem qualquer tipo de subsídio, é fome, miséria, vidas destroçadas e o Governo oferece AUDI’s?
Gastamos 2 milhões de Euros em carros para oferecer ao POVO?

Então eu estou todo encavado, sem emprego, sem soluções à vista, para mim, para os meus e recebo 1 AUDI? É isso? E depois ponho os óculos de sol e dou uma reportagem para a TV?

Acaba a reportagem, chego a casa e como o AUDI com batatas.

Não seria mais produtivo aplicar a regra de oferecer 25.000€ por cada filho?

O sorteio seria igual, com o nº de contribuinte sorteado semanalmente, o premiado/a recebia 25.000€ por descendente.

Se em 2013 Índice sintético de fecundidade era de 1.21 filhos por mulher a estimativa de custos anuais seria inferior aos 2 Milhões de €uros gastos em AUDI’s.

Estaríamos a promover o crescimento e a sustentabilidade da Segurança Social, gastávamos menos dinheiro, que ficaria entre portas e não promoveria a indústria automóvel Alemã.

Isto, claro considerando que os Homens não conseguem ter filhos com Homens, cruzes, credo, canhoto…

Seria uma excelente medida de apoio à Natalidade e provavelmente uma medida inconstitucional.

Até já estou a ver o Constitucional a afirmar que esta medida fere a constituição e o seu artigo 13º.

O direito à igualdade não é respeitado pois todos oso contribuintes sem descendentes seriam prejudicados e descriminados perante contribuintes com descendentes.

Que dizer de uma constituição com 296 artigos?

Nada, o importante não é a quantidade, mas sim a qualidade e os resultados apresentados, pois bem, pois bem…

Aqui o Servente sobre a qualidade da nossa constituição assume-se ignorante, já quanto aos resultados apresentados, basta referir 3 bancarrotas em 40 anos, julgo que ficamos conversados.
A nossa constituição é optima, assim como é a maneira como nos governamos e somos representados por mais de 60.000 cidadãos nacionais.

A economia vai bem e recomenda-se, divida publica de 134% do PIB é perfeitamente sustentável, 1 milhão de desempregados também.

A escolha é simples de um lado temos os AUDI’s do outro temos um prémio de 25.000€ por filho gerado, sendo o sorteio semanal.

Se é para dar, que venha ajuda, não encargos.

Se é para parecer bem, no Verão e Natal a oferta passa a 50.000€ por filho gerado.


Não existe nada mais humilhante que um pedinte armado em rico, tenho pena de ser essa a imagem de um país que também é meu!

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)