sexta-feira, 29 de maio de 2015

Meninos do 5º Ano de manhã perdem 24 aulas com Exames Nacionáis do 4º e 6º Ano, o que correu mal?


Mais 1 ano de exames nacionais, inevitavelmente, os mesmos argumentos e as mesmas reportagens.

Olhando para os exames de 2015, detectando os mesmos erros, fico com a sensação de estar a observar as reportagens nas bombas de gasolina com o aumento dos combustíveis…

- Então o que acha deste aumento? Concorda?

 - As perguntas são sempre as mesmas e as respostas também, só muda o ano, e lá andamos nós, no nosso destino…

 - Então estás nervoso? Estudaste? Quem está mais nervoso a mãe ou a filha? Uma vergonha pegada, isto não é jornalismo, isto são telenovelas.

Saindo da zona de conforto sugiro que paremos TODOS para pensar no problema dos meninos do 5º ano que perderam 24 tempos lectivos, nestes 4 dias de exames do 4 ano (Português e Matemática) e do 6 ano (Português e Matemática).

Todos os anos os meninos do 5º ano de manhã são prejudicados, porque existem exames.

Todos os anos temos este problema e em nenhum arranjamos uma solução para o resolver.

Os meninos têm de ser avaliados, concordo.

Temos de o fazer em Maio, concordo, mas vamos fazer isso ao SÁBADO.

1º Sábado de Maio para os exames de Português do 4º ano.
2º Sábado de Maio para os exames de Português do 6º ano.
3º Sábado de Maio para os exames de Matemática do 4º ano.
4º Sábado de Maio para os exames de Matemática do 6º ano.

Os meninos são avaliados, mas neste caso, não prejudicam ninguém…

Como complemento a professora de matemática, no meu caso, ainda vai faltar mais 2 aulas para correcção de exames.

Lá está, cada um só tem o que merece, tendo eu a mania que mereço um pouco mais, Fica a sugestão de como fazer um pouco diferente...


Um grande bem-haja,


João

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)