quinta-feira, 9 de julho de 2015

PB-LEAKEAS - Grexit – Um plano genial executado na perfeição!

A Grécia tem um grave problema de dívida para resolver, resultado de todos os problemas acumulados durante anos de desgovernação.


A culpa, algo sempre apontado quando se está perante um problema, é dos Gregos.


Meus amigos sobre isso julgo que não existe discussão, se existe algum pais do chamado primeiro mundo, que consiga ser pior governado que Portugal, esse país é a Grécia! 


Ficando a Itália entre uns e outros dependendo das opiniões.

A culpa é portanto Grega!

Quando um país não consegue resolver os seus problemas sozinho pede ajuda.

Sempre foi assim no pós-guerra e assim continuará a ser em tempos de paz.

A Ajuda à Grécia chegou como chegou a Portugal, no caso Português com juros superiores a 4,5% do FMI e a 3.5% do lado Europeu.

Países mal governados, com uma recessão profunda e uma dívida insustentável receberam ajuda em troca de reformas e essa ajuda em média chega a 4% de juros…

Vai correr bem?

Não vai! Não foi na Grécia a não foi em Portugal.

Do lado Grego, passados 5 anos, os resultados são piores que péssimo.

Estavam reunidos os ingredientes para um novo partido ganhar as eleições.

Syriza!

Primeiro passo do plano, acabar com a austeridade, ninguém ganha eleições a prometer tempos difíceis, quando esses tempos só devastaram o país.

Ganhas as eleições o plano segue o seu rumo, independentemente de todos os problemas Gregos, nenhum se resolverá sem tratar da dívida.

São só 180% do PIB, qualquer coisa como 300 mil milhões de €uros.

Depois de 5 meses de negociações, tudo espremido deu nada, a Grécia continuava o programa.

Basicamente a Europa falou Suck it up and old on!

Lá está, quando aos meninos damos o continente europeu para brincar eles brincam mesmo!

A liderança Alemã da Europa tem sido uma catástrofe pegada desde o inicio da crise em 2008!

O caminho seguido na Grécia, Em Portugal, Itália e Irlanda está condenado ao fracasso.

A solução Europeia é insistir no mesmo erro, esperando resultados diferentes

Os adultos abandonaram a sala das negociações e voltaram a casa para fazer um referendo.

Com pressões exteriores que chegavam basicamente de todos os lados, com ameaças que o voto no não seria a saída do €uro, com os bancos fechados e os levantamentos por MB limitados a 60€/dia a Grécia GRITOU NÃO!!!


Foi lindo, comovente e heróica a resposta GREGA!

Não! Não à chantagem.

Os adultos voltaram à mesa das negociações legitimados duplamente pelo povo Grego.

Os adultos voltaram à sala e perguntaram a todos os meninos.

E agora? Vamos resolver o problema da dívida?

Tudo será decidido até domingo.

Converte a dívida em Dracmas à taxa de entrada na zona Euro e essa era 340,75 dracmas para 1 €uro.

Se a Grécia for forçada a sair do €uro, paga tudo em Dracmas e fica limpinha de dívida.

Se a Grécia for forçada a sair do €uro, imprime 102.225.000.000.000,00 Dracmas e vai pagar ao FMI, aproveitando para saldar contas com a U. Europeia e o FEEF (Fundo Europeu de Estabilização Financeira).

Assim não existe reestruturação porque a Grécia tudo paga, na moeda que lhe permitem ter.

Basta imprimir 103 biliões de Dracmas e fica o problema resolvido sem reestruturação!

As perdas terão de ser assumidas pelos credores e essas serão a diferença entre taxa real a que o Dracma vai ser negociado nos mercados e o valor de entrada da Grécia no €uro, os famosos 340.75 Dracmas.

Isso já não é um problema Grego, será um problema para a Europa e o seu Fundo de estabilidade.

Quem são os países com maior percentagem na U. Europeia?

Alemanha e França, podem preparar os cofres, que as perdas serão enormes!

Vamos lá conversar como adultos?


Grexit – Um plano genial executado na perfeição!


  

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)