quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

O grande anel eléctrico e a autonomia energética da Madeira e dos Açores. (PSA Cap. 60)


A Autonomia da Madeira custa caro aos Portugueses continentais, no ano de 2014 foram 223 milhões, baixando em 2015 para 172.9 milhões.

Quem recebe acha que é pouco, quem paga acha que paga muito.

Eu que vivo no continente, na privilegiada região de Lisboa o que mais me custa é aquela sensação que o dinheiro é pago, mas não chega aos Madeirenses e Açorianos.

A Ilha da madeira tem necessidades energéticas médias de ± 100 MWh, sendo que 1 hora das necessidades energéticas do continente dava para a Madeira viver 2 dias.

A produção térmica responde por perto de 80% das necessidades da ilha, sendo produzidos diariamente em Novembro entre 1.500 MWh a 2.000 MWh, totalizando no mês ±52.000 MWh de produção.

Para produzir 1 MWh do electricidade são necessários 260 litros de fuelóleo e em Novembro chegou um navio proveniente de Sines com 14 milhões de litros, acontece todos os meses dependendo das necessidades, o petróleo chega a Sines é transformado em fuelóleo e segue para a Madeira para produzir electricidade.

A produção térmica de electricidade liberta gases nocivos para a atmosfera e em Novembro os madeirenses foram brindados com 2 toneladas de dióxido de enxofre (So2); 440 toneladas de dióxido de Azoto (NoX) e 9.3 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2).

Está tudo tão bem organizado e coordenado que aproveitamos para descarregar 6 milhões de litros de gasóleo e 12 milhões de litros de gasolina para que 82 mil veículos possam andar de um lado para o outro no meio do oceano atlântico.

Temos igual procedimento na ilha Terceira, onde para produzir mensalmente 15.300 MWh descarregamos 4 milhões de litros para produzir electricidade a que juntamos 1 milhão de litros de gasóleo e 2 milhões de litros de gasolina para que 18.000 veículos circulem no meio do atlântico.

Na ilha de São Miguel recebemos os combustíveis necessários para as restantes ilhas açorianas que funcionam igualmente a fuelóleo; gasóleo e gasolina.

Hebdomadariamente é referido neste espaço que o cumulo da estupidez é fazer o mesmo erro vezes e vezes sem conta, esperando no fim, obter um resultado diferente.

Gastamos milhões de euros, todos os meses, descarregando fuelóleo; gasóleo e gasolina em todas as nossas ilhas, para que seja possível produzir electricidade e andar de carro no meio do oceano, sem que se vislumbre alguém que acabe com este ciclo onde Galp e EDP reinam e prosperam.



Em alternativa é aqui proposto o grande anel eléctrico, um cabo de transporte bidirecional de electricidade com 500MWh de capacidade, ligando Sines á Madeira, passando por Porto Santo.

O grande anel segue posteriormente para São Miguel, passando por Santa Maria, onde vira em direcção ao continente, chegando a Viana do Castelo, finalizando novamente em Sines para fechar o ciclo.

Na ilha de são Miguel sofre uma bifurcação, seguindo igualmente para a Ilha Terceira.

O grande anel tem 4.700km de extensão e um custo de 3 mil milhões de Euros permitindo que as Ilhas da Madeira; Porto Santo; Santa Maria e São Miguel fiquem directamente ligadas ao continente permitindo fechar todas as centrais térmicas existentes nas ilhas, representando as suas necessidades energéticas 3% da produção continental.

As necessidades anuais do Arquipélago da Madeira e dos Açores ronda os 1.700GWh, considerando que 75% dessa elergia é obtida queimando combustíveis fósseis estamos a falar de 327.789 Tn!




Quanto custa descarregar 330 mil toneladas em 11 ilhas para produzir energia?

Considerando 3.2 habitantes por veiculo automóvel, quanto custa abastecer 11 ilhas com gasóleo e gasolina para que 160.000 Veículos possam circular no meio do oceano?


Ligar todas as ilhas ao continente custa ± 3.3 mil milhões de €uros…


As necessidades médias mensais, são as seguintes (Valores em MWh):





Critérios:

  • 3.2 Habitantes por veiculo (1/3 a Gasóleo e 2/3 a Gasolina)
  • 260 litros de combustível por cada MWh de electricidade.



  • Deslocações - Madeira e São Miguel 100kms/dia; 75kms / dia na Terceira, Pico e São Jorge; 50kms / dia no faial e restantes ilhas 25kms / dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)