quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

O pequeno Anel Electrico nas Ilhas do grupo Central a as ligações ao Corvo e a São Miguel. (PSA Cap. 61)


A Autonomia da Madeira custa caro aos Portugueses continentais, no ano de 2014 foram 223 milhões, baixando em 2015 para 172.9 milhões.

Quem recebe acha que é pouco, quem paga acha que paga muito.

Eu que vivo no continente, na privilegiada região de Lisboa o que mais me custa é aquela sensação que o dinheiro é pago, mas não chega aos Madeirenses e Açorianos.

As Ilhas do grupo Central têm necessidades energéticas entre os 35/45 MWh, respondendo a Ilhas Terceira por ±60% desse valor.

São necessidades de energia eléctrica que quando comparadas com as necessidades do continente se tornam insignificantes, sendo que 1 hora das necessidades energéticas do continente dava para as Ilhas do grupo Central viverem 6.3 dias.

A produção térmica responde por perto de 80% das necessidades, sendo produzidos diariamente em Novembro entre 1.300 MWh, totalizando no mês ±40.000 MWh de produção.
Para produzir 1 MWh de electricidade são necessários 260 litros de fuelóleo e em Novembro chegou um navio proveniente de Sines com 3 milhões de litros, acontece todos os meses dependendo das necessidades, o petróleo chega a Sines é transformado em fuelóleo e segue para a Ilha Terceira para produzir electricidade.

A produção térmica de electricidade liberta gases nocivos para a atmosfera e em Novembro, como em qualquer mês do ano os insulares são brindados com toneladas de dióxido de enxofre (So2); dióxido de Azoto (NoX) e milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2).
Está tudo tão bem organizado e coordenado pois na Terceira aproveitamos para descarregar 1 milhão de litros de gasóleo e 2 milhões de litros de gasolina para que 18 mil veículos possam andar de um lado para o outro no meio do oceano atlântico.

Temos igual procedimento para as restantes ilhas do grupo central, mas o reabastecimento acontece via São Miguel onde mensalmente descarregamos 4 milhões de litros para produzir electricidade a que juntamos 1 milhão de litros de gasóleo e 2 milhões de litros de gasolina para que 18.000 veículos circulem no meio do atlântico e recebemos os combustíveis necessários para as restantes ilhas açorianas que funcionam igualmente a fuelóleo; gasóleo e gasolina.

Hebdomadariamente é referido neste espaço que o cumulo da estupidez é fazer o mesmo erro vezes e vezes sem conta, esperando no fim, obter um resultado diferente.

Gastamos milhões de euros, todos os meses, descarregando fuelóleo; gasóleo e gasolina em todas as nossas ilhas, para que seja possível produzir electricidade e andar de carro no meio do oceano, sem que se vislumbre alguém que acabe com este ciclo onde Galp e EDP reinam e prosperam.
    

Em alternativa é proposto depois do grande anel eléctrico que liga Sines / Madeira / São Miguel / Viana do Castelo / Sines  (4.700 km).

Um cabo de transporte bidireccional de electricidade com 200 MWh de capacidade, ligando São Miguel à Terceira.

O pequeno anel ligando a Ilha terceira às restantes ilhas do grupo central, igualmente com 200 MWh e igualmente bidireccional.

E um segundo braço, ligando o Faial às ilhas Flores e corvo, de transporte bidireccional de electricidade com 20 MWh de capacidade.

 Um circulo; um braço, novo circulo e outro braço, Portugal a abraçar o Oceano Atlântico, é o que eu vejo e vejo assim.





As necessidades anuais do Arquipélago da Madeira e dos Açores ronda os 1.700 GWh, considerando que 75% dessa energia é obtida queimando combustíveis fósseis estamos a falar de 327.789 Tn!

Quanto custa descarregar 330 mil toneladas em 11 ilhas para produzir energia?

Considerando 3.2 habitantes por veiculo automóvel, quanto custa abastecer 11 ilhas com gasóleo e gasolina para que 160.000 Veículos possam circular no meio do oceano?

Ligar todas as ilhas ao continente custa ± 3.3 mil milhões de €uros…



As necessidades médias mensais, para as ilhas do grupo Central e Ocidental são as seguintes(Valores em MWh):







Critérios:

  • 3.2 Habitantes por veiculo (1/3 a Gasóleo e 2/3 a Gasolina)
  • 260 litros de combustível por cada MWh de electricidade.
  • Deslocações - Madeira e São Miguel 100kms/dia; 75kms / dia na Terceira, Pico e São Jorge; 50kms / dia no faial e restantes ilhas 25kms / dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)