quarta-feira, 29 de junho de 2016

Cada um tem o futebol que merece.





Caro Fernando,

Escrevo-te esta carta, não na vã esperança que a leias e procedas em conformidade, não!
Escrevo-te esta carta para desabafar, só isso.

Sabes Fernando, eu sou daqueles que sofro muito pela nossa selecção, sofro muito mais por Portugal do que pelo meu clube de coração.

Sou, digamos que, nos tempos que correm, uma espécie em vias de extinção, mas é assim.
Sofro de morte por Portugal.

Cada jogo que vejo é uma angustia, não ganhamos a ninguém, não merecemos ganhar a ninguém.

Quatro jogos, quatro empates nos 90 minutos é uma vergonha.

O único jogo que ganhamos, foi no prolongamento, com muita sorte à mistura, fosse o futebol um desporto justo e teria passado a Croácia.

Temos de começar pelo inicio e Fernando desculpa lá, levar um saco cheio de médios e apenas 1 ponta de lança, não lembrava ao Diabo…

Era só tirar 1 e integrar o puto do Futebol Clube do Porto!

O Nuno Gomes era um miúdo (Euro 2000), mas servido por Figo; Rui Costa e Cª até parecia um homem.

Eu que de futebol nada entendo, trocava uma mão cheia de Nunos Gomes, por apenas 1 André Silva.

Manteríamos o plano A, jogando em 4 x 4x 2 com Ronaldo +1 na frente, mas quando o jogo corre mal, e tem acontecido dia sim, dia sim, teríamos a chance de Jogar em 4 x 3 x 3 com 1 ponta de lança a prender os 2 centrais o que libertava Ronaldo na esquerda para o “1 x 1”, que ele tanto gosta, com Quaresma na Direita.

Era tão simples, mas não foi.

Eu posso encher o peito e gritar que pretendo ser CAMPEÃO, mas depois tenho de o provar em campo.

Campeões da Tanga, já chega o campeonato nacional.

Jogar bem, ou pelo menos melhor que os outros, criar mais oportunidades de golo. No fundo ter um futebol de qualidade, apreciado em qualquer ponto do mundo.

O que eu quero é ganhar! Mas não a qualquer preço.

Depois ouço declarações que me deixam muito triste:

·        Ainda bem que ficamos em 3º do grupo, porque com grande sorte evitamos todos os grandes favoritos.

·        Se me garantirem que eu sou campeão só com empates e jogando mal eu assino já por baixo.
Enfim, pensamos pequenino, como sempre.


Sabes Fernando, eu não quero ganhar em França como a Grécia ganhou em Portugal.
Prefiro perder já com a Polónia a suportar tamanha vergonha.

Portugal ser Campeão sem mérito seria para mim uma desgraça.

Ouvir de qualquer adepto de futebol, na Europa, na Ásia, nas Américas ou noutro continente qualquer, “Arggghhh que nojo de Futebol” seria a desonra total.

Foram necessários muitos anos e uma geração de OURO para que Portugal fosse respeitado em todo o mundo pelo seu Futebol!

Uma geração de OURO! Podíamos jogar contra Inglaterra, a Holanda, Espanha ou Alemanha, era jogar olhos nos olhos, sem medos, vamos a eles, era a palavra de ordem! E íamos!

No ultimo mundial em França, não fomos apurados (1998)!

O Rui Costa demorou 20 segundos a sair de campo e foi expulso no jogo contra a Alemanha (Fase de qualificação), nessa altura ainda não éramos respeitados por ninguém.


Passaram menos de 20 anos, mas com este Futebol de MERDA, corremos o risco de perder o respeito mundial que tanto trabalho deu a conquistar.

São eles que tremem quando vem jogar contra Portugal.

Fernando, chaga de experiências, chega de apostas falhadas, OK?

A fase de grupos foi um suplicio, pior seria impossível, a defesa que esteve razoável nos 2 primeiros jogos, contra a Hungria, foi o que se viu, meio campo a funcionar aos soluços, sem conexões, sem ritmo, sem automatismos e falhando no primeiro momento defensivo.

No ataque, uma desgraça pegada, em mais de 50 cruzamentos, apenas 6 encontraram um Português.

Sem presença na área é tudo muito mais difícil.

 - André Gomes e João Moutinho no 11 inicial? Tem pena de mim, que eu sofro do coração!
Fernando, os Audazes jogam em 4 x 3 x 3, os cobardes em  4 x 2 x 3 x 1 e os restantes em 4 x 4 x 2 ou sistemas híbridos.

Vamos ser audazes uma vez que seja? Não é necessário inventar muito.

Sendo teimoso, como sempre iremos mandar Ronaldo para ponta de lança, não é?

Olha amigo, a defesa é parar com as trocas, mesmo coxos o Cedric e o Raphael Guerreiro é para manter, no centro o Pepe é fundamental acompanhado por R. Carvalho, já está recuperado e sabe jogar com os pés.

Meio campo é óbvio e depois do jogo com a Croácia julgo que acabaram as duvidas, ou vamos outra vez falar do João Moutinho em clara baixa de forma?

Muito bem, meio campo com William, João Mário e Adrien.

No ataque Éder a ponta de lança (a culpa não é minha, só veio este) Ronaldo na esquerda, onde rende mais, completando com Quaresma ou Nani na direita.

Continuas em 4 x 4 x 2? Ok, tira o Éder e coloca o Rafa!

Alem de ser óptimo a transportar a bola, não treme ao entrar na área com a bola controlada, mais experiente, é uma mais valia.

Atacar, controlar e convencer!

Faltam 3 jogos, são 3 oportunidades para brilhar.

Fernando, eu até convoco todos os santos, por favor, enche o mundo de bom futebol e não me faças sofrer mais, já chega!

Viva Portugal!

Um abraço,


Jony

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)