sexta-feira, 12 de julho de 2013

Não temos Presidente!

Este espaço nunca foi propriamente simpático com o “nosso” cavaquinho, eu, entendo que a culpa é dele.

Eu sou do tempo em que governos eram demitidos pois existia um limite de sacrifícios que os Portugueses podiam suportar.
Também sou do tempo em que se acabou com a agricultura, com as pescas e com alguma indústria ainda existente, pois o progresso estava nos serviços, seria aliás através dessa visão quadrada da integração que se vendeu um Portugal próspero, que ombrearia com qualquer grande economia europeia.

Sou da opinião que esta proposta do cavaquinho vem tipo com 2 anos de atraso, no mínimo!
Então um economista tolera governos durante 6 anos a fazer contratos em PPP’s ruinosos para o país e não faz nada?

Ou avisou no discurso do dia 5 de outubro, na pagina 85?
Foi isso?

Portanto 1 presidente que enquanto 1º ministro acabou com tudo o que era produção em Portugal demitiu 1 governo porque Portugal e o seu povo não aguentavam mais sacrifícios, depois veio outro governo que alem de fazer tudo ao contrário do que prometeu aumenta brutalmente os impostos como ÚNICA forma de angariar receita.
De cortes na despesa, só salariais, restruturação do estado, nem pouco, nem muito, NADA!

E agora vão para lá os 3 (PS+PSD+CDS)?
Com o aval do coveiro da produção em Portugal?

Cavaquinho, achas mesmo que “ a coisa” vai resultar?
Então a dever 121% do PIB e com juros a 4.5% e a economia a contrair 3% vamos pagar?

Vamos! Os Juros são 0% ou 0,5%, só se for assim!
E pagamos quando a economia crescer mais de 3%!

Caso contrário é tempo de informar quem de direito que não há dinheiro.
Também não deveria haver para os mais de 62.000 representantes do povo, entre presidentes, vereadores, vogais, tesoureiros secretários e deputados.

Mas para isso há, é a vida…mas a vida seria vida na mesma com 10% desses vampiros.
Portugal pode ser perfeitamente governado e convenientemente representado com 6.000 pessoas.

Chegam e sobram! Depois, se for caso disso passamos para mais despedimentos no estado.

2 comentários:

  1. Com cópia de páginas e páginas de jornais, para evitar dúvidas sobre a autenticidade dos factos, antes «desse tempo» houve «tempo» e foi assim:

    http://portadaloja.blogspot.pt/2013/07/o-regime-anterior-ao-25-de-abril-de.html

    e assim:

    http://portadaloja.blogspot.pt/2013/07/a-decada-prodigiosa-da-nossa-estupidez.html

    e assim:

    http://portadaloja.blogspot.pt/2013/07/mario-soares-o-pai-da-primeira.html

    e assim para a primeira auto-europa que não o chegou a ser:

    http://portadaloja.blogspot.pt/2013/06/como-o-prec-comunista-limpou-o-sebo.html

    A nossa classe política, e as nossas elites (salvo raríssimas excepções!), são de nível latrinário desde o D. Afonso...

    José

    ResponderEliminar
  2. Bons Links,

    Vou ver com mais atenção, Obrigado ;)

    ResponderEliminar

;)