quarta-feira, 7 de março de 2012

Temos um governo forte! Com os fracos!


Passados 8 meses de Governo temos de reconhecer que este governo é FORTE! Com os fracos…
Mal entrou em funções logo mandou dizer que seria cortado 50% do subsídio de natal!

Para quem reclamou na altura não antevia que era apenas o governo a ganhar balança, depois vieram os cortes do 13º 3 14º mês para funcionários públicos e pensionistas a que se seguiram aumentos do IVA, reduções a nível do IRC, aumento do IMI, em resumo taxar tudo o que mexe!
Vá lá, não sejam piegas que a foda ainda só vai a meio!

Com o aumento brutal do desemprego e as receitas fiscais muito abaixo do previsto não é necessário ser um génio para afirmar que medidas adicionais de contenção serão brevemente anunciadas.
“Tu não estás morto FILHO DA PUTA… tu estás é mal enterrado!”

É assim que se tratam os portugueses!
Com a troika a apertar o cerco, veio para as primeiras páginas dos jornais a quezília governamental sobre quem vai mandar no QREN.

Com a torneira dos bancos fechada ou a juros proibitivos o QREN acaba por ser a única via para obter dinheiro fresquinho para estoirar e distribuir pelos BOYS, que isto de apoiar a economia produtiva é chão que nunca deu uvas!
De caminho ficamos a saber que o parque escolar, mais uma obra emblemática, tem um pequeno engano nas contas…

As escolas remodeladas que tinham uma verba disponível de 2.2 milhões por escola viram as despesas subir um pouco para 15.5 milhões cada!
Enquanto isto não der prisão a ladroagem vai continuar!

Mas passados estes meses todos o que foi feito para cortar onde realmente é vital para a economia?
Quais os lobbies que já foram afrontados?

Nos transportes onde muito tem de ser mudado apenas foi aumentado o custo dos mesmos e restringindo carreiras, mas cortar em regalias injustificadas avançar para a fusão de empresas e despedir excesso de funcionários está por fazer!
E nas PPP’s que chegam a ter juros de 12% e 14% ao ano?
E nas rendas excessivas aos player’s do sector da energia?
E nas mais de 800 fundações apoiadas pelo orçamento do estado?
Vamos cortar no número de freguesias, mas ninguém fala nos municípios…
Claro que continuam 308! O compadrio continua!

E as empresas municipais, onde temos gestores pagos a peso de ouro que se passeiam em bons BMW’s; Audis e outros modelos de baixa cilindrada?
Quantas empresas municipais deveriam ser extintas?

Quantas existem?
Este governo é forte! Com os fracos!

3 comentários:

  1. "Quando você perceber que, para produzir, precisa de ter a autorização de quem nada produz; quando se der conta que o dinheiro flui para quem negoceia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e pela influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, antes pelo contrário, são eles que estão protegidos de nós; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se torna em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem medo de errar, que a nossa sociedade está condenada."

    Ayn Rand, filósofa russo-americana

    ResponderEliminar
  2. Lembra-se de dizer que com o FMI tudo ia mudar? que toda esta corrupção endémica ia ser varrida?

    Até ver só vejo impostos a subir e vendas ao desbarato para lhes pagar...

    Cumprimentos,

    FD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas FD,
      Mantenho a opinião de que muito vai mudar (tudo seria um exagero...)
      Mas claro que com os interesses instalados a coisa anda mais devagarinho.
      A TROIKA nesta última avaliação já deu o cartão amarelo relativamente às PPP's; aos interesses energéticos e aos transportes públicos.
      Em Maio quando voltarem algo já terá mudado, não ficará certamente tudo bem, mas sem a pressão da TROIKA nada seria feito.

      Eliminar

;)