sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Redução de Câmaras Municipais - Portugal Corta 483 Presidentes!


Dos 308 municípios Portugueses passamos para 147, aplicando a regra de municípios com menos de 30.000 habitantes não fazem sentido (salvo raras exceções), é um desperdício de recursos que não serve as populações.

Existem neste momento…

- 308 Presidentes de Câmara Municipal

-308 Vice-Presidentes de Câmara Municipal

-308 Presidentes da Assembleia

-1.770 Vereadores de Câmara Municipal

-616 Secretários da Assembleia Municipal.

São 3.310 JOBS, ao cortar 161 Câmaras Municipais cortamos igualmente em:

- 161 Presidentes de Câmara Municipal

-161 Vice-Presidentes de Câmara Municipal

-161 Presidentes da Assembleia

-1.000 Vereadores de Câmara Municipal (Estimativa)

-322 Secretários da Assembleia Municipal.

São menos 1.805 JOBS, quantos milhões de Euros estão aqui representados entre ordenados, subsídios vários, deslocações motoristas e afins?

Com as Novas regras passamos a ter:

- 26 Câmaras Municipais do tipo C1 (Com mais de 100.000 habitantes).

-107 Câmaras Municipais do tipo C2 (Com mais de 30.000 habitantes e menos de 100.000 habitantes).
 
 


- 13 Câmaras Municipais do tipo C3 (Com menos de 30.000 habitantes).
 
Como é evidente o modelo de governação e os representantes eleitos tem de variar consoante o tipo de C.M. que estamos a falar, pois é certamente diferente gerir Lisboa; Sintra; Cascais; Gaia; Porto; Braga ou Guimarães do que gerir Porto Santo; Sabugal ou Peso da Régua.

Para já ficamos com a listagem das novas Câmaras municipais, sobre os “ nossos eleitos” e modelo de governação falaremos no próximo post.

Importa salientar o corte de 483 Presidentes! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)