terça-feira, 28 de agosto de 2012

A ditadura dos partidos – Redução de Câmaras Municipais - Distrito de Braga.

Depois de analisar 14 dos 18 distritos do continente, Braga não é dos piores.

Com os seus 18 municípios, apenas metade não cumpre com o critério de ter mais de 30.000 habitantes, é tipo “fifty-fifty”.
Como é o 4º distrito mais populoso do país os cortes até vão ser moderados.

Claro que como em todos os outros existem sempre um, ou mais que saltam à vista.
Neste caso a bola preta saiu a Terras do Bouro, essa bela localidade com 7.253 habitantes e 18 presidentes.

É curioso que neste distrito temos 3 municípios com mais de 120.000 pessoas e depois temos Terras do Bouro…
A Tugolândia é um país do faz de conta, não acha, Sr. Dr. Relvas?

Adiante! Assinalados a vermelho estão os distritos não cumpridores, fica a lista.

1.      Celorico de Basto – 20.098 habitantes.

2.      Cabeceiras de Basto – 16.710 habitantes.

3.      Vieira do Minho – 12.997 habitantes.

4.      Póvoa do Lanhoso21.886 habitantes.

5.      Amares – 18.889 habitantes

6.      Terras do Bouro – 7.253 habitantes.

7.      Vizela – 23.736 habitantes.
A escolha deve ser feita pelas populações, só elas saberão a que municípios desejam pertencer, mas acabam presidentes de Câmara Municipal para populações com menos de 30.000 habitantes, Compreendo e aceito que as escolhas das populações possam ser diferentes das minhas, mas essas terão de ser feitas.

Como não guardo sentimentalismos em relação a qualquer um dos 308 municípios Portugueses posso apenas afirmar que as minhas escolhas agrupam municípios próximos e em cada região tentei e tentarei que todos os municípios sirvam populações semelhantes (tanto quanto possível) e sejam o mais homogéneos possível dadas as condições iniciais.
Dito isto, a Guarda Porto é constituída por 14 municípios.


Existem 7 que não cumprem os critérios.
 

A solução que apresento é a seguinte.



Como resultado final passamos de 14 Câmaras Municipais para 9

Informação retirada da ANMP (Associação Nacional de Municípios Portugueses).

8 comentários:

MF disse...

Impossível ver Vizela regressar ao aconchego de Guimarães. Será mais fácil anexar uma ou outra freguesita a Guimarães para assim eles se poderem juntar a Fafe ... caso contrário ... será guerra novamente! Desta vez não com linhas de comboio levantadas (que já as há poucas) mas com algo mais moderno como destruição do alcatrão das autoestradas :)

Portugal Bipolar disse...

Boas R+,
Vizela até tem várias escolhas, o que é sempre bom, mas lamento informar que Fafe não dá, o município não pode estar separado, e Vizela não toca em Fafe…
- As freguesias devem escolher a que municípios querem pertencer, só assim “a coisa” pode funcionar…
- Só podem escolher municípios com que façam fronteira, neste caso temos (Guimarães; Santo Tirso; Lousada e Felgueiras).
- Esta medida é válida para todos os distritos que perdem Câmaras municipais, repara que ainda não toquei nas freguesias…


Primeiro tenho de acabar todos os distritos e faltam 3 mais 2 “Regiões Autónomas” só depois devo contextualizar a minha ideia final para Câmaras Municipais (forma de eleição; quantidade de membros; modelo de governação).
Como já referi várias vezes neste nosso espaço o Cumulo da estupides é “fazer sempre a mesma coisa e julgar que pode obter um resultado diferente”.
A ver vamos se no final me consegui explicar, para já utilizando aquela simples regra que Câmaras Municipais, para menos de 30.000 habitantes não fazem sentido nenhum!
São presidentes de Camara; Presidentes da Assembleia Municipal; presidentes de Junta de Freguesia e mais dezenas de lugares nomeados, sem que as populações daí retirem qualquer benefício.
Para já vou-te apenas adiantar que de 308 Câmaras Municipais mais de metade não faz qualquer sentido, posteriormente falaremos das juntas de freguesia… dá para ver o caminho, e eu aprendi a ir falando para tentar expor a minha ideia o mais cristalinamente possível.

MF disse...

"Só podem escolher municípios com que façam fronteira"
Sendo assim, das 3 uma:
1. Vizela volta para Guimarães ... o que os vimaranenses aceitariam de bom grado, talvez exigindo apenas que os separatistas fossem exilados :)
2. Vizela anexa uma ou outra freguesia a Guimarães para assim fazer fronteira com Fafe e poder associar-se a este
3. Vizela abandona o distrito de Braga! Mas isso já implicava mudar os distritos!!!

Portugal Bipolar disse...

Boas MF,

Não entendo qual é o problema de mudar de distrito...

Vizela tem 7 freguesias, só 3 tem mais de 3.000 habitantes, outras 3 apresentam menos de 2.000 habitantes e 1 está no meio com 2.278 habitantes...
Só Vizela tem 4 j.f.
Santa Eulália a 2ª freguesia com mais população pode perfeitamente mudar de distrito pois faz fronteira com os outros 3 municípios.
É só escolher.

R+ disse...

R+ não deve ser LOL
eu ainda nao me pronunciei sobre estes tópicos embora os apoie. As camaras e freguesias são como os impostos... só sabem aumentar!!

isto só ocorreria com uma imposição externa, senão já estou a ver o "povo" (irmãos, primos, tias e tios com medo de perder o seu tacho) a falar da proximidade destas entidades e como é tudo muito bom, bla bla bla...

cada vez mais penso que a solução é emigrar daqui para fora... quem ficar vai pagar uma boa faCtura (até a língua portuguesa nos roubam)


estava à espera era de um post teu sobre o futuro da RTP
- que tal acabar com a taxa audiovisual
- que tal sobreviver apenas com a publicidade e sem o dinheiro do estado (nosso!); será que o preço certo é de utilidade publica (porra aquilo já anda há qto tempo?); e o quem quer ser milionário? e quanto ganharão os DINOSSAUROS (com isto quero dizer a mobília com séculos que para lá anda) como o jorge gabriel a sonia araújo o "palhaço" do joao baião, fernando mendes, malato, etc, etc

a única coisa que aproveito é o telejornal (TVI, os morangos com açúcar não deveriam fazer parte das notícias principais!!!) - esse é o problema dos privados...

cumps

MF disse...

Se mudar freguesias já é difícil, camaras muito mais ... distritos nem quero pensar! Mas agora que escrevi, até que podia ser interessante. Aposto que Guimarães preferia pertencer ao Porto do que a Braga!!! Não sei é como Braga reagiria com a perda de tanta área geográfica e população. Mas fiquei esclarecido :)

Portugal Bipolar disse...

Guimarães não pode mudar de distrito pois cumpre com todos os critérios.
Só os municípios com menos de 30.000 habitantes são obrigados a juntar-se e esses perdem a Câmara Municipal.
Julgo que não passa pela cabeça de ninguém Guimarães juntar-se a Felgueiras; Santo Tirso ou Lousada e perder a C.M.

Portugal Bipolar disse...

Boas R+,
Sobre a RTP existe muita conversa e eu não vou entrar no barulho.
É mais uma empresa sobre a influência do estado e está tudo dito.
O País com um buraco de 3.000 milhões em 2012 e 5.000 milhões em 2013 e só se ouve falar na RTP quando ainda ninguém me explicou o que entende por serviço publico.
É o futebol?!?
São os debates para as eleições?!?!?
Para mim não é nada disso!
O que os Partidos deveriam estar a discutir é como cortar a sério na despesa do estado para não apresentar sempre a mesma receita (mais impostos)
E lá se vai 1 Sub. dos privados...
Vai uma apostinha?