quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Não vou votar PURD (Partido Unido dos Reformados e Pensionistas)




Com tanto partido a concorrer às eleições julgo ser obrigação de todos os eleitores perderem 5 minutos com cada um.

É coisa para ficar despachada em 2 horas e votaremos todos mais esclarecidos.

Já dizia a minha avó não há fome que não dê em fartura.

Eu, que tenho a mania de analisar decidi olhar para o PURD.

PURPaixão decidi começar pelo fim.

E o que é o PURP?

O PURP é o Partido Unido dos Reformados e Pensionistas.

Com a sua inscrição em 13 de Julho de 2015, o PURD é 1 dos 22 que temos para escolher.

O PURD é assim aquele partido com 3 meses que defende os mais idosos.

Eu vou tentar explicar como fazia com os meus meninos quando eles tinham a vossa tenra idade…

Meus meninos, um partido para os reformados e pensionistas não lembra ao diabo, qualquer dia, se a moda pega, temos o Partido Unido dos Professores Portugueses, ou o Partido dos Funcionários Públicos.

Basta fazer lobby para ganhar votos e já está.

Com sorte, juntamos O Partido dos Reformados com o Partido dos Professores e Funcionários Públicos, formam governo e tudo vai correr bem?

Ridículo, no mínimo. 

Meus meninos, para início e fim de conversa, não perdendo muito tempo com banalidades, só existe uma maneira de proteger pensionistas e reformados, só uma.

Criar condições para aumentar o emprego em Portugal, quanto mais qualificado e melhor remunerado melhor.

Os reformados de hoje são sustentados pelo emprego que existe hoje, os reformados de amanhã serão sustentados pelo emprego que existir amanhã!

Deu para entender? os meninos já entenderam "a coisa"?

Nos últimos 4 anos perdemos 300.000 contribuintes, gente que trabalhava e descontava e agora não o faz.

Dava para encher todos os famosos estádios do Euro 2004 e ainda sobrava gente.
Ainda sobrava gente! Dá para entender?

Meus meninos, os meninos ainda nem o básico entenderam e querem defender os direitos dos outros?

O melhor é irem descansar, vão descansar, tenho muitos e longos dias de paz e tranquilidade junto dos vossos entes queridos, esqueçam tudo o resto e divirtam-se, estão em idade para isso.

Claro que não contarão com o meu voto, sopas e descanso são o meu conselho.

Um grande bem-haja,


João

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)