quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

TIC...TAC...

Quando antes do verão afirmei que o BCP ia baixar para 0.25€ por acção muitos foram torceram o nariz.  
Nada de anormal o BCP andava perto dos 50 cêntimos, foi também quando defendi que  os emigrantes deviam comprar acções de bancos Portugueses, as contas eram simples, se todos gastassem 2.000€ toda a banca portuguesa ficaria em mãos nacionais.

Tocou esse valor no dia em que cheguei de férias no final de Agosto…
Depois baixei para 0.18€ por acção e informei que a coisa só tinha tendência para piorar, nessa altura o BES andava pelos 2.00€, neste momento fechou a 0.99€ por acção.

Já ninguém acredita que o estado não vai entrar massivamente nos bancos.
O estado ao entrar nos bancos vai ficar como accionista maioritário e em alguns casos com bem mais de 60% de todas as acções…

Falta outro pequeno pormaior, neste momento as acções estão cotadas em Euros, será que no final do ano teremos a mesma moeda?
Depois do último conselho europeu Espanha e Itália continuam a financiar a sua divida em torno dos 7%.

Itália em 2012 tem necessidades de financiamento a rondar os 440 mil milhões de Euros.
A Espanha em 2012 tem necessidades de financiamento de pouco mais que metade dos Italianos.

Serei eu obrigado a ter 1 ano de Katumba ou os meus amigos Gregos vão ajudar e não vou apanhar nas nádegas durante 365 Dias?
TIC…TAC…TIC…TAC…

Com um pouco de sorte faltam 19 dias para Portugal sair do Euro?

Génio – Jony, vais perder a aposta!! MUAHAHAHAHAHHA

Jony – Cala-te, esta não é a tua TAG, falaremos brevemente, mas aconselho-te a leres a aposta e a releres o que escrevi em Abril de 2011.

Depois falamos... 

4 comentários:

  1. Boas!
    Talvez voltemos a ter novidades em breve.
    Para já, a Irlanda está a pensar em referendar a sua permanência no euro, a menos que isso seja algum tipo de chantagem à grego.
    Ora, segundo o site sobre dívidas da BBC, o estado irlandês deve 107% do PIB, mas em conjunto com os privados devem no total 1093%.
    Portanto, dias negros vem aí a caminho, ...ou isso ou então aparece algum verdadeiro estadista europeu que de facto resolva o problema das dívidas soberanas.
    Eu prefiro continuar com o euro, mas espero que acabe em breve esta indefinição,...não me interessa voltar ao escudo, e que este desvalorize 60 a 70% nos primeiros dias, e eu a pagar o meu crédito habitação em euros.

    ResponderEliminar
  2. Boas Ramiro,

    Eu também preferia ficar com o Euro como moeda.
    Eu também preferia ser rico...mas não sou.
    Uma coisa é aquilo que eu quero, outra completamente diferente é aquilo que eu posso ter.
    Em minha opinião, que vale o que vale, a saída do Euro é inevitável para Portugal.
    Portugal de 1987 a 1999 viu o escudo valorizar perto de 35% e depois entramos para o Euro em paridade com o dólar.
    Neste momento temos a moeda mais forte do mundo.
    Que produtos exportamos com a moeda mais forte do mundo?
    Que produtos exportamos para fora da Europa?
    Que produtos poderíamos exportar se a nossa moeda não fosse o Euro?
    Podemos manter uma moeda que vale mais 40% que o dólar?
    Julgo que não.
    O que eu não quero é passar 1 ou 2 anos a ser entalado para no fim sair do Euro e ser entalado novamente.
    Sobre os empréstimos à habitação tenho vindo a mudar de opinião.
    Julgo que quando Portugal sair do Euro os empréstimos e depósitos serão convertidos em escudos.
    Caso contrário 80% da população deixaria de pagar os seus empréstimos e isso não é viável para os bancos que entrariam imediatamente em falência.
    Os Irlandeses, esses eu não entendo...julgo que o principal problema foi a aposta dos bancos em activos tóxicos e eles salvaram os bancos ao contrario dos islandeses...
    Cada irlandês tem às costas 391 mil euros de divida!
    Dá para acreditar?
    Vai ver novamente a roda da BBC!

    ResponderEliminar
  3. Boas jonny,

    Que achas que desatar a comprar acções da galp??
    não estaríamos protegidos da saída do euro?
    Foi apenas uma ideia que me passou ao consultar a cotação de hoje!!

    ResponderEliminar
  4. Boas Kumba,
    Enquanto o estado não entrar nos bancos e enquanto não for possível compreender se ficamos ou não no Euro eu não comprava nada do PSI.
    Mais vale comprar Petrobras, ficas protegido pois é como comprar moeda brasileira...
    Digo eu...

    ResponderEliminar

;)