terça-feira, 26 de março de 2013

Portugal - O Senhor dos Anéis – As primeiras Fábricas de Produtos do Mar. Cap 39


Depois de escolhidas as primeiras 12 maternidades entra dezenas de possibilidades que a nossa ZEE proporciona, vamos subir mais um degrau no objetivo final.

 

Quando na TAG Portugal o Senhor dos Anéis foi abordado como objetivo 1.000 a 2.000 Toneladas / dia de produtos do mar este número foi recebido com algum desdém.

São opiniões, cada um tem a sua, mas, para os menos atentos, eu volto a recordar que este espaço tem muitos defeitos e poucas qualidades.

Uma das poucas qualidades que este espaço possui é explicar uma ideia, uma forma de pensamento, com princípio, meio e fim.

Mantendo a escolha inicial de 12 maternidades.

Tipo A:

1.      Boca da Caldeirinha – Faial

2.      Ilhéu Vila Franca – São Miguel


3.      Lagoa (das marés?) – Pico – Solícito fotos do local SFF

Tipo B:

4.      Condor;

5.      2. Princesa Alice;

6.      3. Sedlo;

7.      4. Dom João de Castro;

8.      5. Ilhas Formigas;

9.     Dolabarat;

10 Hyères Seamount;

11.Cruiser Tablemount;

12 Seewarte Seamounts ou Great Meteor Tablemount

 

Falta identificar as principais zonas de produção em Portugal Continental, não serão as únicas, longe disso, são apenas SPOTS, de possível produção, onde o licenciamento está aprovado à partida.

Para o investidor iniciar a construção da fábrica, tem à partida garantido que durante 50 Anos pode exercer a sua atividade e de impostos 10% para S.S. e (10%+3%) de IRS para estado e trabalhadores respetivamente Link( Cap. II), em contrapartida é exigido ao investidos capital para a realização da obra e respeito pelo meio ambiente, qualquer acto de poluição será gravemente punido, ao 3º desrespeito perde automaticamente a licença de exploração.

A justificação é simples, as zonas de produção são sensíveis, vão ser exploradas por bivalves e criadores de peixe (na maioria dos casos), tanto uns como outros são EXTREMAMENTE sensíveis a qualquer tipo de poluição.

Nem todas as zonas Identificadas é possível começar imediatamente a produção, pois a poluição ainda faz parte do nosso dia-a-dia, mas, são zonas únicas no mundo, o peixe aqui produzido, demora mais tempo a crescer, mas o seu sabor é incomparável os bivalves são servidos nos melhores restaurantes de paris e ganham provas de sabor às cegas comparados com os quatro cantos do mundo.

1. Rio Minho





2. Rio Lima

3. Rio Douro

4. Ria de Aveiro

5. Rio Mondego

6.   Lagoa de Óbidos

7.    Rio Tejo


8. Rio Mira

9. Ria de Alvor

10. Rio Arade

11. Ria Formosa

12. Berlengas/Rabo de Asno

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)