quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Portugal 2030 Educação III


Conforme prometido, aqui fica para a posteridade as medidas necessárias para que a educação seja um pilar fundamental do crescimento de Portugal.
Este Pos't é a continuação da educação, para melhor entendimento ficam os link's dos Pos'ts anteriores.
http://oportugalbipolar.blogspot.com/2010/10/portugal-2030-educacao.html
http://oportugalbipolar.blogspot.com/2010/10/portugal-2030-educacao-ii.html
Tanto a classificação das escolas, como a classificação dos alunos é igual para o 7º; 8º e 9º como para o 10º; 11º e 12 Anos.
Classificação das Escolas
A classificação das escolas vai de 0 a 20, sendo o 0 Muito Fraco e o 20 Muito Bom.
A classificação das escolas tem por base a nota obtida pelos alunos, em exames Nacionais OBRIGATÓRIOS EM TODOS OS ANOS!
Sim, do 7º ao 12º ano todos os alunos, serão avaliados anualmente a todas as disciplinas, e isto não é um custo para o País, É UM PROVEITO!
Os Professores acompanham os alunos do 7º ao 9º ano e do 10º ao 12º Ano!
Como explicado anteriormente os professores titulares serão aqueles em que os alunos obtiverem as melhores notas, e os Não titulares serão aqueles em que os alunos obtiverem as piores notas.
Na Classificação das escolas vão existir 5 Grupos:
Grupo A: Escolas com média de 17 Valores ou Superior
Grupo B: Escolas com média de 12 a 16,99 Valores
Grupo C: Escolas com média de 8 a 11,99 Valores
Grupo D: escolas com media de 5 a 7,99 Valores
Grupo E: escolas com média inferior a 5 Valores
Escolas do grupo E, ou fecham ou mudam todos os professores que contribuíram para essa média que envergonha o País!

Classificação dos Alunos
  1. A classificação dos alunos deve ter por base, a nota dada pelo professor da disciplina, somado á classificação obtida nos exames nacionais.
  2. A Nota final do aluno será obtida, tendo em conta a nota dada pelo professor (70%)+a nota obtida no exame nacional (30%)
Classificação dos Professores

Já foi anteriormente explicada, quando se falou na primária, restando portanto acrescentar o seguinte:
  1. 90% dos professores, passados 3 anos, tem como direito adquirido, poderem continuar a dar aulas.
  2. Os 10% de professores cuja média nacional dos exames dos alunos tenha sido a mais baixa, tem como direito adquirido, 2 Anos de Subsidio de desemprego, dando estes lugar a novos professores, ou a professores actualmente no desemprego.
  3. Todos os professores, considerados Titulares (Em que os alunos obtiveram melhores notas) podem escolher outro estabelecimento de ensino, desde que a sua média, seja superior á dos professores não titulares, ali colocados.
  4. Os professores não titulares, só podem escolher outro estabelecimento de ensino, depois de todos os titulares tenham optado por ficar ou não na escola que frequentaram, mantendo a regra, de a melhor nota prevalece, sobre critérios de antiguidade ou outros.
  5. Os alunos que são repetentes, quando tem negativa no exame nacional, contam normalmente para a classificação do Professor.
  6. Os alunos que são repetentes, quando tem positiva no exame nacional, contam a dobrar para a classificação do Professor.
  7. Todos os professores que obtenham no triénio classificação superior em 10% ou mais, relativamente á escola onde leccionam, devem ser aumentados.
  8. Os aumentos ou reduções de ordenado, são validos para o triénio seguinte.
  9. Todos os professores que obtenham no triénio classificação inferior em 10% ou mais, relativamente á escola onde leccionam, deve ser reduzido o seu ordenado base, passado esse valor para os professores com classificação superior em 10% ou mais.
  10. Tanto a classificação dos professores, como a sua mobilidade (Possibilidade de escolha da escola para leccionarem) será obtida por %, pois não podendo comparar uma escola com média de 17 valores com outra com media de 7 valores, os professores podem ser comparados por %

    EXEMPLO:

    Escola de Grupo A media de 17.75 Valores
    Escola de grupo C média de 9.87 Valores
    A Escola do Grupo A tem 1 professor com média de 12.47 Valores (Vamos escolher a disciplina de Matemática)
    A escola do Grupo D tem 1 professor com média de 10.25 Valores (Vamos escolher a disciplina de Matemática)
    Classificação final do professor da Escola do grupo A 70.25%
    Classificação final do professor da Escola do Grupo C 115.56%
    O Professor da escola do Grupo D, pode escolher a Escola A para Leccionar, quanto ao professor da escola A resta-lhe, escolher outro estabelecimento de ensino, ou o fundo de desemprego, dependendo da sua posição na Classificação Geral Nacional!


    No 7º; 8º e 9º e no 10º; 11º e 12ºAnos a Classificação final Nacional dos Professores Vai ser obtida tendo em conta:


    Nota dos Alunos no 7º ou 10º ano (25%)
    Nota dos Alunos no 8º ou 11º ano (30%)
    Nota dos Alunos no 9º ou 12º ano (45%)

    Resta explicar o que fazem os professores que foram despedidos por terem a pior classificação…

    Pois a esses, acontece o mesmo que a qualquer profissional que perde o seu emprego, alem do subsídio de desemprego, tem como direito adquirido, procurar um novo emprego, pois para leccionarem, ficou provado que não servem, dediquem-se á pesca, ou ao raio que os parta, mas deixam definitivamente de prejudicar a geração de futuro, que se esta a tentar construir.

    RENDIMENTO SOCIAL DE INSERCÃO

    Todos os Alunos, em que os pais recebam RENDIMENTO SOCIAL DE INSERCÃO, tem por obrigação, ter nota positiva, pois caso contrário os pais perdem direito ao Subsidio.
    Caso o aluno, tenha nota negativa, no ano lectivo seguinte, continua a ter direito a apoio escolar, mas os seus papás e mamãs é melhor irem trabalhar, pois a ajuda aos pais pressupõe que os filhos tenham aproveitamento e se tornem úteis á sociedade que os apoia com a contribuição dos seus impostos!

    Não resolvendo certamente todos os problemas da educação em Portugal, depois de implementadas, estas medidas, a frase do deputado TIRIRICA, cai que nem uma luva…
    Votem nestas medidas, e sobretudo divulguem-nas pois como diz o slogan, VOTA TIRIRICA, POIS PIOR DO QUE ESTA NÃO FICA!
    Fiquem bem, e até breve…

13 comentários:

Anónimo disse...

Não sabes o que dizes!!!!
E os professores que leccionem no bairro do cerco onde a maioria dos alunos reprova!!!! desemprego!!! não presta!!!!
vai trabalhar que tu não sabes o que dizes!!!
Estás despedido.

Anónimo disse...

Não percebes nada do que dizes, com essas medidas todos os professores quererão seleccionar os melhores alunos, que estejam nas melhores famílias para as suas turmas,.... e o resto quem fica com eles? ficas tu? informa-te 1º antes de falares, ou propores o que não conheces,.... se quiseres eu consigo-te uns alunos a jeito, ficas com eles um mês, e depois se não conseguires resultados, falamos do teu subsídio de desemprego,... sei o que sentes mas estás errado,... as coisa não são assim tão fáceis,...mesmo para quem não tem de comer, eu bem sei que a maioria não quer vergar a mola,.... informa-te homem,... fala com professores,... ma o melhor é começares a ensinar crianças, principalmente aquelas que os pais trabalham 16 horas diárias e só se vêem ao fim de semana e é se tiverem sorte,... ainda não percebeste que quando um tipo vai estudar é para estabilizar a vida e não para ir para o desemprego,... além do mais se os professores não servem há que lhes dar formação,... não é colocar as pessoas no desemprego sem perspectivas e não é com formações da treta como as das novas oportunidades,... eu sei falas assim porque és ignorante em relação a isto mas informa-te,...

Anónimo disse...

continuando diz-me achas que a educação dos eua é a melhor?,...

Anónimo disse...

além do mais não são os professores que fazem os alunos, mas os pais e os próprios alunos, e eu provo-te isso da seguiinte maneira: se o aluno não estudar e os pais não tiverem mão nele para isso podes ter a certeza que não irá muito longe academicamente,... é aquela história dos alunos serem os seus próprios professores, sendo os professores mais orientadores,.,..

Anónimo disse...

João, és uma vítima do método que propões. Efectivamente pareces ter tido professores que se esforçaram por te dar notas altas, mas não fizeste nada para as merecer. Apesar de não teres capacidade intelectual para o compreender, digo-te que o sistema que propões na melhor das remotas hipóteses produzirá nulidades tão más como tu. És mais um jovem perdido, um fardo que os meus impostos vão ter que alimentar.

Anónimo disse...

Tudo somado e adicionado de umas cunhas, que é, infelizmente, o factor fundamental para se obterem objectivos de forma pouco transparente, mas usual na nossa sociedade, teriamos o caos no ensino em Portugal

fpessoal disse...

Ao autor deste blog: visite escolas, fale com os Professores, conheça a realidade de escolas problemáticas. Há maus professores? Há, como também há maus bloggers que usam o seu espeço para mandar "umas postas de pescada" sem conhecimento da realidade. O QUE PODE FAZER UM PROFESSOR COM UMA TURMA DE ALUNOS CUJA MAIORIA DOS PAIS SÃO DROGADOS OU ESTÃO PRESOS PORQUE O PAI MATOU A MÃE?? MIÚDOS REVOLTADOS COM A VIDA QUE AGRIDEM COLEGAS E PROFESSORES EM PLENA SALA DE AULA?? Teóricos há muitos. Nessas escolas os bons professores são uns heróis. ESTÃO A ATACAR O PROBLEMA DA FORMA ERRADA!!!

fpessoal disse...

Criou-se este estigma contra os Professores. Pergunto: o que é que sociedade ganha com isso? NADA! SÓ PERDE! Hostilizar os professores é como dar um tiro no próprio pé. O Professor tem, a seguir aos pais, o papel mais importante na construção do futuro do País. Porquê atacá-los? Porquê responsabilizá-los pelo insucesso dos seus alunos que tudo fazem na sala de aula menos estarem concentrados?? Um professor a tentar leccionar com alunos perturbadores é o mesmo que o caro blogger estar a escrever o que bem entende e estarem, ao mesmo tempo, a dar sapatadas nas suas mãos para que nada escreva... USE O SEU PODER COM RESPONSABILIDADE. SEJA SÉRIO E JUSTO. NÃO SEJA POPULISTA!!

Portugal Bipolar disse...

SG, concordo e subscrevo, existem bons e maus professores, e como vamos separar o trigo do joio? eu em educação I; II e III dei a minha opinião, ao olhar para os comentários (Que não serão apagados) não existe vontade de discutir este assunto, a vontade reinante é o BOTA ABAIXO! Deixa estar como está que só este ano, já receberam + 540 Milhões quando depois das eleições negociaram esta "PAZ PODRE" com a bênção de toda a oposição!

Portugal Bipolar disse...

fpessoal... E Soluções, farto de ouvir que este sistema não serve, estou eu! NÃO SERVE ESTE, NÂO SERVE AQUELE, NÃO SERVE NENHUM! O que serve é manter os, bons e os maus no mesmo cesto sem serem avaliados! Pois todos os modelos apresentados, ou não servem, ou são muito burocráticos, ou isto ou aquilo! Ou no meu caso, não percebo nada, alem de nulidade, até já de GAY fui chamado, como se isso fosse condição para se ter ou não opinião sobre o nosso sistema de ensino! Que existem escolas, onde os pais são drogados e se estão a CAGAR eu sei, mas são tipo 5 ou 10%! ENTÃO E OS EUTROS 90%??? E ALTERNATIVAS? E SOLUÇÕES deitar abaixo é fácil, para quem não apresenta soluções, se as minhas não servem para 100% das escolas, para 80 ou 90% encaixavam que nem uma LUVA! Tens ideias melhores??? Força! Vamos a isso! Agora bota abaixo... como dizia o PALHAÇO TIRIRICA... PIOR DO QUE ESTA, NÃO FICA!

Anónimo disse...

Total desconhecimento da realidade.

Anónimo disse...

Há ainda outro problema ... Se os profs fossem avaliados pelas notas dos alunos poderia dar-se o caso de no limite todos os alunos obterem 20 valores.

Portugal Bipolar disse...

Como tinha dito anteriormente, as notas dos alunos tem por base a nota do professor (70%) + a nota do exame nacional (30%).
Na classificação dos professores só conta a nota dos seus alunos em exames nacionais e esses vão ser mais difíceis que no ano anterior…