domingo, 23 de janeiro de 2011

À falta de melhor, volto a não votar.



Andei ás voltas o dia todo!
Voto…não voto?
Não votei.
Não testei o Cartão do Cidadão que adquiri em Agosto, depois de um dia de seca passado na Loja do Cidadão. Link
Hoje deu raia para os eleitores com Cartão do Cidadão. Link
O meu voto seria NULO e nesse caso iria para o candidato com mais votos (Cavaco).
Isso eu não consigo, é pedir demais a um mortal pensante como eu.
Cavaco Silva eu não voto.
HÁ falta de melhor, volto a não votar.
Este digníssimo personagem, quando em 2016 abandonar a Presidência esteve 22 anos nos mais altos cargos de Portugal.
2 Anos como Ministro das Finanças
10 Anos como 1º Ministro
10 Anos como presidente da república
Portugal está todo Fodido, este gajo quando a democracia festejar 40 anos esteve 22 no poder, e na recandidatura informa a TUGOLÂNDIA que se não fosse ele Portugal estaria muito pior.
Acabou com a agricultura e acabou com as pescas.
Trocou anos de protecção do país nestes sectores por 200 ou 300 milhões, não deixando de ser engraçado que actualmente necessitamos de 200 ou 300 milhões SEMANALMENTE só para sobreviver, comprando fora o que anteriormente produzíamos.
Apostou em sectores de mão de obra barata, e não teve nem tem uma estratégia para Portugal.
O que deixou quando saiu do governo foram BILIÕES de EUROS em fundos comunitários derretidos sem nenhuma aposta sectorial, já me bastava uma.
Fosse nas pescas onde somos o pais com maior ZEE da Europa, ou na agricultura onde com o nosso clima facilmente poderíamos ter uma agricultura forte, fosse na industria, mas não foi em nada.
De obra deixou auto-estradas…
É triste quando num país um homem deste "calibre" ocupa durante 22 Anos os mais altos cargos da nação.
É triste!

15 comentários:

Anónimo disse...

Não é "há falta", é "à falta". Obrigado por não votar.

Anónimo disse...

Muito boa essa correcção oh Doutor, e com o resto? Concorda?
Cavaco Silva obteve o voto de 2.221.832 portugueses. Nunca um Presidente da República foi eleito com tão poucos votos.

Eu também não votei.

Anónimo disse...

Sim, bela correcção

Anónimo disse...

HÁ! É melhor não votares. Claro que ouvi falar de uma coisa que se chama o voto em branco e que poderia ter um papel preponderante na manifestação de descontentamento dos portugueses... Mas é melhor os portugueses passarem por preguiçosos do que por descontentes convictos... Sabe tão bem manifestar o seu desagrade sentado no sofá!

CIDADAO PORTUGUES disse...

Gente mais estúpida que deixa os outros decidirem por si, abdicando assim de um direito precioso e de um dever cívico. Enfim, que cambada de tristes.

Portugal Bipolar disse...

Nas presidenciais não conta o voto em branco.
Só conta nas autárquicas e legislativas.
Link
http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=464605

Anónimo disse...

Olha lá ò cidadao portugues se há aqui alguém estúpido és tu, cada um faz o que quer com o direito de votar, inclusivamente não ir votar!Se não concordas tudo bem, agora vir para aqui chamar estúpidos e tristes é ridículo! Esta escumalha corrupta e mentirosa que se chama classe política não merece que eu perca o meu tempo a deslocar-me para ir votar!

Anónimo disse...

É triste que te ponhas aqui a gritar que não votaste aos 4 ventos...

Vivemos numa democracia, queixas-te de que o gajo que lá está é uma merda, no entanto, quando chega a hora de poderes mudar isso, ficas a dormir em casa...

Portugal é o país do faz de conta, é o país do que se foda... É o país de bestas que preferem ficar um dia inteiro em casa porque está frio e passarem 5 anos a queixarem-se...

Mas não me levem a mal, é sinal de que gostam, estão a ser fodidos por todos os orificios e estes actos anarquistas são a prova viva de que gostam, estão contentes com a merda que está lá, por isso tão-se nas tintas para se continua ou não.

Em democracia, o povo escolhe, é dado ao povo o poder de escolha, em Portugal, o povo deixa que os outros escolham, e quem é que escolhe ? Aqueles que de facto têm interesses para que este país continue no estado em que está.

Anónimo disse...

"queixas-te de que o gajo que lá está é uma merda, no entanto, quando chega a hora de poderes mudar isso, ficas a dormir em casa...". Mudar como? Votar em quem? Acha que há alternativas? Acredita nisso?

Anónimo disse...

Felicito todos os que decidiram não votar! tal como eu fiz! alguém aqui disse que Portugal é um pais de faz de conta, e tem toda a razão! Umas elites politicas e um sistema politico que não deslumbra que a maioria dos seus cidadãos não se revê no actual sistema e personagens políticos só é próprio do faz de conta de pais, governação e rumo que temos neste momento da nossa historia. Em Portugal, indecorosamente, através da democracia criou-se uma teia e sistema que serve apenas para servir os interesses de uns poucos em detrimento do Pais e de todos os cidadãos. Fazerem passar a ideia que o povo escolhe e tem a opção de mudar, é um insulto a decência e só revela a falta de ética, valores, princípios e dignidade dos actuais personagens que temos nas altas esferas sociais. Um sistema politico não é bom ou mau pelo sistema em si próprio, mas sim pelas pessoas que formam e dirigem o sistema, qualquer que ele seja.

Anónimo disse...

Não votou, então não tem moral nenhuma pra protestar contra o que quer que seja!
Já agora há uma coisa chamada: Voto em Branco.

Mas lá tá, preferimos ser PODRES e andar o tempo todo a dizer mal da vida!

E já agora, eu tenho Cartão de Cidadão e não tive problemas.
Se calhar é por ser um mau Português e não ter arranjado a saber qual o meu nº de eleitor só em cima da hora.

Portugal Bipolar disse...

Volto a repetir... o voto nulo ou em branco nas Presidenciais não conta, se os votos nulos ou brancos fossem validados teria de haver 2ª VOLTA!
Link
http://www.presidenciais2011.mj.pt/index.html

Anónimo disse...

Mas se toda a gente que decidiu n votar, tivesse ido votar em branco, se calhar fazia os políticos pensarem duas vezes.
é que o fica é que temos 5 141 550 pessoas, que são PODRES e/ou não sabem a quantas andam, e temos 191 171 que execercem o seu direito/dever e como não vêem alternativas votam em branco.
Quem não vota, não tem moral pra criticar!

Mesmo não tendo valor "legal", tem MUITO mais valor um voto em branco do que um "não voto"

Anónimo disse...

Meus caros, na verdade não votar, votar em branco ou votar um nulo é tudo a mesma coisa! É o mesmo que assinarem um cheque em branco para estes senhores colocarem lá o montante que querem gastar às nossas custas! E essa é que é a verdade, eles gastam o nosso dinheiro! E quem não decidiu votar por um opositor, deu a vitória e o poder a este presidente. É assim que funciona a democracia: quem cala consente! Numas próximas eleições decidam alguma coisa ou então juntem um grupo de pessoas e alinhem num movimento e elejam alguém que partilha da vossa opinião e ideais. Hoje me dia com a internet e telemóveis será muito fácil de se organizarem e lançarem novos movimentos de cidadãos para combater esta "partidocracia" em que se tornou a política!

Fisgas disse...

Quem vota em branco não faz mais que a sua obrigação e DEVER enquanto cidadão. Se nenhum candidato agrada tudo bem, consigo compreender. Agora quem não vota se calhar são os mesmos que depois se queixam que os que andam no poder são todos ladrões. Todos não digo mas muitos serão certamente, basta ver 1 telejornal e não faltam exemplos, agora quem não vota só tem é de aguentar e não chorar porque NADA fez para tentar mudar.
Agora falando dos que votam, alguem me explique 2 coisas que eu com menos de 30 anos ainda não consegui perceber, e digo 30 anos porque se calahr ainda não entendo porque ando cá à pouco tempo.

1º. Porque é que depois do 25 de Abril só vimos no poder 2 partidos, que vão governando à vez apesar do país não passa da cepa torta? É que se o país está como está deve-se exclusivamente a quem nos (des)governa, e em mais de 30 anos de democracia a maioria dos portugueses ainda não percebeu que andar a saltitar entre PS e PSD só tem enterrado o país, então essa gente só merece o país que tem porque não abre os olhos. É caso para dizer quanto mais me bates mais gosto de ti? Pensando bem pois deve ser isso.

2º Como é possível reeleger o Cavaco que como o post diz e muito bem, não fez nada pelo país. Durante a sua fase como 1º Ministro deu o que ao País? O CCB e as já faladas autoestradas, será que isso não é pouco para um País Europeu? Pois pelos vistos para muita gente, os tais que votaram nele, isso chega e sobra!


Acho que quem votou cavaco porque, como ouvi um popular num telejornal dizer "é uma pessoa muito culta e bem formada" é o mesmo que se auto-diagnosticar como demente porque após ANOS nos mais altos cargos do país de que nos valeu essa pessoa culta e bem formada, NADA. Isto não é um concurso de cultura geral ou de bons modos, é o nosso país e futuro que está em causa, para quê insistir em quem já demonstrou incompetencia?
Além disso quem votou nele porque vê esse voto como protesto contra o governo, não se esqueça que este mesmo cavaco tem promulgado todas as leis que nos vão lesar mais, ou seja, não vejo o voto no cavaco como qualquer tipo de protesto contra o actual governo se ele próprio não faz valer o seu poder de "mandar as leis para trás".




Para terminar que isto já vai longo, resta-me dizer estou licenciado à 2 anos, numa área onde o país está carente, e nem na minha área nem noutra arranjo colocação. E desculpem lá se depois de 5 anos na universidade sem deixar cadeiras para trás - leia-se tirei um curso de 5 anos em 5 anos logo não me metam no saco dos que passam lá 8-10 anos a "pastar" - ambiciono mais que um emprego fora da minha área. E reparem que nem falo em dinheiro, até o ordenado mínimo me contentava, só queria era arranjar trabalho na minha área de formação. Em contra ponto a isto vejo colegas meus a arriscar fora do país e rapidamente arranjam colocação, até em Espanha que supostamente está tão atolada como nós e com taxa de desemprego assustadora. Conclusão, antigamente emigravam para sobreviver, ou seja exportavamos mão de obra barata. Hoje em dia exportamos tecnicos superiores porque cá poucos se safam.