quarta-feira, 3 de março de 2010

www.Pordata.pt


Aqui temos algo de que todos nos devemos orgulhar.
-Ganhamos o campeonato do mundo?
-Não?
-Construímos um grande monumento (CCB) que inicialmente foi orçamentado em 32.5milhões e acabou por custar 200milhões sem ninguém ir preso?
-Construímos mas não devemos ter orgulho nisso, pois todos pagamos bem caro esta incompetência.
Fomos á lua?
-Não
Projecto. Dono do Pingo Doce e Jerónimo Martins homenageia avô materno
Entidade recebe de dois a cinco milhões de euros por ano
Alexandre Soares dos Santos, presidente da Jerónimo Martins, anunciou ontem a criação de uma nova fundação, que visa estudar os grandes temas nacionais. António Barreto será o presidente da Fundação Francisco Manuel dos Santos, nome do avô materno de Alexandre Soares dos Santos que deu início ao grupo Jerónimo Martins - uma das maiores empresas da distribuição em Portugal, que detém as marcas Pingo Doce e Feira Nova.
"Promover e aprofundar o conhecimento da realidade portuguesa", procurando assim "contribuir para o desenvolvimento da sociedade, o reforço dos direitos dos cidadãos e a melhoria das instituições públicas", é o objectivo da Fundação, explicado nos estatutos da mesma.
Assim sendo, a justiça, o ensino da matemática e do português, a morosidade dos tribunais, a proveniência dos estudantes universitários e as condições de acessibilidade aos centros de saúde são alguns dos exemplos dos temas que serão estudados pela Fundação, que se propõe elaborar todos os anos um "Livro Branco" sobre um tema relevante para a sociedade. O objectivo é, para já, lançar dois a três grandes estudos, e também outros de dimensão média, em igual número. Os primeiros serão conhecidos em Abril.
Apesar de afirmar que esta entidade não terá qualquer ligação directa ou institucional com o grupo Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos salienta que a fundação pode ser entendida como uma "justa retribuição à sociedade portuguesa, que tanto deu e continua a dar ao grupo".
O financiamento desta entidade será diferente das restantes, já que não tem uma dotação orçamental inicial muito grande. Este ano, a Fundação Francisco Manuel dos Santos recebe um milhão de euros, e nos próximos sete anos terá um orçamento anual entre dois a cinco milhões.
Além de António Barreto, que está a trabalhar na constituição da fundação desde Outubro, o Conselho de Administração do organismo é composto também por José Soares dos Santos e José Quinta.
Alexandre Soares dos Santos é o presidente do Conselho de Curadores da fundação, que inclui nomes como António Araújo, Carlos Moreira da Silva, Isabel Jonet, João Lobo Antunes, Joaquim Gomes Canotilho, Luís Valente de Oliveira, Manuel Braga da Cruz, D. Manuel Clemente, Rosado Fernandes e Vasco Santos.
Nascido em 1876, Francisco Manuel dos Santos foi o comerciante que em 1921 comprou as lojas Jerónimo Martins e deu início ao que se viria a tornar num dos maiores grupos de distribuição nacionais.

1 comentário:

  1. Hеllo there, just beсame аwarе of youг blog thгough Google, and
    fοund that іt's really informative. I am going to watch out for brussels. I will appreciate if you continue this in future. A lot of people will be benefited from your writing. Cheers!
    My site: Factualdesign.Com

    ResponderEliminar

;)