quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Perfect Storm! Parte I


Estávamos no ano de 2008, e este rapaz andava a trabalhar á 10 meses para uma empresa em regime de freelancer, a empresa, de seu nome L.N. Ribeiro.
Os pagamentos foram sendo protelados, por isto, por aquilo, agora não dá, falamos no próximo mês…etc…etc…etc.
Como não era o meu único cliente, os negócios foram seguindo e o trabalho também.
Quando depois do verão, olhando para os números, chego á conclusão, que já me são devidos 5 meses de trabalho, uma luzinha vermelha dá o alarme!
Alto e para o baile, por este andar, qualquer dia não tenho dinheiro nem para a sopa.
Com as exigências a aumentar de mês para mês, e o dinheiro a tardar em chegar o futuro era facilmente previsível…
Aceito todas as vossas exigências, cumprirei com todos os trabalhos que me são propostos, mas…
Trere's always a but!
Tenho de receber o que me é devido, não há dinheiro, não há palhaços!
E assim foi! Não houve dinheiro, que era o objectivo deles desde o inicio!
No mês seguinte, instala-se o pânico a nível mundial!
O Lehman Brothers faliu, e eu pensei, estou todo entaladinho!
Então passei 5 meses a trabalhar, para receber ZERO, e agora o 3º maior banco Americano foi ao ar!
Não recebo, mas tenho de pagar o IVA! sobre tudo o que facturei! pois...até doi!
Desde a primária que eu tenho a sensação de ser bastante mais estúpido do que muitos e mais inteligente que a maioria, não me perguntem porquê, são sentimentos, e esses não se explicam.
É assim e pronto! Feelings… cada um tem os seus…
Por essa altura, eu tinha como um dado adquirido que teria de arranjar maneira de sobreviver a uma tempestade perfeita, mas como, durante quanto tempo?
Eram essas dúvidas que me tiravam o sono.´

A resposta á segunda pergunta julguei na altura ser a mais simples.
Bastava arranjar maneira de sobreviver 1 ano, se isso fosse conseguido eu sairia vitorioso de mais um desafio da vida!
Restava portanto encontrar maneira de sobreviver, e 12 meses passam a correr!
Estava eu a tentar encontrar soluções para a pergunta como me vou desenrascar durante 12 meses, quando recebo um telefonema do"meu banco"
Devido á crise mundial, estamos a "oferecer" aos nossos clientes 10.000€ para que possam enfrentar melhor esta crise… aceita?
Fiquei pasmado! Então o "Meu Banco" já telefona para minha casa às 21.30Horas a "Oferecer" dinheiro?
Um dos muitos defeitos deste vosso amigo é ter a boca ligada directamente ao cérebro…
O que penso digo! TUDO! É assim, cada um tem os seus defeitos, e eu não me escondo atrás das minhas imperfeições!
Resposta ao "Meu Banco"
  1. A senhora vai-me desculpar, mas…eu não a conheço de lado nenhum! Todos os assuntos que eu tiver que tratar com o "Meu Banco" serão esclarecidos amanhã com o meu gestor de conta, é para isso que eles servem!
  2. Como o meu gestor de conta sabe, eu tenho património, avaliado pelo "meu Banco" em 100.000€ (Livre de ónus/ encargos)
  3. 10.000€ Não resolvem nem metade dos meus problemas, foram 5 meses a trabalhar de BORLA…
  4. Agradeço que não me voltem a telefonar, muito menos a esta hora, que em minha opinião não é altura para tratar desses assuntos!
Quando no dia seguinte me desloquei ao "Meu Banco", fiquei a saber que, os 10.000€ que me eram "Oferecidos" ficariam ligados ao meu empréstimo á habitação (25 ou 30 Anos), mas com um spread 6 a 7 vezes superior!
Muito bem, isso é que é negócio! Claro que nem pensar!
Meus caros, alem do livro de reclamação, que quero IMEDIATAMENTE em cima da mesa!
Ficam PROIBIDOS de me Voltar a telefonar para casa em horas que são reservadas á família!
Ficam PROIBIDOS de me voltar a telefonar, por outra pessoa que não seja o meu gestor de conta!
Até hoje posso confirmar que o "Meu Banco" cumpriu!
Continua…

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)