segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Perfect Storm III_entre a salvação e a estucada final


Seguindo a saga, eis que a Tugolândia está no centro da tempestade.
Como anda muita gente a dizer á pelo menos 180 dias estamos todos entaladinhos!
Há pois é!
Com necessidades de financiamento a rondar os 40 mil milhões de € em 2011(Link) aqui estamos firmes e hirtos á espera da estucada final.
Os bancos valem menos 80% do que valiam em 2007 o que agrada a muita gente…
Não temos poupança nem produtividade suficiente para as necessidades de curto prazo.
Temos dividas antigas, que vencem em 2011 que não temos dinheiro para pagar e temos as dividas correntes pois necessitamos de mais dinheiro do que produzimos.
Nada disto é novidade, pois desde 1975 todos os anos pedimos dinheiro.
Com fundos da CEE com inflação de 2%/ano ou Sem Fundos da CEE com inflação a 20%/ano, o saldo foi sempre negativo e agora quem emprestou exige garantias de que o dinheiro é para pagar, e para pagar temos de produzir mais do que necessitamos…
Enquanto não entendermos que como país temos de dar lucro, quem de momento tem dinheiro dita as regras e no final ganha muito dinheiro com isso.
Neste momento comprar os maiores bancos privados portugueses é mais barato do que comprar o BCP em 2007 ou o BES.
Neste momento custa tanto comprar o (BES+BCP+BPI) como custava em 2007 comprar o BPI que é o mais pequeno.

Valores dos Bancos em 2007
BCP – 18 mil milhões
BES – 13 mil milhões
BPI - 6 mil milhões
Valores dos Bancos em 2011
BCP – 2.5 mil milhões
BES – 3 mil milhões
BPI -  1 mil milhões

Neste momento em que estamos aflitinhos, comprar a base da economia portuguesa custa pouco mais 6 mil milhões de euros.
O BES não vai mudar de mãos é e será da familia salgado, mas BCP e BPI...

Portugal tem 5 milhões de imigrantes espalhados pelo mundo.
Como podem os imigrantes salvar portugal e ganhar dinheiro com isso?
Continua...


Saga
Perfect Storm
Perfect Storm II

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)