terça-feira, 20 de maio de 2014

Renegociação Eólica ou 12.500 milhões de €uros a voar com o vento?


 
 
Esta renegociação parte do pressuposto que as circunstancias mudaram dramaticamente desde a assinatura dos contratos Eólicos.

Basicamente estamos falidos e 1 país falido não pode continuar a suportar presos de produção de eletricidade a 100€/MW quando o mercado tem disponível energia a preços médios de 49€/MW.
Pior, com todo o investimento Eólico realizado, existem noites em que a produção Eólica total é superior às necessidades de Portugal, chegando o preço de venda de energia no mercado SPOT a valores próximos de 0€ / MW de energia.
E aí exportamos, para Espanha, que posteriormente exporta para Marrocos a preços de arromba, entre 0€ e 20€ por MW, é que Espanha tem o mesmo problema que Portugal, a capacidade Eólica instalada é igualmente enorme…

O mais engraçado de toda esta historia é que independentemente de Portugal exportar energia Eólica para Espanha a 10€ MW ou menos, não invalida que cada consorcio receba por essa energia 95€; 100€ ou mesmo 110€ / MW.

São contratos assinados e os contratos são para cumprir…

Vamos portanto pagar perto de 100€/MW por energia que encontramos no mercado a menos de metade do preço, temos de pagar por toda a energia produzida e os contratos acabam entre 2030 e 2040.

Desde 2007 até 2013 compramos energia Eólica a mais do dobro do preço a que a mesma energia poderia ser adquirida no mercado, gastámos 6.068 milhões de euros a comprar energia que poderíamos adquiria por 3.118 Milhões de Euros.

Desde 2007 gastamos 3 mil milhões de Euros desnecessariamente, pior, estas contas são para o preço médio de energia vendido em Portugal, sendo que de noite quando a oferta Eólica é maior os preços são ainda mais baixos.
A valores de 2013 anualmente gastamos 1.099 milhões de Euros a comprar energia Eólica, quando a preços MÉDIOS de mercado obteríamos a mesma energia por 573 milhões de Euros… 

Eu diria que chegou a altura de negociar, depois de negociar com os produtores de energia Solar é altura de fazer o mesmo para a energia Eólica.

Porquê?
Porque simplesmente não podemos continuar a suportar esses encargos.

Meus amigos, não pagamos mais!
- Já “renegociamos” os contratos estabelecidos com reformados e pensionistas.

- Já “renegociamos” os contratos estabelecidos com funcionários públicos.

Chegou a vossa vez, porque é dinheiro que não temos, só isso! 

Como somos 1 país de bem, todos os consórcios existentes de produção de energia Eólica em Portugal não podem nem devem ser prejudicados por 1 país entrar em bancarrota. 

Até 2014 foram assinados mais de 150 contratos a 25 anos com diversos grandes produtores Eólicos em Portugal.

Todos os produtores em 2015 vão receber a energia entregue na rede a preço de mercado, o mercado é livre, o preço não é controlado pelo governo, sendo esse o preço a receber pelo consórcio.

Em alternativa aceitam receber 1.2 Milhões de €uros por cada MW já instalado em Portugal, deduzindo todos os valores já recebidos e passando a receber por MW produzido o valor de mercado.
Teremos alguns MW de ólica a negociar no Senhor dos Aneis, para a Madira e Açores, mas sobre isso falamos mais tarde.

O investimento realizado de 2007 a 2014 em Portugal permitiu a instalação de 4.700MW a que corresponde um investimento total de ± 5.640 Milhões de €uros.

Portugal entre 2007 e 2013 já pagou por energia Eólica 6.068 Milhões de €uros, meus caros, não dá!

A valores de mercado chegamos a 2031 e gastámos 25.865 Milhões de euros em energia Eólica quando poderíamos comprar a mesma energia por 12 ou 13 mil milhões de €uros.  

A brincar a brincar em 25 anos são perto 12.500 milhões de €uros a voar com o vento!
 



 Pagamentos anuais (Estimados até 2007):

2004 – 117.3 Milhões (Estimativa)
2005 – 240.3 Milhões (Estimativa)
2006 – 349.5 Milhões (Estimativa)
2007 – 379.7 Milhões
2008 – 547.7 Milhões

2009 - 695.1 Milhões
2010 – 821 Milhões
2011 - 851.3 Milhões
2012 - 966 Milhões
2013 – 1.099 Milhões
2014 -
1.099 (Estimativa)

Só existe uma saída, RENEGOCIAÇÃO!

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)