segunda-feira, 23 de maio de 2011

Inicio Oficial da Campanha Eleitoral


A terminar a pré campanha tivemos então o esperado debate entre Sócrates e Coelho.

Confesso que esperava que o nosso coelhinho fosse devorado, era a ideia que tinha.

Mas não foi, abanou um pouco quando andamos pela Segurança Social, mas aguentou-se, podemos dizer que não houve um claro vencedor no debate.

Eu a muito custo ainda assisti a 30 minutos, confesso que foi desgastante, mas algo me despertou a atenção, independentemente do “atirar de culpas”, notava-se algum nervosismo de ambos.

Ambos tinham consciência de estar a jogar o seu futuro politico e isso ficou claro e evidente durante o debate, o que não ficou assim tão transparente é que ideal, que caminho.

Qual o rumo a dar a este país para que dentro de 20 Anos Portugal seja dos países mais desenvolvidos e com melhor qualidade de vida do mundo.

-Quais serão as principais apostas sectoriais desta década?

-Qual o Rumo da nossa Agricultura e pescas, onde importamos 50 a 80% do que consumimos?

-O que fazer com a saúde? Que saúde podemos pagar?

-Justiça??? Enquanto a justiça não funcionar, todas as reformas são inúteis.

-Para quando a avaliação de todos os funcionários judiciais?

-Educação? Pois aqui temos outro problema, é que os professores são 200 mil, são muitos votos.

-Sempre o medo dos grupos de pressão, passaram mais de 6 anos, e avaliação por mérito não existe.

Existem na escola (x) 3 professores de matemática, mesmo que nas turmas de determinado professor, as notas dos seus alunos sejam muito superiores ás dos outros e ás da própria escola isso não conta.

O que conta é se esses professores são ou não titulares, e quantos anos de ensino já tem… Mérito? Vamos lá esquecer isso.

Espero que o debate tenha servido para quem estava indeciso e espero que dia 5 de Junho todos, mas TODOS vão votar.

Votes para a esquerda, ou para a direita, espero que votem de acordo com a vossa conciencia, mas votem!

Se não souberem em quem, não se preocupem, podem fazer como eu, votam nulo!

Mas votem!

Para quem como eu já decidiu faz tempo, força! Só faltam 15 dias de campanha! O pessoal aguenta mais 15 dias de demagogia…

4 comentários:

  1. Gostaria de salientar que os professores não devem ser avaliados pelas notas dos alunos, senão podemos assistir a uma sobreavaliação das mesmas, deturpando a seriação para as faculdades.
    É esse o único motivo de eu ser a favor dos exames nacionais pq todos estão em pé de igualdade, quer privados quer publicos

    ResponderEliminar
  2. Boas R+,

    Os professores DEVEM ser avaliados pelas notas dos alunos, mas...
    Em exames nacionais e tendo em conta a média da propria escola para não comparar 1 escola em belem com outra na pixeleira...
    Tambem não podemos estar sempre de acordo...
    hehehehe

    ResponderEliminar
  3. lol, assim já percebo melhor a tua ideia, mas considero-a um pouco utópica...
    não sei, não sou prof, mas detestaria que o meu salario dependesse duns "pirralhos" XD

    cumps!

    ResponderEliminar

;)