quinta-feira, 14 de julho de 2011

Minimos de sempre é para vender_Resposta a Arqmarq


Vou contar uma pequena história…

Era uma vez, um senhor chamado Joe Berardo, este senhor chegou à Tugolândia com dinheiro fresquinho, ganho alem fronteiras!

Começou a Investir num banco chamado BCP, comprou…comprou…voltou a comprar e as acções sempre a subir (a guerra era grande!) pediu dinheiro à CGD e comprou ainda mais!
Este senhor comprou BCP entre os 3€ e os 5€! (No Coments)
Entretanto chegou a crise e este senhor não vendeu, afirma que só se perde dinheiro quando se vende, como tal guardou todas as acções que tinha!
Como tinha dado as acções como garantia à CGD sobre o empréstimo contraído e as acções continuaram a baixar, teve de dar garantias adicionais!

Como facilmente se pode constatar pelo gráfico no final de 2008 o BCP tocou mínimos de sempre, a o nosso amigo não vendeu…em 2009 o BCP testou novos mínimos e ele não vendeu…de mínimos em mínimos se o “Nosso amigo” tivesse vendido tudo do BCP quando em finais de 2008 tocou nos mínimos de sempre e tivesse guardado o dinheiro até agora e comprasse aos preços actuais tinha neste momento 5 vezes mais acções do que as que guardou!
Sobre mínimos julgo que estamos conversados, o mercado tende sempre a procurar novos mínimos, sobre os máximos é o inverso, basta virar o gráfico e a conversa ao contrário!
Quanto ao resto das tuas dúvidas, resposta só por email…eu cá tenho as minhas razões…

Maximos de sempre é para comprar!
Cps

Jony

2 comentários:

  1. Então quando é que é suposto voltar a comprar BCP? Quando voltar aos máximos de sempre? :) É que se for assim nunca mais ninguém vai comprar BCP!!!

    ResponderEliminar
  2. Boas MF, Este Post vem em resposta a um comentário de Arqmarq segue o link e entendes o que penso sobre o assunto.

    http://oportugalbipolar.blogspot.com/2011/07/perfect-storm-iv-os-imigrantes-2-parte.html#comments

    Cps

    Jony

    ResponderEliminar

;)