quinta-feira, 7 de abril de 2011

Perfect Storm XXIII_funcionários públicos

Com a intenção de reduzir a despesa com salários e prestações sociais de 87% da receita para 70% da receita ou menos aqui está o jony a apresentar-se ao eleitorado!


Caros cidadãos, se eu for eleito, prometo não baixar os ordenados a nenhum funcionário público! A não ser a pedido expresso dos próprios!

Zé Povinho – O Jony, tu estás maluco? Então com esta crise tu estás a prometer coisas que não podes cumprir?

Jony – Zé-povinho e restantes cidadãos da Tugolândia, se eu for eleito prometo, que por cada mentira que eu disser na campanha, corto um membro do meu corpo!

Zé Povinho – O Jony, tu estás demente? Então vais ficar sem pernas e sem braços? Vá lá no limite como és do sexo masculino vamos contar 5 membros… então e para inicio de conversa prometes não baixar salários a todo o funcionalismo público? Eles até são poucos…ou estás a contar que venham todos em peso a implorar para que lhe baixes o salário?!?

Jony – Zé-povinho e restantes cidadãos da Tugolândia no final do ano passado o número de funcionários públicos era de 675.048 trabalhadores, face aos 747.880 existentes em 2005!

Na Grécia ficaram sem o 13º, 14º e 15º mês de ordenado nós para cumprir o mesmo objectivo, temos de reduzir o número de F. Públicos para 500.000 ou 550.000 no maximo! aqui está uma redução de 18.5% sem baixar 1 unico ordenado!

A escolha é simples ou alem dos cortes já efectuados em 5% e 10 % no salário, como temos de reduzir a despesa ou despedimos depois de serem avaliados e chegamos a 550.000 ou tem de perder 2 dos 14 ordenados que tem, para já, depois logo se vê! A escolha é vossa, as regras são do FEEF e do FMI!

Não há dinheiro não há palhaços!

Zé Povinho – boa jony, vejo que manténs os 5 membros mas com essas medidas acabaram de voar no mínimo 675.048 Votos… é a vida!

Sem comentários:

Enviar um comentário

;)