quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Greve Geral - O cúmulo da estupidez!

Bem-vindos a mais uma Greve, desta vez Geral!
Geral, para o funcionalismo público, pois desde o milénio passado que só esses fazem greve, os restantes trabalhadores deste país que são aproximadamente 4.5 milhões quando não estão contentes mudam de emprego.

São opções…
São igualmente comportamentos.

São esses comportamentos que brevemente irão mudar.
Mas, vamos olhar mais de perto para as empresas, sectores e pessoas que estão em protesto…



-A C.P. faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?

-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A REFER faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?

-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A CARRIS faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A STCP faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-O Metro de Lisboa faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-O Metro do Porto faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A Soflusa e Transtejo fazem greve?
-Sim!

Como estão estas empresas?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

-A TAP faz greve?
-Sim!

Como está esta empresa?
-Em falência Técnica.

Existem regalias e subsídios injustificados?
-Sim das administrações ao mais simples trabalhador.

Temos portanto o sector dos transportes todo em protesto, sector esse que é importantíssimo para a economia, pois sem transportes é bastante mais complicado a maioria das pessoas chegarem ao seu local de trabalho.

Todas as empresas de transporte estão falidas e não existe dinheiro TROIKANO para elas como já foi abundantemente frisado neste espaço.
Que outros sectores de actividade estão parados?

-Bem, temos a Educação por exemplo!
E na educação, os seus profissionais são avaliados?

-Não, o seu ordenado nada está ligado a performance mas sim ao tempo de serviço, não sendo por isso possível premiar os bons…
Podem ser despedidos?

- Não, não existem despedimentos no sector da educação…
Portanto temos os transportes dificultando a vida a quem quer trabalhar, e temos a educação dificultando a vida a quem quer trabalhar e tem filhos…

E mais, existem mais sectores paralisados?
Claro que sim, nem seria a Tugolândia se a história acabasse aqui!

Temos a Justiça!
E na justiça, os seus profissionais são avaliados?

-Não, o seu ordenado nada está ligado a performance mas sim ao tempo de serviço, não sendo por isso possível premiar os bons…
Podem ser despedidos?

- Não, não existem despedimentos no sector da justiça…
E é “SÓ”?

Falta a Saúde, onde existem exactamente os mesmos problemas…
Não são premiados os bons, não são despedidos os maus, os ordenados correspondem ao tempo de casa…etc…etc…etc….

Em pouco mais de 30 anos pedimos assistência financeira ao exterior 3 vezes.
Por três vezes informamos que não temos capacidade de pagar a nossa dívida.

Nestes 30 anos temos milhares de dias de paralisações várias, não tendo com isso melhorado as condições da maioria dos trabalhadores, nem das empresas.
Salvo raras excepções não temos empresas competitivas no mercado, vivendo a sua maioria na sombra do estado, explorando com isso toda a população portuguesa.

Não temos igualmente trabalhadores bem pagos, quando olhamos para o resto do mundo desenvolvido…
Alguém sabe qual o cúmulo da estupidez?

O cúmulo da estupidez é fazer sempre a mesma coisa e esperar um resultado diferente…
Vamos sair do euro?

Claro que não, com esta mentalidade o futuro será certamente risonho!

Próspero!

Dúvidas?!? 

6 comentários:

Anónimo disse...

Se não tivesse havido greves, hoje teríamos condições de trabalho muito piores. Penso que isto é inegável.
Sendo assim respeito a greve.

Deixo aqui um site de esquerda que considero muito interessante pelas informações (muitas vezes objetivas.. e outras não) que tem:
www.resistir.info

FD

Portugal Bipolar disse...

Boas FD,

Eu tenho o grande defeito de achar que 1 pau tem sempre 2 bicos.
Sendo verdade o que afirmas, não deixa de ser igualmente verdade que a maioria dos povos do norte da Europa não tem o "direito adquirido" a 14 ordenados (mais uma das conquistas de Abril).
Mas no final do ano ganham muito mais que os Portugueses pelo mesmo trabalho.
Será coincidência?

Anónimo disse...

Essa dos 14 ordenados sinceramente é só areia areia para os olhos.
Sabes que em UK se recebe à semana? Então dizemos que eles recebem 48 ordenados por ano? Vamos então retirar-lhes 36 ordenados para ficarem com 12 ordenados? Isto é só demagogia.
A única conversa válida é: (preço mão obra)/hora e é óbvio que desde há muitos anos o nosso caminho tem sido o embaratecimento do nosso preço.. Para mim o principal problema de competitividade de Portugal é a falta de sector secundário.. no sector terciário já somos muito bons e altamente especializados.. mas só isso não basta...

FD

A. Ramos disse...

Muito bonito quando se lê o elenco de desastres. Mas o problema é que no meio de verdades há meias verdades e completas falsidades. Desconhecimento? Imagino que sim. Mas já me dizia não sei quem que quando não se sabe é melhor ficar calado. Do meu sector sei, dos outros não faço ideia pelo que não me manifesto. Mas relativamente à não avaliação na Justiça lembro-lhe só que a avaliação do juiz Rui Teixeira esteve suspensa por causa de dois fulanos do PS no CSM. Ora se a avaliação esteve suspensa deve ser porque existe.... digo eu.
E na verdade existe. Chama-se inspecção e é de quebrar as costas a qualquer um. O concurso a lugares depende dessa avaliação. Talvez não soubesse isto, mas não faz mal. Nestas alturas interessa é navegar no populismo demagogo barato. É isso que dá "público". Continue.

Portugal Bipolar disse...

Obrigado pelo comentário, como deves calcular temos opiniões diferentes...
Mas...vamos a factos...
Olhando para as minhas falsidades...
Em boa verdade todos os professores são avaliados, tendo na sua avaliação Bom; Muito Bom ou Excelente!
Tem igualmente garantido que chegam ao topo da carreira em tempo útil...
Voltemos à Justiça!
Quantos Juízes chegam à reforma sem estarem no topo da carreira?
E os nossos amigos Oficiais de Justiça?
Eu que nada entendo de Justiça, pergunto?
Também são avaliados?
E quantos chegam à reforma sem atingirem o topo da carreira?
Quantos já foram acusados por quebra de segredos judiciais?
Sabias que só existe 1 país com mais funcionários judiciais por cada 1000 Habitantes que Portugal?
Esse país é a Itália!
Se a justiça funcionasse bem em Itália não teriam certamente a Máfia mais famosa do mundo!
Tenho realmente falado pouco de justiça neste espaço, prometo mudanças para breve, como sucedeu nos transportes!
Tenho dito...

Anónimo disse...

Apos este tempo todo, e apos greves feitas e ves este pais a afundar-se com a serenidade e paspalheira do povo em estado catatonico e ainda a chocar tromboses por tudo quanto e trabalhador que trabalha como um burro de carga desde sempre a pagar as dividas dos outros (BPN, BPP) e nao ha quem faca uso da Justica que nao deixa, e sera sempre, ser politizada em prol de quem governa, fazendo e criando mais leis, por mais desviadas que sejam da sua CRP, em defesa de concluios e unioes e joguinhos de partidos com PPP's e demais empresas publico-privadas com finalidade de preservar poleiros e tachos para amigos e familiares, entre politicos e as familias ricas deste pais que e controlado pelos cordelinhos, as marionetas pelos dedos de quem tem e e dono do poder em portugal, o poder descontrolado, sem controlo de Justica que devia regular rapida e eficientemente cada passo dado naquele antro a que chamam Assembleia.

Quanto aos subsidios que falas, em todos os paises ha subsidios e regalias da parte de quem trabalha, E E BEM MERECIDO DA PARTE DE QUEM TRABALHA!!!

Quem nao trabalha e nao produz, esses meu caro deixa-os andar ate sentirem a pressao de terem de fazer uma decisao na vida, ou trabalha ou e apanhado na linha do crime e vai para a prisao com trabalho forcado, porque subsidios e fundos de desmprego e toleravel mas ha limites para tudo, o governo e responsavel em orientar o pais para o desnvolvimento, usar os seus recursos e o uso deles de forma sensata e razoavel.

Quanto as mexeriquices na educacao... nunca os professores tiveram tao baixo nas suas carreiras com falta de formacao e depois veem classificalos quando estao a leccionar? E uma atitude demagoga e estupida e cinica!!! Sao os alunos e uma futura sociedade que se perde! O governo anda a brincar com as pessoas ou entao esta espera que tudo gire sobre rodas, ou entao anda a atirar areia para os olhos das pessoas para que continuem impavidas, serenas, catatonicas e BURRAS para evitar competicao nos seus cargos de pre-eleicao previligiada por concluios e Mafias.

Concursos publicos? Es amigo de alguma familia muito rica? Es militante acerrimo? Es "amigo"? TA GANHO!!!

As greves meu caro tambem sao para denunciar oque vai por aqui fora... nao e so para parar o pais, e para denunciar que quem tem o poder se esta a esquecer de alguem... e com isto o desemprego esta em 15,3%...