domingo, 17 de junho de 2012

Portugal -O Senhor dos Anéis - Armazenamento de Energia – Arquipélago da Madeira (Cap. 29)

Chegamos por fim à Madeira.

As necessidades energéticas do Arquipélago da Madeira variam entre os 100 MWh e 115 MWh, representando Porto Santo um consumo de 3MWh a 6 MWh.
No conjunto o arquipélago da Madeira e dos Açores tem consumos idênticos, se nos Açores em média 98MWh chegam para as necessidades a Madeira necessita de 109MWh.

Se os consumos energéticos são idênticos em ambos os Arquipélagos o armazenamento de energia também o será.
Se no Arquipélago dos Açores foi considerado um total de 508 MW para armazenamento de energia, a ilha da Madeira ficará com 500 MW e Porto Santo com 40MW.

Considerando o mesmo valor para armazenamento (2 Milhões/MW) o Armazenamento de energia no Arquipélago ficará por 1080 milhões de Euros.
A Madeira além de ser a ilha com maiores necessidades energéticas e a mais densamente povoada, acrescenta o problema da falta de espaço útil para o armazenamento de energia.

Pelo que pesquisei o único sitio onde se pode instalar o Armazenamento e a ligação por cabo marítimo é entre a marina e a ponta de São Lourenço.
Temos de considerar que parte da zona a ocupar é uma reserva natural “com vistas panorâmicas do Oceano Atlântico e de espetaculares formações rochosas; é uma paisagem única muito diferente do resto da ilha.
Se passear a pé poderá encontrar uma variedade de plantas diferentes como a erva gelada (Mesembryanthemum crystallinum), o cardo (Cynara cardunculus), a maçacota (Bassia tomentosa), a perpétua de São Lourenço (Helichrysum devium), o murrião (Helichrysum obconicum) e muitas outras.”


Eu realmente tenho muita pena do cardo, da erva gelada e de outros que tais, não podemos ter sol na eira e chuva no nabal.

Portugal não pode continuar a pagar perto de 200 milhões de Euros para que os Açores e Madeira tenham energia elétrica a preços suportáveis.
Eu tenho tanta consideração por um habitante da Madeira como do Minho, Alentejo ou Trás-os-Montes, mas não é justo a Madeira e Açores serem regiões Autónomas, Portuguesas, mas autónomas e depois ficarem com todos os impostos cobrados na região e ainda receberem verbas do Orçamento de estado.
Nos últimos 8 anos (desde 2003) a Madeira recebeu 2.010 Milhões de Euros e os Açores 2.811Milhões, o que dá uma média de 602 milhões/ano.

Só em energia elétrica cada português do continente paga mais 3 cêntimos por kw consumido para que a eletricidade nas regiões autónomas custe o mesmo que em Portugal continental e em cima disso ainda se junta mais 183,4 milhões em 2011 (99,3 milhões para os Açores e 84,1 milhões para a Madeira).
Que autonomia é esta que custa a Portugal continental tão caro?

Somos todos Portugueses mas a transferência de dinheiro para “realizar obra”
ACABOU!!

As ervinhas que me desculpem mas o armazenamento na Madeira é para avançar.
O que não pode acontecer é Portugal pagar anualmente 183 milhões para a EDP retirar o seu lucro, vamos considerar 10% (18M€) entregar o resto à Galp (165M€) que retira o seu lucro (16.5M€) e utiliza 150 milhões de Euros para anualmente comprar petróleo que transforma em fuelóleo e gasóleo que depois é transportado para todas as nossas ilhas para produzir eletricidade.

E mesmo assim a Madeira ainda contrai uma divida de 9 mil milhões de Euros?
Anda tudo doido?

9 mil milhões?!?!??!?
Só considerando a energia Madeira e Açores gastaram 3963 milhões no Senhor dos Anéis…

Armazenamento – 2096 Milhões
Cabo Submarino -   435 Milhões

Geotermia –           1240 Milhões
Perfuração -             192 Milhões

Com um custo de 4 mil milhões Portugal livra todas as suas ilhas da dependência de petróleo, 4.8 mil milhões foi a verba transferida do Orçamento Geral do Estado para as Regiões Autónomas nos últimos 8 anos, a Madeira gastou mais do dobro para se “modernizar e desenvolver” com os resultados que se conhecem…

Um Abraço e Viva Portugal!

2 comentários:

Anónimo disse...

Já pensou que as plantas fazem mais por si do que só embelezar a natureza...
Deixe-se de citações estúpidas á "americana" e pense antes de falar.
Passear num lugar é muito bom, viver nesse mesmo local e conhecer a realidade do mesmo é outra...

Portugal Bipolar disse...

Caro Anónimo,

Neste espaço "a coisa" funciona mais ou menos assim:
O Cumulo da estupidez e fazer sempre a mesma coisa e esperar um resultado diferente.
As nossas regiões "autónomas" da madeira e açores são governados por 482 presidentes!
Recebem anualmente mais de 500 Milhões de € do orçamento de estado.
Independentemente do dinheiro que recebem do O.E. endividam-se brutalmente para realizar obra não produtiva com dinheiro que não possuem e eu é que tenho "citações estupidas"?
Só por curiosidade podes ser um pouco mais específico?