quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Excepto!



Portugal vai pagar todas as suas dívidas e honrar todos os seus compromissos!
-Nas PPP’s com juros superiores a 10% ao ano!

-Na energia onde nos comprometemos com contratos “blindados” em que pagamos no Solar e eólica preços descabidos.
É o que se paga à Galp e à Portucel onde os preços são um autentico Roubo e produzir energia não é propriamente a sua actividade principal…

Mas temos de cumprir, está assinado é para cumprir!
-Todos os compromissos serão cumpridos, excepto para com os reformados, e F. Públicos!

Esses não recebem o 13º e 14º mês de salário em 2012!
Excepto, se forem funcionários ou reformados do Banco de Portugal, nesse caso todos os subsídios serão pagos.

É a chamada autonomia financeira.
Os Nossos amigos do INE também são considerados EXCEPTO!

Neste caso é um Instituto Público de regime especial o que significa maior flexibilidade em termos de gestão face às regras para a administração pública.
Agora são os habitantes da madeira, também querem ser Excepto!

É aquela coisa chamada Região Autónoma!
Não existe dinheiro e os sacrifícios serão distribuídos por todos!

Excepto!
Excepto ou Exceto?

Caga Nisso! Até final de Março vais pagar mais um imposto, são as chamadas medidas adicionais!
Excepto…

2 comentários:

  1. Boas!
    Esses "Excepto" fazem logo lembrar-me de George Orwell e do seu "Triunfo dos Porcos".
    "Todos os animais são iguais mas alguns animais são mais iguais que os outros".
    O filme animado era uma sátira aos humanos, mas o que eu retenho desse filme é que, quanto mais ignorante for o zé povinho, mais facilmente será manipulado.
    O texto que publicaste só vem confirmar essa realidade, e a mim o que mais me custa é o sentimento de impotência, são forças demasiado poderosas para serem combatidas.
    Os políticos dominam o poder e as leis, os banqueiros dominam o capital e os políticos, e os maçons infiltram ou agregam a política e o capital.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas!
      A tarefa é realmente Dantesca, convencer Portugal que o caminho seguido nos últimos 35 Anos não é o melhor.
      Pior seria ficar calado...
      Cada um tem de desempenhar o seu papel, eu já admiti o meu erro, durante anos a fio não votei e nada disse em relação ao que pensava, julgava que não valia de nada.
      Mudei de opinião, como acontece varias vezes, passei a opinar e a dar um minúsculo contributo, para um país que adoro e que poderia ser muito melhor!
      Não sei se vai servir para algo, mas serve certamente de terapia para um gajo como eu que olha para a actualidade e só sente vontade de dizer asneiras!
      Vão ficando os desabafos em forma de post's e os comentários de quem por cá passa!
      É melhor que ficar calado!

      Eliminar

;)