segunda-feira, 29 de novembro de 2010

NOBRE POVO!

Em tempos de apertar o cinto, mais uma vez Portugal no seu melhor!


O Banco Alimentar contra a Fome, teve um aumento superior a 30 % relativamente ao ano passado!

As recolhas superaram as melhores expectativas, e no final de 2 dias de peditório, chegamos ao número final!

Foram oferecidas 3.260 TONELADAS!

Houve locais, onde os voluntários acorreram em tão grande numero, que existiam bichas de pessoas á espera para ajudar!

ESPECTACULAR!

Isto é conseguido, á custa de quem menos tem, Aqueles que andam a contar o dinheiro! Esticando…esticando cada vez mais, para que chegue ao final do mês.

Mas nestes tempos incertos, continuamos a ser nobres! Existe sempre quem tenha menos, e quem pode, não se nega a dar!

No Domingo, o Pingo Doce de Benfica, tinha prateleiras completamente vazias.

Esgotou o STOCK!

Não Havia, massas, não havia arroz, conservas estavam nas ultimas… só visto!

Heróis do MAR

NOBRE POVO!...



http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=92&did=130834

3 comentários:

Anónimo disse...

Concordo. Banco Alimentar "alimenta-se" através do donativos mais do que generosos do povo, e toda a gente sabe que o banco alimentar também não é só santos, não é preciso dizer mais. E só se vê o banco alimentar nas grandes superfícies. Novamente quem ganha é sempre os grandes. Fui ali a um mini-mercado ao pé de mim buscar pão e mais coisas e não havia ninguém porque foram todos para as grandes superfícies porque sabiam que ia estar presente o banco alimentar. Se for preciso compram para casa poucas coisas e metem um saco com 2Kg de arroz e dizem a boca cheia que ajudaram. Infelizmente o nosso povo é triste.

Márcio Silva disse...

Permite-me dizer que este comentário, para além de ser infeliz, é o espelho do descrédito e dos valores moribundos que cada vez mais tingem a nossa sociedade.
Toda a gente sabe que por muito boa vontade que se possa ter, existe sempre alguém a beneficiar com isso. O Banco alimentar existe para o bem de muitas famílias e para encher os bolsos a meia dúzia. Os que ajudam, acredito eu, fazem-no de boa vontade e não com a intenção de mostrar que o fizeram. O mundo caminha para o consumismo e o que temos é cada vez mais importante, para os ignorantes, do que aquilo que somos.
Eu continuo a acreditar nas pessoas. Só espero delas aquilo que elas me podem dar. Nem mais nem menos.
Um abraço,

Mano novo

Portugal Bipolar disse...

Concordo com a campanha, e não conheço noticias de má distribuição ou apropriamento de alimentos por parte do “Banco Alimentar”.
Convêm lembrar que esta instituição existe desde 1990, em todos estes anos, nem tudo correu bem, mas as noticias que tive conhecimento, foi sempre de “boas práticas”.
No inicio houve alimentos que se estragaram? Sim é verdade, mas isso foi devido há oferta que foi muito superior ao que era expectável, e ao desconhecimento ainda da logística necessária, mas aprenderam com os anos, melhoraram e prestam 1 bom contributo ao País!
Lá estarei para contribuir, novamente, e sempre que puder.
Próxima campanha: 28/29 Maio 2011 Até lá!