sábado, 20 de novembro de 2010

Portugal 2030 Educação (Epílogo)




Caríssimos a troca de ideias está finalmente acalorada! É mesmo assim que eu gosto!
A troca de ideias, contrárias na sua essência, traz sempre resultados promissores para o futuro!
E quando se fala de educação é mesmo do futuro que estamos a falar! Vamos a isso?
Dos 4 comentários que recebi, todos de professores, julgo eu, garanto que nenhum deles leu educação I; II e III! Ficam os link's para quem não fizer questão em ser (não vou adjectivar)!
http://oportugalbipolar.blogspot.com/2010/10/portugal-2030-educacao.html
http://oportugalbipolar.blogspot.com/2010/10/portugal-2030-educacao-ii.html
http://oportugalbipolar.blogspot.com/2010/10/portugal-2030-educacao-iii.html
Só depois de ler integralmente os 3 se pode formar uma opinião.
Eu sei que é difícil engolir a VERDADE, mas vá lá…para quem nos últimos 30 anos tem sempre avaliações de MUITO BOM ou EXCELENTE…façam um pequeno esforço! Não por mim, mas pelo futuro do nosso país!
Como já informei nenhum comentário será alguma vez apagado, servindo para memória futura! e também não os comento(normalmente)… mas não resisto a comentar 1 ou 2 . Vou escolher o melhor, que passo a transcrever.

"Não sabes o que dizes!!!! E os professores que leccionem no bairro do cerco onde a maioria dos alunos reprova!!!! desemprego!!! não presta!!!! vai trabalhar que tu não sabes o que dizes!!! Estás despedido."

Este post é dedicado aos Professores do bairro do Cerco!

Meu caro não entendeu o exemplo, mas eu volto a explicar. Os últimos 30 anos na Vossa classificação reflectem o estado calamitoso da educação!
Na minha sugestão, o exemplo da classificação do professor reflecte não a escola onde lecciona mas sim a diferença entre os seus alunos.
Vou dar outro exemplo, como já dei em Educação III
Escola do Bairro do Cerco
Alunos – 540
7º Ano – 6 turmas de 30Alunos
8º Ano - 6 turmas de 30Alunos
9ºAno – 6 turmas de 30Alunos
8 Disciplinas de estudo com 3 professores para cada disciplina (Cada professor tem 2 turmas) – 288 Professores
Como informei anteriormente a média das escolas tem por base a nota de todos os alunos, vamos considerar que a média dos 540 Alunos às 8 disciplinas de estudo é 30 valores (de 0 a 100)
Escola do Bairro de Alvalade
Alunos – 540
7º Ano – 6 turmas de 30Alunos
8º Ano - 6 turmas de 30Alunos
9ºAno – 6 turmas de 30Alunos
8 Disciplinas de estudo com 3 professores para cada disciplina (Cada professor tem 2 turmas) – 288 Professores
Como informei anteriormente a média das escolas tem por base a nota de todos os alunos, vamos considerar que a média dos 540 Alunos às 8 disciplinas de estudo é 75 valores (de 0 a 100).


Eu no post anterior para exemplo escolhi a disciplina de matemática, vamos manter!
Escola do Bairro do Cerco
Notas a matemática
Professor 1- 27.50Valores (nota média de todos os alunos a Matemática)
Professor2 – 29.50Valores (nota média de todos os alunos a Matemática)
Professor -3- 35.08Valores (nota média de todos os alunos a Matemática)
Escola do Bairro de Alvalade
Notas a matemática
Professor 1- 61.50Valores (nota média de todos os alunos a Matemática)
Professor2 – 67.50Valores (nota média de todos os alunos a Matemática)
Professor -3- 89.75Valores (nota média de todos os alunos a Matemática)
Quem não leu até ao fim, já tem a sua opinião formada, mas por favor! Façam só mais 1 pequeno esforço para conferir neste caso concreto a nota final de todos os professores.
A nota final dos professores é dada da seguinte forma:
Soma dos anos 7º 8º e 9º em que o 7º vale 25% o 8º vale 25% e o 9º vale 50%( só no final dos 3 anos os professores teriam a sua nota final nacional)
A nota final anual do professor tem em conta a nota média dos seus alunos, mas sempre tendo em conta a média das escolas.
Se a nota média da escola de Alvalade é de 75 valores e o professor de matemática tem 30 alunos com média de 61.50 valores, esse professor tem negativa, apesar de os alunos terem notas suficientes.
Se a nota média da escola do cerco é de 30 valores e o professor de matemática tem 30 alunos com média de 37.50 valores valores, esse professor tem positiva, apesar de os alunos terem notas insuficientes.
É simples, basta aplicar a regra de três simples!
Escola do Bairro do Cerco (Nota final dos Professores)
Notas a matemática
Professor 1- Nota Final - 91.66% - nota média dos alunos - 27.50Valores
Professor2 – - Nota Final - 98.33% - nota média dos alunos - 29.50Valores
Professor -3- - Nota Final - 116.93% - nota média dos alunos - 35.08Valores
Escola do Bairro de Alvalade
Notas a matemática
Professor 1-- Nota Final - 82.00% - nota média dos alunos - 61.50Valores
Professor2 –- Nota Final - 90.00% - nota média dos alunos - 67.50Valores
Professor -3-- Nota Final - 119.66%- nota média dos alunos - 89.75Valores
Meus caros, tendo apenas estas escolas em comparação, todos os professores da escola do Cerco, teriam melhores notas que os professores 1 e 2 da Escola de Alvalade.
A VERDADE é que com exames nacionais, tudo passaria a ser diferente!
MERITOCRACIA! É o caminho.
Não deixa de ser irónico que 2 dos maiores CANCROS NACIONAIS (Justiça e Educação) a Tugolândia, tem dos piores níveis europeus, gasta mais que a maioria, tem mais profissionais que a maioria, e todos têm a classificação de Bom; Muito Bom ou Excelente!
Isto é como uma mãe olhar para o seu filho, no meio de uma parada militar com 5.000 Homens e comentar com o marido:
Olha Manel…OLHA! O nosso filho é o único a marchar bem!
O Caminho só pode ser a Avaliação dos Alunos, mas com exames Que sejam verdadeiramente exames, não pode ser o B…A…BA que tem existido, para alimentar estatísticas!
Só mais 1 Comentário que não posso deixar passar em claro…

"João, és uma vítima do método que propões. Efectivamente pareces ter tido professores que se esforçaram por te dar notas altas, mas não fizeste nada para as merecer. Apesar de não teres capacidade intelectual para o compreender, digo-te que o sistema que propões na melhor das remotas hipóteses produzirá nulidades tão más como tu. És mais um jovem perdido, um fardo que os meus impostos vão ter que alimentar."

RESPOSTA:tive, bom e maus professores, todos eles foram avaliados de Muito Bons…Certamente!
Possivelmente sou uma nulidade, mas apesar disso, vivo num país livre e aqui fica o que tenho a dizer!
  1. A foto do Blogue tem mais de 20 Anos, como tal a parte do Jovem, vou deixar passar…mas quando tinha a idade que tem aquela foto, lembro uma frase engraçada que costumava dizer a quem me chamava "PUTO" Um homem, não é nem mais nem menos que uma criança sem sonhos!
  2. Sobre o fardo para os teus impostos…Bem, posso dar como exemplo o último mês…está fresquinho, eu no último mês, com o esforço desta nulidade, a firma onde trabalho, facturou 2.600.00€+IVA,(em apoio Técnico) desse dinheiro, vai chegar a minha casa perto de 830€! Descontando 600€ para estrutura da firma…para onde vai o resto? Vai para impostos! E por que pago eu tantos impostos? Porque existem mais de 600.000 FP que não são avaliados, tem emprego garantido, não podem ser despedidos, e ainda fazem greves! Pois sentados na segurança do seu posto de trabalho, exigem mais ordenado, sem olhar á produtividade… até quando?
  3. Quando eu entrego 1 trabalho, que resulta numa factura (e já entreguei 147 em 3 anos), se não estiver de acordo com os desejos do meu cliente, ele alem de não me pagar, não me volta a contratar para mais nada, esses são os meus direitos adquiridos!
  4. Como já informei anteriormente, os comentários não serão apagados, mas será pedir muito o primeiro e ultimo nome? Eu sei que é mais fácil atacar sendo anónimo…mas estando o meu nome completo e á vista, será pedir muito uma pequena identificação?


    SAUDAÇÕES PATRIOTICAS!
    VIVA PORTUGAL, E TODOS OS PORTUGUESES QUE SÃO AVALIADOS!

7 comentários:

Anónimo disse...

estás a esquecer que este é um país de cunhas e que esse sistema não resolveria nada, os eua têm uma coisa parecida e nem por isso são melhores do que a suécia,... essa meritocracia qu etu defendes não resulta, mas informa-te, porque no privado há coisas dessas e com maus resultados,...

Anónimo disse...

Temos um problema central e que é representado pelo status social. Os Portugueses gostam de títulos, cunhas e "status" social, independentemente da sua contribuição para o PIB (riqueza geral). Eu todos os dias tenho de me levantar e imaginar qual a actividade que vou conseguir fazer para rentabilizar o meu orçamento e o de muitos colegas que dependem desse esforço. Curiosamente, ou talvez não, faço parte de um grupo profissional que não tem a mesma receptividade "estatutária" de um FP ou de um Prof. Isto porque trabalho numa actividade privada e tenho diariamente de conviver com o sr. Eng., com o sr. Doutor ou até com um simples profissional de limpeza. Eles são todos iguais e merecem todos o mesmo tratamento, mas infelizmente a sociedade não interpreta da mesma maneira. Como em qualquer sociedade necessitamos de todos, MENOS OS BANDIDOS, para melhorar o estado das coisas.
Gostaria de sentir que além da formação superior também a nossa sociedade culta, fomentava o uso da cultura e da responsabilidade social, o que infelizmente não se verifica.
Os Prof. são um mau exmeplo de não produtividade. Eu próprio passei pelas várias fazes de ensino e testemunho que quando o Professor é dedicado e profissionalmente competente, ele consegue retirar do aluno a sua melhor competência e capacidade lectiva. Mas os professores querem apenas duas coisas - dinheiro (explicações em detrimento da dedicação ao estabelecimento de ensino) e status social. Com este posicionamento nunca passamos da mediania, sim porque para ser ser melhor que os melhores ou até igual temos de ser competentes e profissionalmente dedicados, o que não é o caso desta classe profissional - tirando honrozas excepções.

Anónimo disse...

muita razão no que estás dizendo....os professores são deuses, alguns, por isso o país está de rastos com tantos génios formados nestas escolas

SG disse...

Boa tarde, tendo sempre presente que na classe docente existem bons e maus como em todas as profissões devo contudo salientar que na minha modesta opinião não é a avaliação dos mesmos o maior problema da educação do nosso país!! Podíamos, devíamos discutir aprofundadamente esta questão, pois era sem duvida muito importante para o nosso desenvolvimento!

Anónimo disse...

bem se acham que os professores são uns bandidos eu proponho que estes sres vão tirar o curso, pois está aberto a todos. vão tirá-lo e depois vão leccionar, porque eu não percebo o que querem aos profesores. querem o quê, expliquem lá. a avaliação que vocês defendem só promoverá a cunhice ( veja-se na casa pia o carlos silvino, armando vara, etc,). querem o quê colocar pessoal na rua? porquê? até parece que o mal da sociedade é dos professores. Caros sres tirem o curso e vão dar aulas,.... depois falamos,.... garanto-lhes que se os professores puderem escolher os alunos, já que vocês querem escolher os professores, passaremos a ter bons professores, do melhor que há,... ora bem, parte do ensino depende do aluno e dos pais,...aliás 80% dele depende disso,... porque são os pais que fazem os alunos, não o contrário,....

Portugal Bipolar disse...

Teria piada, se não fosse realidade…teria piada se tudo isto fosse 1 filme, mas não é!
A VERDADE é simples, e está cada vez mais á vista de todos!
A VERDADE está no facto que qualquer empregado do privado, tem sugestões para a melhoria da sua empresa (Desde que lhes seja garantido 1 de 2 coisas ou o ANONIMATO ou a GARANTIA QUE NÃO SERÃO DESPEDIDOS)
Os professores têm ambas! Não podem ser despedidos, e todas as criticas, vem anónimas, que é mais uma das garantias proporcionadas por este nosso espaço de reflexão!
Criticas, tem havido muitas… E SUGESTÕES DE MELHORIA?
ZERO! Nem uma para fazer a diferença, vamos partir do pressuposto que eu estou completamente enganado!
Então em 120.000 Professores que fizeram greve, quantos houve, com sugestões de avaliação?
Este modelo não serve, aquele é muito burocrático! Então e SUGESTÕES???
Quantos trabalhadores do privado, pagariam para poder sugerir alterações de funcionamento na firma onde trabalham sem sofrer represálias?
Os professores tem isso de borla, mas para criticar estão sempre prontos, para sugerir uma avaliação por meritocracia, pois aí é mais complicado, deixa estar assim que está bem!
Não, não está! E parte da culpa é vossa, porque para pedir mais dinheiro, estão sempre prontos, agora avaliação que é bom…
Eu como Português, sinto nojo de tanta cobardia!

Anónimo disse...

pedir dinheiro, mas o sr. está louco, não é isso, isso é o que passa na comunicação social,... eu explico-lhe, quando uns tótos, vígaros, os politicos, aprovam medidas como o magalhães , em vez de equipar as salas das escolas com quadros interactivos, equipar uma sala ou várias com computadores portáteis e colocar lá um professor de informática para os alunos; quando aprovam salários de pouca vergonha, negociatas para amigos e familiares, quando a avaliação de mérito deles é colocar amigos e familiares saídos da universidade em vários organismos públicos a ganhar balúrdios, o que quer que os professores façam? que não protestem, que se calem. O ensino é mau? mas como? se os alunos que estudam chegam longe,... só poderá ser mau para aqueles que não estudam ou não tendo capacidades não haja outra alternativa (a alternativa são os IEFPs), mas e a formação aí? será que os prepara para a vida activa? ainda se dão ao luxo, os tótós, de criar um programa chamado novas oportunidades, mas como? quais os objectivos? mas se acha mal que as pessoas procurem o emprego garantido, e se acha que a instabilidade é o ideal para a profissão, está enganado, mas estude o sistema público de ensino brasileiro. aqui há cerca de 20 ou mais anos os alunos passavam vários dias sem professor,... segundo me disse um aluno quando lá estive, os professores tinham conseguido outros empregos melhor renumerados,... ele ia às 9 da manhã para a escola e vinha passado meia hora ou uma hora para casa,só tinha um professor (era 5º ano)... claro que assim todos os que podiam colocavam no privado os filhos,... muitas horas de futebol joguei com ele e os amigos dele,...