sábado, 15 de setembro de 2012

Simplesmente incompetente



 

A incompetência tem limites?

O nosso coelhinho encheu definitivamente o peito!

Julgo que o pobre coitado sofre de alucinações, pagava para saber o que vai naquela cabecinha sobre o futuro de Portugal.
Portugal em 2012 vai ter de PIB a rondar os 160 MM€ (mil milhões de €uros).

A dívida Portuguesa já ultrapassa os 120% do PIB 192 MM€ (mil milhões de €uros).
Em 2013 se tudo correr bem… ainda necessitamos de 7MM€ para tapar despesas para as quais não temos receitas.

Andando o nosso PIB em queda livre, vamos supor que em 2013 chega aos 154 MM€ e necessitamos de 7MM€ para tapar o buraco, chegando a uma divida de 199 MM€.
Mantendo a trajetória o nosso PIB em 2014 rondará os 150 MM€, se  “o plano” é em 2014 “SÓ” pedir emprestado 2.5% do PIB para tapar buracos estamos a falar de 3 MM€.

Depois dos cortes anunciados, onde vai o governo cortar em 2013 (eleições autárquicas)para passar de um défice de 4.5% (2013) para 2.5% (2014)É certo e sabido que Portugal vai voltar aos mercados da dívida em 2014.
Entre presidentes de Câmara Municipal, Presidentes de Assembleia Municipal, Presidentes de Junta de Freguesia e Presidentes de assembleia de J.F. são 9.134 alminhas, acompanhados dos seus BOYS.

Como o governo “SÓ” lá anda vai para 15 meses não houve tempo para cortar aí.
Só não entendi ainda onde vai ser a tesourada de 2013 e a que juros vai o mercado emprestar dinheiro em 2014 quando a dívida atingir os 135% do PIB…

4 comentários:

Anónimo disse...

A questão é q não é o Coelho que manda, ele é só uma marioneta. Eu até tenho dúvidas que ele pense, pelas declarações que surgem e até que ele próprio presta parece que nada é pensado ou planeado, que é td feito em cima do joelho.

Cumps.

Nuno V.

Portugal Bipolar disse...

Boas Nuno,

Não sei se é marioneta ou não.
O que sei é que quem manda não pensa.
Qual o caminho para Portugal?
Qual é o rumo?
É isto?
Ou agora a solução é votar P.S.?
Temos de mudar a maneira como nos governamos...

Anónimo disse...

Nao sei qual é o rumo,

agora de todos os lideres de partidos que estão na assembleia o menos mau parece-me o Paulo Portas. O Seguro é mais um Jota.

Deviamos trabalhar para criar uma alternativa partidaria a estes partidos, porque com estes não vamos a lado nenhum.

Cumps.

Nuno V.

Portugal Bipolar disse...

Boas Nuno,

Eu só vejo 1 caminho.
Libertar Portugal desta quantidade brutal de "eleitos" que sugam grande parte dos nossos impostos.
Ora como são eleitos pelos partidos, estes não estão propriamente com vontade de perder parte significativa da sua base de apoio.
Temos perto de 350 deputados nacionais (Incluindo madeira e açores)
Temos 9.134 Presidentes, mais de 2000 vereadores, milhares e milhares de deputados municipais, tesoureiros secretários e afins.
Câmaras municipais com 3.000 habitantes, milhares de juntas de freguesia desnecessárias...
Seria engraçado criar um partido político para acabar com tudo isto!